Revisão Kia: preços e detalhes

Revisão Kia: preços e detalhes

Seguindo com nossa série de matérias sobre o custo de manutenção das marcas presentes por aqui, chegou a vez de falar sobre a revisão da Kia. E nesse caso temos alguns detalhes importantes para destacar.


Antes disso, vale citar que a marca segue o padrão de mercado com paradas a cada 10.000 km ou 12 meses, o que ocorrer primeiro. Em condições severas de uso, esse período cai para 5.000 km ou 6 meses.

Nesse caso, a marca recomenda a troca de óleo do motor, filtro de óleo, filtro de ar e demais lubrificantes, além de alinhamento e balanceamento das rodas. Tudo isso é essencial para manter a garantia de 5 anos (linha de passeio) ou 3 anos (linha comercial).

Além disso, a Kia oferece o Serviço Expresso, que diminui o tempo de espera para 60 minutos ou menos e ainda oferece uma lavagem (externa e interna) de cortesia para o cliente.

Por outro lado, é preciso destacar um aspecto negativo sobre as revisões da marca. Em seu site, a Kia informa os valores apenas das três primeiras revisões, obrigando o consumidor a se virar para descobrir quanto ele vai pagar depois disso.

Esse fato tem gerado diversas reclamações na internet, especialmente em relação ao custo elevado da parada dos 40 mil km. E se você for dono de um modelo fora de linha, como Picanto, Soul, Cadenza ou Mohave, também não é nada fácil descobrir quanto vai pagar nas revisões.

É verdade que nenhuma marca é obrigada a divulgar uma tabela completa, mas num mercado onde a grande maioria faz isso (às vezes até os 100 mil km), a Kia fica para trás na maneira como trata seus clientes.

Vamos falar então sobre os detalhes das revisões de cada modelo na linha atual da marca. Confira!

Rio

Revisão Kia: preços e detalhes

Depois de muitos anos de espera, o Kia Rio finalmente chegou ao Brasil em janeiro de 2020. O modelo era a grande aposta da marca para enfrentar Chevrolet Onix, Hyundai HB20 e VW Polo, mas isso nunca aconteceu.

Aliás, o Rio passou muito longe disso. Até setembro de 2021, por exemplo, ele acumulou apenas 169 unidades, enquanto HB20 e Argo se aproximam dos 70 mil emplacamentos. Mesmo sendo muito mais caro, o MINI Cooper já vendeu 594 unidades.

Exatamente por esse fraco desempenho que o Rio passou a ser vendido apenas em sua versão mais cara EX (R$ 84.990), perdendo a variante LX. Isso tudo enquanto a marca decide se traz ou não a versão reestilizada do hatch, já lançada em diversos outros mercados.

Por enquanto, o Rio segue apenas com seu antigo motor Gamma 1.6 16V (conhecido por equipar os modelos da Hyundai), que entrega 130 cv e 16,5 kgfm de torque, associado ao câmbio automático de seis marchas.

Em relação às suas revisões, o modelo de entrada da Kia por aqui aparece com valores entre R$ 564,70 e R$ 755,28, isso dentro do que a marca divulga em seu site. Confira:

RevisãoCusto
QuilometragemRio 1.6 AT
10.000 kmR$ 564,70
20.000 kmR$ 755,28
30.000 kmR$ 564,70
TotalR$ 1.884,68

Cerato

Revisão Kia: preços e detalhes

O Cerato nunca teve vida fácil por aqui, assim como ocorre com qualquer outro sedã que queira entrar na briga com Toyota Corolla e Honda Civic. Mesmo assim, o modelo da Kia tem tido um resultado um pouco melhor que o Rio.

Nos nove primeiros meses de 2021, ele emplacou 710 unidades. Mesmo sendo um número muito baixo, ele acabou garantindo a 6ª posição no segmento de sedãs médios. Enquanto também aguarda uma renovação visual, ele aparece com duas versões em nosso mercado.

