Polo 2008: motor, preços, detalhes, consumo, desempenho, versões

Polo 2008: motor, preços, detalhes, consumo, desempenho, versões

O Polo 2008 foi o segundo ano/modelo do hatch compacto atualizado em 2007, mas que viveu um limbo nesse período entre a renovação de estilo e as mudanças mais importantes da linha 2009.

Assim, o compacto nacional teve apenas duas versões com motor 1.6, visto que já não tinha mais unidades do Polo GTI, importadas da Alemanha. O compacto fabricado em São Bernardo do Campo estava à sombra do Polo Sedan.

Tendo perdido o motor 2.0 com a mudança de visual, o Polo voltou a dispor do propulsor EA113 quando a motorização passou a ser flexível no modelo, quando também a VW adicionou uma tecnologia nova no sistema flex.

Oferecido nas versões 1.6 e Sportline 1.6, o Polo 2008 era um hatch compacto premium muito apreciado por sua qualidade construtiva e acabamento, sendo um dos modelos da VW que os clientes criticaram gerações seguintes.

Isso se deu também com o Volkswagen Jetta e o Volkswagen Gol, no caso do Gol G3 para o Gol G4. Já em relação ao Polo, a nova geração não foi totalmente aclamada, devido à qualidade do acabamento e não exatamente por sua construção, que é superior.

Tendo recebido em 2007 uma mudança de visual, o Polo passou a dispor de estilo semelhante ao do Polo europeu, tanto que o importado GTI era exatamente igual ao modelo vendido no Brasil.

Isso só mudaria na linha 2014, quando o hatch assumiria uma cara mais de acordo com o Polo Vivo sul-africano. O compacto portava faróis duplos com projetores circulares, grades descrevendo um “V” e lanternas com lentes circulares.

Com uma carroceria bem esculpida e equilibrada, o Polo era um dos carros que tinha um dos designs mais bem acertados do mercado, não exagerando nos detalhes e muito menos deixando a desejar em sua função principal.

Seguindo as medidas padronizadas da Volkswagen, o Polo era do mesmo porte do Gol e também próximo do Fox, formando com eles um trio de compactos que a marca emplacava no mercado.

Isso porque no caso do Gol, existiam tanto o G4 quanto o G5, com todos eles mantendo entre-eixos de 2,46 m, mesmo com plataformas diferentes ou tendo adaptações próprias.

Um exemplo é que o Polo 2008 era feito sobre a PQ24 original, enquanto o Fox recebia essa base adaptada. O mesmo em relação ao Gol G5, que inclusive usava uma suspensão traseira mais simples que as dos irmãos. Por fim, o G4 era a AB9.

Com 3,91 m de comprimento, 1,65 m de largura e 1,50 m de altura, o Volkswagen Polo só carecia de um porta-malas maior que os demais, que tinham em média 280 litros contra 270 litros do compacto premium.

O Polo recebia carroceria soldada com tecnologia laser e empregava ações de alta resistência, além de colagem de peças e aço galvanizado com garantia de 12 anos contra corrosão perfurativa.

Altamente robotizada, a linha de montagem fazia ainda o sedã, mas diferia das linhas de Gol G4 e Saveiro G4 na plataforma da Anchieta. Com subchassi no eixo dianteiro, o hatch dispunha de estrutura para airbags duplo e ABS.

Na mecânica, sua motorização era composta unicamente pelo EA111 1.6 8V de até 103 cavalos, que ainda não havia passado pela atualização “VHT”, que elevaria muito o torque e baixaria a rotação máxima de força.

Um dos maiores deslizes da VW foi a não inclusão do câmbio automático de quatro marchas do Golf no Polo 2008, o que teria ajudado nas vendas e tornado o produto mais premium em relação ao Punto e ao Corsa, por exemplo.

Mais tarde, a VW acabaria por adicionar o automatizado ASG na versão I-Motion, mas já era tarde demais. A transmissão manual do Polo tinha cinco marchas, engates rápidos, curtos, precisos e macios, sendo amplamente elogiado.

Antes da mudança de estilo, o Polo contava tanto com o motor 1.6 8V a gasolina quanto o 2.0 8V puramente a gasolina (confira também Polo 2003: consumo, motor, etc), além de ter sido equipado brevemente com o 1.0 16V, da mesma família EA111.

Depois do Polo 2008, o modelo ganharia atualização VHT no 1.6 8V, que passou a ter até 104 cavalos e 15,6 kgfm a apenas 2.500 rpm, enquanto o 2.0 8V retornou flex com até 120 cavalos e 18,3 kgfm a somente 2.250 rpm.

