Peugeot 2008 2022: preço, motor, consumo, versões, equipamentos

Peugeot 2008 2022: preço, motor, consumo, versões, equipamentos

O Peugeot 2008 2022 é apenas um dos três crossovers oferecidos pela marca francesa no mercado brasileiro. Lançado por aqui no primeiro semestre de 2015, o 2008 2022 tem como missão enfrentar outros utilitários-esportivos compactos do segmento (como Creta, Kicks e HR-V).


Para isso, ele aposta num visual e interior mais ousados, com uma espécie de cockpit diferenciado.

A atual linha do Peugeot 2008 2022 está disponível nas versões de acabamento 2008 Allure Pack e 2008 Griffe, já que a opção de entrada Allure e a versão especial In Concert não estão mais disponíveis.

A mais barata é equipada com o motor 1.6 litro flex, enquanto topo de linha se diferencia pelo propulsor 1.6 THP flex, dotado de turbo.

Com preços a partir de R$ 98.990, o Peugeot 2008 2022 pode ser uma boa opção para quem busca por um crossover de dimensões compactas, com visual moderno e interior bastante diferenciado, além de uma interessante lista de equipamentos.

Peugeot 2008 2022: preço, motor, consumo, versões, equipamentos

Peugeot 2008 2022 – detalhes

O Peugeot 2008 2022 chama atenção pelo teto elevado da coluna B até a C. Outro destaque é o teto panorâmico, que dá um charme a mais ao crossover, mas que já é comum aos carros da marca francesa. Na frente, os faróis chanfrados com LEDs tem excelente visual.

Na traseira, as lanternas em bumerangue tem a assinatura visual das três garras do leão, enquanto detalhes cromados envolvem as janelas e dão ao crossover um aspecto mais premium.

O Peugeot 2008 2022 vem com o i-Cockpit (painel elevado), volante pequeno e multimídia voltada para o condutor – colocando os olhos na mesma altura do cluster, que é largo e de ótima visualização. Tudo isso fica sobre o pequeno volante de “kart”.

Peugeot 2008 2022: preço, motor, consumo, versões, equipamentos

Tal volante tem acabamento com detalhe cromado muito bom, além de controle de cruzeiro/limitador na coluna de direção, embora tenha tirado de lá os comandos de áudio e telefonia, típicos dos franceses.

Com tela de 7 polegadas, ela tem navegador GPS e informações de mídia e telefonia. Câmera de ré e o indicador de modos de terreno do Grip Control também estão presentes.

O sistema tem ainda Android Auto, Apple CarPlay e Link MyPeugeot, que permite ao proprietário localizar seu veículo através de GPS em seu smartphone, armazenar histórico de condução e performance.

Os bancos com couro e tecido brilhante chamam atenção, enquanto existem outros detalhes cromados e em tonalidade tungstênio na parte central e nas portas.

Teto e colunas são em tonalidade clara. Já alavanca cromada e freio de estacionamento tipo manete, ar-condicionado dual zone em preto brilhante, iluminação branca do cluster e pedais esportivos são oferecidos na versão Griffe THP. O espaço no porta-luvas é generoso.

Bom de forma geral, o espaço interno é apenas razoável para quem vai atrás, mas o porta-malas tem espaço suficiente para uma família com filhos com seus 355 litros.

Peugeot 2008 2022: preço, motor, consumo, versões, equipamentos

Peugeot 2008 2022 – novidades

A grande mudança apresentada pelo Peugeot 2008 2022 foi a saída de sua versão de entrada Allure, que custava menos de R$ 85 mil. Com isso, o francês ficou com apenas duas versões e preço inicial bem mais alto, perto dos R$ 100 mil.

A gama é formada pelas opções Allure Pack e Griffe, que se diferenciam especialmente pelo motor. Enquanto a primeira usa o propulsor 1.6 aspirado de 118 cv, a mais cara vem com o ótimo 1.6 THP de 173 cv. Ambos tem câmbio automático de seis marchas.