As configurações E.473 e E.497 se diferenciam por itens como ar-condicionado dual zone, bancos com aquecimento, botão de partida, lanternas em LED, retrovisor eletrocrômico, entre outros. Seus preços atuais são de R$ 119.990 e R$ 134.990, respectivamente.

Ambas contam com o mesmo conjunto mecânico, composto pelo motor 2.0 16V de 167 cv e 20,6 kgfm, sempre com transmissão automática de seis velocidades.

As revisões do Cerato são mais caras que as do Corolla, totalizando R$ 2.251,09 até os 30 mil km, enquanto o modelo rival chega a R$ 1.957,69 no mesmo período.

RevisãoCusto
QuilometragemCerato 2.0
10.000 kmR$ 664,05
20.000 kmR$ 922,99
30.000 kmR$ 664,05
TotalR$ 2.251,09

Stinger

Revisão Kia: preços e detalhes

Modelo raro nas ruas (e também nas oficinas das concessionárias), o Kia Stinger é aquele carro que garante uma boa dose de exclusividade. Afinal, poucos estão dispostos a gastar os R$ 399.990 pedidos pela marca.

Mesmo sendo difícil justificar esse preço para um modelo da Kia, o esportivo tem seus aspectos positivos. O principal é seu motor 3.3 V6 biturbo de 370 cv e 52 kgfm de torque, com câmbio automático de 8 velocidades. Ele chega aos 100 km/h em 4,9 segundos e atinge 270 km/h de máxima.

Além disso, o Stinger vem com bancos elétricos com aquecimento e refrigeração, carregador wireless, som da Harman Kardon com 15 alto-falantes, Head Up Display, multimídia de 8 polegadas, teto solar, freios Brembo, tração integral e rodas de 19 polegadas.

Por outro lado, manter esse modelo não é das tarefas mais fáceis, pois suas revisões até os 30 mil já totalizam quase R$ 7 mil. Lembrando que as paradas depois disso costumam ser ainda mais caras.

RevisãoCusto
QuilometragemStinger V6
10.000 kmR$ 1.923,76
20.000 kmR$ 3.137,95
30.000 kmR$ 1.923,76
TotalR$ 6.985,47

Sportage

Revisão Kia: preços e detalhes

Um dos modelos mais vendidos e conhecidos da Kia no Brasil, o Sportage infelizmente já pede por mudanças visuais e mecânicas. E elas estão a caminho, pois o novo SUV já foi exibido lá fora.

As novidades incluem um visual muito mais ousado e chamativo, novo motor 1.6 turbo de 179 cv (além da opção a diesel), opções híbridas e um nível bem elevado de equipamentos, tanto de conforto quanto de segurança.

Enquanto isso, nós seguimos com o Sportage antigo por aqui, que é vendido em três versões e com preços entre R$ 174.990 e R$ 214.990. Todas as configurações tem motor 2.0 de 167 cv e 20,6 kgfm, com câmbio automático de seis marchas.

Mesmo não sendo uma prioridade para a Kia, lançar o renovado SUV no Brasil vai dar um novo fôlego nesse segmento. Atualmente, o Sportage é apenas o 39º utilitário mais vendido, atrás de modelos bem mais caros e até de alguns que saíram de linha.

Se serve de consolo para quem está interessado nele, as revisões do Sportage não são das mais caras. Os valores das primeiras paradas variam entre R$ 669,92 e R$ 977,94, o que está dentro da média do mercado.

RevisãoCusto
QuilometragemSportage 2.0
10.000 kmR$ 669,92
20.000 kmR$ 977,94
30.000 kmR$ 669,92
TotalR$ 2.317,78

Sorento

Revisão Kia: preços e detalhes

Irmão maior do Sportage, o Sorento vive uma situação muito parecida por aqui. Sua quarta geração estreou lá fora em fevereiro de 2020 e já ganhou até uma opção híbrida, mas nada de chegar ao Brasil.