Além disso, ganharia a tecnologia E-Flex numa versão chamada BlueMotion, com pré-aquecimento do combustível para partida a frio no lugar do injetor de gasolina para a mesma função, eliminando assim o tanquinho no cofre do motor.

Polo 2008 – detalhes

Polo 2008: motor, preços, detalhes, consumo, desempenho, versões

O Polo 2008 tinha um estilo moderno e função, tal como ditava a Escola de Bauhaus, que reflete bem o estilo alemão. O hatch tinha frente com capô curvado e faróis duplos com lentes circulares internas, além de forma fluida.

A grade retangular com frisos horizontais pretos ficava agrupada com a grade inferior num conjunto em “V”. Protetores na cor do carro ficavam nas laterais do para-choque, assim como nas portas e para-choque traseiro.

O compacto tinha ainda molduras laterais inferiores no para-choque dianteiro e faróis de neblina na versão Sportline. As rodas eram de aço com calotas ou liga leve aro 15 polegadas com pneus 195/55 R15.

Já as maçanetas eram na cor do carro, tal como os retrovisores. Havia repetidores de direção nos para-lamas e colunas pretas. No teto, antena pronunciada e havia opção de teto solar elétrico, por exemplo.

A traseira vinha com vigia ampla e limpador com lavador, bem como desembaçador. As lanternas eram compactas e tinham

lentes circulares com frisos cromados, além de lente branca na parte inferior.

No caso da tampa do bagageiro, esta vinha com maçaneta embutida para sua abertura. Havia ainda luz auxiliar de freio na parte superior da tampa do porta-malas.

Por dentro, o Polo 2008 tinha um painel moderno, que lembra um pouco os modelos Tiguan e Amarok. A parte central era elevada e tinha suportes retráteis para copos, além de sistema de som 1din com slot para objetos.

O ar condicionado era manual ou automático, elevando assim o padrão do VW Polo, que ainda mostrava cluster analógico com mostradores grandes para velocímetro e conta-giros, bem como nível de combustível e temperatura da água.

Um quadro com luzes-espia e displays digitais para hodômetros, assim como para medir de consumo e relógio digital estavam presentes. Havia ainda porta-objetos sobre o console central e sob o painel, com porta-luvas iluminado.

O volante podia ter revestimento em couro e airbag, assim como para o passageiro. As portas tinham comandos dos vidros elétricos, sendo a do motorista com os quatro botões, enquanto os retrovisores eram ajustados junto das maçanetas.

Já os faróis e faróis de neblina ficavam num botão à esquerda do painel. Na versão Sportline, os pedais eram esportivos. Os bancos eram em tecido e tinham boa padronagem, com grafismo diferenciado na versão topo de linha.

O banco do motorista exibia ajuste em altura e o traseiro podia ser bipartido, tendo ainda apoios de cabeças laterais e cintos de segurança de 3 pontos nas mesmas posições. O quinto passageiro tinha cinto subabdominal e sem apoio.

Havia opção de couro na alavanca de câmbio também, assim como o mesmo revestimento para os bancos e as portas. Sensores de chuva e crepuscular, bem como de estacionamento traseiro, também podiam equipar o carro.

Além, disso, o Polo 2008 recebia luzes de leitura, para-sois com espelhos iluminados e opção de retrovisor interno eletrocrômico. Havia ainda alças no teto. Já o porta-malas tinha 270 litros e iluminação, além de estepe no assoalho.

Com chave canivete, podia-se travar as portas e levantar os vidros, bem como destravar a tampa do porta-malas. O alarme era integrado ao travamento elétrico centralizado. O Polo tinha ainda travas de segurança nas portas traseiras.

Polo 2008 – versões

Polo 2008: motor, preços, detalhes, consumo, desempenho, versões

O Polo 2008 teve apenas duas versões com apenas um motor e uma opção de transmissão, unicamente manual. Esse era um quadro bem precário do portfólio do hatch no mercado nacional.

Um ano/modelo antes, havia até o Polo GTI, que teve apenas 30 unidades vendidas. Depois, o hatch ganharia novas tecnologias e a versão GT 2.0, além do 2.0 8V Flex em outras versões, exceto a BlueMotion.

Assim, a composição do 2008 era 1.6 de entrada e 1.6 Sportline, que tinha um apelo mais esportivo, mas muito brando se comparado ao GTI anterior e ao GT posterior.