Além disso, é claro, as versões também mudam em sua lista de equipamentos. De série, o Peugeot 2008 2022 vem com Peugeot i-Cockpit, quatro airbags, central multimídia com tela de 7 polegadas e rodas de 16 polegadas.

Já o modelo mais caro acrescenta dois airbags (totalizando seis bolsas), sensor de estacionamento, ar-condicionado automático de duas zonas, teto solar panorâmico, controles de tração e estabilidade, entre outros.

A redução de versões poderia ser um indício da chegada da nova geração por aqui, já apresentada na Europa. As últimas informações indicam que a Peugeot não fará isso, mas a grande procura que o segmento de SUVs tem no Brasil pode fazer a marca francesa mudar de ideia.

Confira as mudanças anteriores (linhas 2021 e 2020):

A última novidade na linha do Peugeot 2008 2021 foi a chegada da versão In Concert by JBL, o que ocorreu no início de 2020. Entre as novidades, essa versão topo de linha tem acústica refinada, dois tweeters, quatro alto-falantes, subwoofer e processador de áudio digital.

O motor dessa configuração é o ótimo 1.6 THP de 173 cv e 24,5 kgfm de torque, associado ao câmbio automático de seis velocidades.

Além disso, a marca já confirmou a chegada do novo 2008 ao Brasil, sendo que ele já foi até mesmo registrado por aqui. Para quem conhece os SUVs mais caros da marca (3008 e 5008), basta dizer que o novo 2008 terá um visual muito parecido, o que certamente vai agradar.

O modelo se desprende do atual por perder o visual de perua e oferecer mais espaço interno. Isso foi possível por ter crescido em suas medidas, tendo agora 4,30 m de comprimento e 2,60 m de entre-eixos. Além disso, o porta-malas também cresceu de 355 para 434 litros.

Por dentro, o modelo terá um painel de instrumentos digital com efeito 3D, além de muitos itens emprestados de seus irmãos maiores e até mesmo do novo 208. Na Europa, ele tem uma extensa linha de motores, incluindo o 1.2 turbo tão desejado em nosso mercado e algumas opções 1.5 diesel, além da versão elétrica e-2008.

O Peugeot 2008 2020 recebeu as esperadas e necessárias atualizações visuais, que devem mantê-lo atualizado em nosso mercado. Essas mudanças, porém, não tornaram o crossover igual ao modelo europeu, pois foram desenvolvidas localmente.

As novidades se concentram na dianteira, onde os faróis ganharam luzes diurnas em LED em todas as versões e a grade ficou maior. O leão que simboliza a marca saiu do capô e foi para a nova grade. Além disso, o modelo ganhou novas entradas de ar e novos faróis de neblina.

Outra alteração implementada no Peugeot 2008 2020 foi o aumento em seu ângulo de entrada, que agora é de 23º. Fora isso, o restante da carroceria permanece a mesma, assim como o interior, que recebeu apenas novos revestimentos.

Além dessas novidades, o Peugeot 2008 2020 continua com as mudanças aplicadas nos anos anteriores, como a introdução do novo câmbio automático de seis marcas da marca Aisin, que entrou no lugar da arcaica transmissão automática de quatro velocidades. Esta novidade foi introduzida também na gama do hatch Peugeot 208.

Peugeot 2008 2022: preço, motor, consumo, versões, equipamentos

Peugeot 2008 2022 – versões

Confira abaixo as versões disponíveis na linha do Peugeot 2008 2022:

  • Peugeot 2008 Allure Pack 1.6 AT 2022
  • Peugeot 2008 Griffe 1.6 THP AT 2022

Peugeot 2008 2022 – equipamentos

Peugeot 2008 Allure Pack 1.6 AT

Segurança: equipado com airbags frontais e laterais, alarme, faróis de neblina, freios ABS com REF (distribuição eletrônica de frenagem), luzes diurnas de LED, faróis e lanterna de neblina, repetidores de seta nos retrovisores, sinalização de frenagem de emergência, cinto de três pontos para os cinco ocupantes, câmera de ré, Isofix, limpador e desembaçador do vidro traseiro, entre outros.