Além do visual bem mais moderno e dos novos equipamentos, o novo Sorento recebeu o sistema Smartstream, composto pela união do motor 1.6 turbo com um propulsor elétrico. Como resultado, ele tem 230 cv e 35,7 kgfm, com câmbio automático de seis marchas e tração integral.

Enquanto a Kia decide o que fazer da vida, o Sorento antigo segue à venda por aqui em versão única (e ainda como modelo 2020). Ele tem motor 3.5 V6 de 280 cv e 33,6 kgfm, com transmissão automática de 8 velocidades e tração AWD.

Os valores de suas manutenções são um pouco altos, mas nada que assuste quem paga R$ 297.990 por um SUV. Confira os valores:

RevisãoCusto
QuilometragemSorento V6
10.000 kmR$ 923,33
20.000 kmR$ 1.704,29
30.000 kmR$ 1.153,33
TotalR$ 3.780,95

Carnival

Revisão Kia: preços e detalhes

Depois de tantos modelos na mesma situação, ou seja, com uma geração antiga à espera de uma renovação, é um alívio chegar à nova Carnival. Ela foi lançada no Brasil em agosto de 2021, com o assustador preço de R$ 479.990, mas ele já subiu para R$ 499.990.

Minivan com jeitão de SUV, a Carnival 2022 tem espaço para até oito ocupantes e um visual totalmente reformulado. O interior conta com duas telas de 12,3 polegadas para o painel de instrumentos e multimídia, além dos materiais de qualidade superior.

A extensa lista de equipamentos inclui ar-condicionado trizone, bancos dianteiros elétricos com aquecimento e ventilação, sete airbags, alerta de fadiga, assistente de farol alto, assistente de permanência em faixa, câmeras 360º, monitor de ponto cego, rodas de 19 polegadas, entre outros.

Debaixo do capô, a marca optou pelo motor 3.5 V6 aspirado de 272 cv e 33,8 kgfm de torque, aliado ao câmbio automático de 8 marchas. Assim como o preço de tabela, o custo das revisões é bem alto, como você pode ver abaixo.

RevisãoCusto
QuilometragemCarnival V6
10.000 kmR$ 1.832,34
20.000 kmR$ 3.088,32
30.000 kmR$ 2.154,34
TotalR$ 7.075,00

Bongo

Revisão Kia: preços e detalhes

Você sabia que o Kia Bongo é o modelo mais vendido da marca no Brasil? Até setembro de 2021, o comercial leve já tinha acumulado 1.745 unidades, sendo o 7º mais vendido em seu segmento.

Também conhecido como K2500, atualmente ele é oferecido por aqui em duas versões, com preços entre R$ 136.990 e R$ 143.990. A única diferença entre as duas configurações é o ar-condicionado.

A motorização também não muda entre essas versões, usando sempre o motor 2.5 turbodiesel de 130,5 cv e 26 kgfm de torque, ligado ao câmbio manual de seis velocidades.

O VUC de três lugares pode ser conduzido em centros urbanos e estradas com a CNH B, o que é um grande atrativo para diversas empresas. Isso ajuda a explicar seus bons números nas vendas mesmo sem qualquer atualização nos últimos anos.

Algo muito importante para esse segmento, seu custo de manutenção também é visto como aceitável quando comparado com seus concorrentes, especialmente o Hyundai HR.

O modelo da Kia cobra quase R$ 3,5 mil até os 30 mil km, enquanto o rival chega a R$ 3,1 mil (mas sem a mão de obra).

RevisãoCusto
QuilometragemBongo (K2500)
10.000 kmR$ 1.040,60
20.000 kmR$ 1.400,56
30.000 kmR$ 1.040,60
TotalR$ 3.481,76

Viny Furlani

Formado em Gestão de Negócios, trabalha no segmento automotivo há mais de 17 anos. Em 2009, passou a escrever avaliações e notícias sobre carros, totalizando mais de 2.000 artigos, em vários sites. Além das matérias escritas para o NA, também cuida das mídias sociais do site.