  • Volkswagen Polo 1.6 MT
  • Volkswagen Polo Sportline  1.6 MT

Equipamentos

Polo 2008: motor, preços, detalhes, consumo, desempenho, versões

Volkswagen Polo 1.6 MT – Motor 1.6 com transmissão manual de cinco marchas, mais direção hidráulica, coluna de direção ajustável em altura, computador de bordo, rodas de aço aro 15 polegadas com calotas, pneus 195/55 R15, faróis duplos, antena no teto, retrovisores externos na cor do carro, maçanetas na cor do carro, luz auxiliar de freio, vidros verdes, desembaçador do vidro traseiro, lavador e limpador do vidro traseiro, batentes nos para-choques na cor do carro, protetores laterais na cor do carro, conta-giros, porta-copos retráteis, banco do motorista com ajuste de altura, cintos de segurança laterais com 3 pontos, apoios de cabeça dianteiros e traseiros, banco traseiro bipartido e rebatível, quatro alto-falantes, alarme, repetidores de direção externos e porta-malas iluminados.

Opcionais: Airbag duplo, freios com ABS, sistema de som com CD/MP3/auxiliar, vidros elétricos nas quatro portas, travamentos central elétrico, ar condicionado, sensor de estacionamento, entre outros.

Volkswagen Polo Sportline 1.6 MT – Itens do 1.6, mais rodas de liga leve aro 15 polegadas, chave-canivete com telecomando, vidros elétricos nas quatro portas, travamentos central elétrico, ar condicionado, acabamento exclusivo, pedais esportivos, defletor de ar preto, sistema de som com CD/MP3/auxiliar, entre outros.

Opcionais: Airbag duplo, freios com ABS, sensor crepuscular, sensor de chuva, retrovisor interno eletrocrômico, volante e alavanca em couro, bancos e portas em couro, função tilt down para retrovisor, ar condicionado automático, faróis e lanterna de neblina, sensor de estacionamento e teto solar elétrico.

Preços

Polo 2008: motor, preços, detalhes, consumo, desempenho, versões

O Polo 2008 tinha preços de mercado, bem abaixo de R$ 50 mil na época, mas chamava atenção o anterior com o Polo GTI, que custava R$ 99 mil, um preço ainda considerado elevado hoje em dia, sendo quase comparado ao Polo GTS.

Na tabela Fipe, os preços das duas versões existentes do Polo dessa época custam praticamente a mesma coisa no mercado de carros usados (veja aqui Polo 2010: versões, consumo, etc), sendo uma aquisição interessante, ainda mais se o veículo foi bem cuidado e revisado.

Como um bom Volkswagen, ele é valorizado até certo ponto, graças também à sólida construção, acabamento íntegro e custo de manutenção adequado. Por isso, é uma boa opção para quem procura um carro barato e de bom desempenho.

  • Volkswagen Polo 1.6 MT – R$ 21.416
  • Volkswagen Polo Sportline  1.6 MT – R$ 21.452

Preços com base na tabela Fipe de dezembro de 2020.

Polo 2008 – motor

Polo 2008: motor, preços, detalhes, consumo, desempenho, versões

O motor empregado pelo Polo 2008 era o EA111, uma linha de motores que no Brasil remonta ao fim dos anos 90, mas que surgiu de fato em 1972, pelas mãos da engenharia da Audi-NSU, assim como o EA827 e o EA113.

O projeto do EA111 visava uma linha de motores pequenos, tanto de três quanto de quatro cilindros, que remontam de unidades de quatro pistões de 0.8 e 0.9 litros dos primeiros Polo e Audi 50.

Diferente dos EA827 e EA113, o EA111 é menor em volume e nunca excedeu 1.6 litro, com uma exceção, o 1.8 G60 do Golf, embora tenha um Polo GTI com motor G40 (1.3 litro) de 116 cavalos e 15,3 kgfm.

Com bloco de ferro fundido, bem como cabeçote de alumínio, esse propulsor tem características mais simples que o antigo EA113, mais pesado. Ele possui comando de válvulas sem variação e com duas válvulas por cilindro no 1.6 litro nacional.

Acionado por correia dentada, o comando do 1.6 EA111 tinha tuchos hidráulicos. O propulsor mantinha a potência original de 101 cavalos na gasolina, mas com tecnologia Total Flex, chegava a 103 cavalos no álcool, obtidos a 5.750 rpm.

Os torques eram de 14,3 kgfm no primeiro e 14,5 kgfm no segundo, conseguidos a 3.250 rpm. Esse motor com injeção eletrônica multiponto tinha sistema de partida a frio por injeção de gasolina, através de um reservatório no cofre.

Esse motor foi atualizado para VHT 1.6 com partida a frio por pré-aquecimento e até 104 cavalos e 15,6 kgfm a apenas 2.500 rpm a partir de 2009, sendo ainda hoje produzido pela VW para os modelos Gol, Voyage, Saveiro e Fox.