Visual e acabamento: retrovisores em preto brilhante, rodas de liga leve de 16 polegadas, lanternas traseiras com guias em LED, aerofólio traseiro em preto brilhante, painel de instrumentos com tela LCD e ponteiros vermelhos, detalhes internos cromados e volante em couro.

Conforto: ar-condicionado manual, direção elétrica variável, vidros elétricos nas quatro portas com sistema sequencial e anti-esmagamento para o do motorista, volante em couro ajustável em altura e profundidade, retrovisores externos elétricos, travas elétricas, banco do motorista com ajuste de altura, banco traseiro rebatível, entre outros.

Tecnologia: central multimídia com tela de sete polegadas, Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré, sistema de som com quatro alto-falantes e dois tweeters, comandos no volante, piloto automático e limitador de velocidade, computador de bordo com três modos de operação e indicação de manutenção, chave tipo canivete, faróis com “follow me home”, alarme perimétrico e limpador do vidro traseiro indexado à marcha a ré.

Peugeot 2008 Griffe 1.6 THP AT

Agrega airbags de cortina (totalizando 6 airbags), ar-condicionado de duas zonas, teto panorâmico, sensor de chuva e de luz, sensor de estacionamento traseiro, freio de mão “tipo aviação”, bancos em couro, Grip Control, controles de tração e estabilidade, luzes de curva e acabamento em black piano.

Peugeot 2008 2022 – preços

O Peugeot 2008 2022 tem preço inicial mais alto após a saída de sua versão de entrada. Confira:

  • Peugeot 2008 Allure Pack 1.6 AT 2022 – R$ 98.990
  • Peugeot 2008 Griffe 1.6 THP AT 2022 – R$ 118.890

Peugeot 2008 2022 – motor

Peugeot 2008 2022: preço, motor, consumo, versões, equipamentos

No Peugeot 2008 2022, o propulsor de entrada ainda é o antigo 1.6 Flex de quatro cilindros atualizado, que agora desenvolve 115 cv a gasolina e 118 cv com etanol, ambos a 5.750 rpm e 16,1 kgfm tanto na gasolina quanto no etanol, obtidos a 4.000 rpm.

Depois de perder a transmissão manual de cinco marchas, conta apenas com a opção do câmbio automático de seis marchas com os modos Drive, Sport, Eco e Sequencial.

Esse propulsor já não é mais usado na Europa, onde deu lugar ao mais moderno Puretech Turbo 1.2, que entrega de 110 cv a 130 cv. É esse motor que se espera no modelo por aqui. Por ora, a Peugeot decidiu atualizar o motor, a fim de obter melhor rendimento energético, baixando o consumo e a emissão de poluentes para atender as exigências do Inovar-Auto.

Mais forte da marca no Brasil, o motor 1.6 THP Flex equipa o Peugeot 2008 2022 apenas na versão Griffe. Ele entrega 166 cv na gasolina e 173 cv no etanol, ambos a 6.000 rpm, enquanto o torque é de 24,5 kgfm a partir de 1.400 rpm.

Só há transmissão automática de seis marchas nesta configuração. Este propulsor é a base da gama alta da marca francesa, equipando inclusive o importado Peugeot 3008 2022.

Peugeot 2008 2022: preço, motor, consumo, versões, equipamentos

Peugeot 2008 2022 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final

  • Peugeot 2008 1.6 AT – 12,4 segundos e 186 km/h
  • Peugeot 2008 1.6 THP AT – 8,8 segundos e 209 km/h

Nos dois motores disponíveis, o Peugeot 2008 2022 tem uma boa performance, notadamente bem superior na versão com motor THP, mas as versões com propulsor aspirado não reclamam tanto em serviço, visto que o peso do veículo não é assim tão elevado.

O propulsor 1.6 16V StartFlex oferece 115 cv a gasolina e 118 cv, além de 16,1 kgfm, respectivamente com gasolina e etanol.