O Polo teve ainda motor EA113 com até 120 cavalos e 18,3 kgfm a 2.250 rpm, bem como versão econômica BlueMotion com transmissão longa, pacote aerodinâmica, personalização externa e interna, grade aerodinâmica e flex pré-aquecido.

A transmissão manual tinha cinco marchas no Polo 2008 e a embreagem era de acionamento hidráulico, sendo que o automatizado I-Motion só surgiria em 2014, já no fim do ciclo de vida (estendido) do hatch alemão.

Desempenho

Polo 2008: motor, preços, detalhes, consumo, desempenho, versões

O Polo 2008 tinha um desempenho mediano com o motor EA111 1.6 8V ainda da primeira fase, a original, não conseguindo uma performance tão boa quanto o segundo, que tinha mais força.

Dessa forma, o hatch compacto da Volkswagen ia de 0 a 100 km/h em apenas 11,2 segundos, ante pouco mais de 10 segundos do modelo 2009, já com motor atualizado.

Ainda assim, exibia certa disposição, bem como velocidade final, chegando a quase 190 km/h. Com câmbio curto e potência razoável, o Polo hatch era um carro esperto e agradável de dirigir.

  • Volkswagen Polo 1.6 MT – Aceleração de 0 a 100 km/h – 11,2 segundos
  • Volkswagen Polo 1.6 MT – Velocidade máxima – 189 km/h

Consumo

Polo 2008: motor, preços, detalhes, consumo, desempenho, versões

Já no consumo, o Polo 2008 ainda evidenciava o projeto do motor EA111 1.6 8V que trabalhava bem com gasolina, mas decepcionava com álcool. Assim, ele fazia pouco mais de 6 km/l na cidade e 8 km/l na estrada.

Eram números realmente ruins para um carro que não era tão pesado e que tinha um motor com bom torque em baixas rotações, o que exigiria menos esforço. Contudo, a transmissão era curta e isso tornava seu consumo em ruim.

Na gasolina, o Polo já rendia bem, fazendo quase 9,5 km/l na cidade e mais de 12 km na estrada. O torque em baixa favorecia o consumo nesse caso, tornando a viagem mais longa na estrada, onde podia chegar a mais de 540 km.

  • Volkswagen Polo 1.6 MT – Consumo com etanol – 6,2/8,1 km/l
  • Volkswagen Polo 1.6 MT – Consumo com gasolina – 9,4/12,1 km/l

Polo 2008 – manutenção e revisão

Polo 2008: motor, preços, detalhes, consumo, desempenho, versões

A Volkswagen tinha um plano de manutenção do Polo 2008 com revisões a cada 10.000 km ou 6 meses, algo que a marca alemã só mudou recentemente, quando introduziu o Novo Polo e através de um acordo com a rede de concessionários.

Nas revisões da VW, o serviço consiste na troca de óleo do motor, filtro de combustível, filtro de ar do motor, filtro de ar da cabine, filtro de óleo, velas, correia em V, fluido de freio, correia dentada, entre outros.

Além disso, é feita inspeções em itens básicos de suspensão, direção, freios, elétrica, mecânica e sistemas de segurança, além de observância de pneus, rodas, entre outros elementos do veículo.

A rede VW tem serviços como alinhamento, balanceamento, cambagem, funilaria, pintura, instalação de acessórios, higienização de interior, limpeza de ar condicionado, entre outras aplicações.

Toda a rede VW é estruturada para atender as necessidades dos veículos que se apresentam, tendo amplos espaços cobertos e ferramental padronizado pela marca, tornando os serviços uniformes.

Polo 2008 – ficha técnica

Polo 2008: motor, preços, detalhes, consumo, desempenho, versões

Motor1.6
Tipo
Número de cilindros4 em linha
Cilindrada em cm31598
Válvulas8
Taxa de compressão10,8:1
Injeção eletrônicaIndireta Flex
Potência máxima101/103 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo14,3/14,5 kgfm a 3.250 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
TipoManual de 5 marchas
Tração
TipoDianteira
Direção
TipoHidráulica
Freios
TipoDiscos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
DianteiraMcPherson
TraseiraEixo de torção
Rodas e Pneus
RodasAço e liga leve, aro 15 polegadas
Pneus195/55 R15
Dimensões
Comprimento (mm)3.915
Largura (mm)1.650
Altura (mm)1.501
Entre eixos (mm)2.465
Capacidades
Porta-malas (L)270
Tanque de combustível (L)45
Carga (Kg)475
Peso em ordem de marcha (Kg)1.105
Coeficiente aerodinâmico (cx)0,34

Polo 2008 – fotos

https://www.youtube.com/watch?v=grkB31wz5h8&t=2s

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.