Com esse propulsor, ele Peugeot 2008 2022 vai de 0 a 100 km/h em 12,4 segundos e com máxima de 186 km/h. O consumo urbano é de 7,3 km/litro no etanol e 10,5 km/litro na gasolina. Na estrada, o crossover entrega 8,7 km/litro no etanol e 12,8  km/litro na gasolina.

Suspensão e direção mantém as mesmas características, enquanto os freios – apenas com ABS – tem desempenho razoável. O nível de ruído é um pouco alto, ficando um pouco acima do desejável. Com motor 1.6 16V, o SUV entrega um conjunto equilibrado para seu porte e potência.

No caso do Peugeot 2008 Griffe 1.6 THP, a coisa é diferente. O crossover tem uma oferta de força muito boa em qualquer condição, trazendo assim um comportamento excelente no dia a dia. Flex, o propulsor da marca entrega 166 cv com gasolina e 173 cv com etanol, enquanto o torque é de 24,5 kgfm a partir de 1.750 rpm, que significa todo torque praticamente na saída.

O consumo é de 7,4 km/litro no etanol e 10,6 km/litro na gasolina, no ciclo urbano, e 9 km/litro no etanol e 13,1 km/litro na gasolina, no rodoviário.

Ou seja, o Peugeot 2008 2022 tem até motor demais para suas pretensões. Há somente conjunto de pedais esportivos e mais nada que indique essa proposta. O modelo tem apenas rodas de liga leve aro 16 e um discreto defletor de ar na tampa do porta-malas.

Com 1.250 kg de peso, Peugeot 2008 THP 2022 não poderia deixar de andar muito, fazendo de 0 a 100 km/h e 8,8 segundos e com máxima de 209 km/h. Tudo sem chamar a atenção. No entanto, a suspensão é muito macia.

Focando mais no conforto do que ao desempenho, ela nem se aproxima de um equilíbrio entre os dois, além de absorver de forma razoável as imperfeições do solo. Por conta disso, ela bate no fim do curso.

Na estabilidade, o conjunto faz a carroceria inclinar além do desejado em curvas mais fechadas ou desvios de trajetória. Pelo menos há controle de estabilidade para manter tudo sob controle.

O Peugeot 2008 Griffe 1.6 THP 2022 tem um diferencial no fora de estrada, que nem o Peugeot 3008 possui, apesar de ter apenas tração dianteira. O sistema Grip Control oferece cinco modos de terreno: desligado, normal, barro, areia e neve.

O normal atua no dia a dia, enquanto barro, areia e neve são mais específicos. Há opção que desliga o controle de estabilidade e tração, deixando o veículo livre para rodar em terrenos adversos.

Em estradas de terra, pode-se altera-los de forma livre e sem receio da velocidade. No desempenho nesse ambiente, alguns buracos ressoam bem no interior. O Peugeot 2008 2022 se sai bem na lama, modulando a força entre as duas rodas e impedindo que o veículo fique atolado.

Dá para ir a sítios, praias e outros locais com estrada de chão batido. No geral, o crossover se comporta bem até, apesar dos detalhes negativos.

Peugeot 2008 2022: preço, motor, consumo, versões, equipamentos

Peugeot 2008 2022 – consumo

Cidade

  • Peugeot 2008 1.6 AT – 7,3 km/litro no etanol e 10,5 km/litro na gasolina
  • Peugeot 2008 1.6 THP AT – 7,4 km/litro no etanol e 10,6 km/litro na gasolina

Estrada 

  • Peugeot 2008 1.6 AT – 8,7 km/litro no etanol e 12,8 km/litro na gasolina
  • Peugeot 2008 1.6 THP AT – 9 km/litro no etanol e 13,1 km/litro na gasolina

Peugeot 2008 2022 – manutenção e revisão

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços 1.6 Flex

Preços 1.6 THP Flex

10.000 km

R$ 487

R$ 597

20.000 km

R$ 853

R$ 981

30.000 km

R$ 487

R$ 597

40.000 km

R$ 1.147

R$ 1.401

50.000 km

R$ 487

R$ 597

60.000 km

R$ 853

R$ 981

Peugeot 2008 2022 – ficha técnica

Motor

1.6 Flex

1.6 THP Flex

Tipo

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Dianteiro transversal, Turbo, Gasolina e Etanol

Número de cilindros

4 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

1587

1598

Válvulas

16

16

Taxa de compressão

12,5:1

10,2:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Direta

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 115 cv @ 5750 rpm / Etanol: 118 cv @ 5750 rpm

Gasolina: 166 cv @ 6000 rpm / Etanol: 173 cv @ 6000 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 16,1 kgfm @ 4000 rpm / Etanol: 16,1 kgfm @ 4000 rpm

Gasolina: 24,5 kgfm @ 1400 rpm / Etanol: 24,5 kgfm @ 1400 rpm

Transmissão

Tipo

Automático 6 marchas

Automático 6 marchas

Freios

Tipo

Disco ventilado / Tambor

Disco ventilado / Tambor

Direção

Tipo

Elétrica

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Eixo de torção

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Liga Leve aro 16  polegadas

Liga Leve aro 16 polegadas

Pneus

205/60 R16

205/60 R16

Dimensões

Comprimento total (mm)

4159

4159

Largura sem retrovisores (mm)

1739

1739

Altura (mm)

1583

1583

Distância entre os eixos (mm)

2542

2542

Capacidades

Porta-malas (litros)

355

355

Tanque (litros)

55

55

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

ND

ND

Peso em ordem de marcha (kg)

1183 (MT) 1215 (AT)

1231

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,35

0,35

Peugeot 2008 – história

Nascido em 2013 na França, o Peugeot 2008 foi um desenvolvimento com base na plataforma PF1 da PSA, a mesma do Peugeot 208 e Citroën C3. Compartilhamento diversos elementos com o hatch da marca do leão, o crossover chamou a atenção logo de cara com teto elevado, frente com cara agressiva e porte bem compacto, não passando de 4,15 m.

De início, o Peugeot 2008 já atraiu o consumidor europeu, que começou a fazer filas. Isso porque ele tinha como rival o Renault Captur francês, que é do mesmo tamanho. Assim, ambos brigaram desde o início.

O modelo rapidamente vendeu 200.000 unidades em menos de dois anos. Pouco tempo depois chegou ao Brasil, sendo feito em Porto Real-RJ. Atualmente ele é feito também na França, China, Malásia e Irã.

Com o Peugeot 2008, a marca francesa deu um impulso nas vendas dentro do mercado brasileiro, mas não muito. O problema ainda é a imagem da marca, muito desgastada por anos de pós-venda ruim e outros problemas.

Nesse período, o crossover ainda não foi renovado, ganhando apenas a edição especial Crossway, com visual personalizado. Recentemente, ganhou câmbio automático de seis marchas, mas ainda falta o motor 1.2 Puretech Turbo e a versão esportiva GT, que assim cumpriria melhor a tarefa de portar o motor THP.

No primeiro caso, isso só deve ocorrer se o Rota 2030 exigir metas quinquenais mais rígidas, obrigando assim a introdução do pequeno três cilindros com turbo e injeção direta flex, podendo entregar 110 cv ou 130 cv.

O motor casaria bem com uma atualização, ainda mais com ajustes de suspensão.

Já o Peugeot 2008 GT poderia chegar como uma alternativa ao Griffe THP, adotando elementos estéticos e calibração semelhantes aos do Peugeot 208 GT.

Com uma pegada mais esportiva, seria o primeiro SUV esportivo feito no Brasil, adotando rodas aro 18 polegadas, pneus de perfil baixo, suspensão 20 mm mais baixa e firme, câmbio curto, bancos esportivos, escape duplo cromado em cada ponta do para-choque, aerofólio maior, faróis de LED, cluster e volante esportivos, programação de performance no lugar do Grip Control, entre outros.

Sem dúvida, seria um SUV muito interessante de se acelerar.

Peugeot 2008 2022 – fotos

Ricardo de Oliveira
Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.