Revisão Honda: preços $$ e detalhes

A Honda tem um plano de revisões semelhante ao da maioria das marcas vendidas no Brasil. A marca japonesa é conhecida pela qualidade de construção de seus modelos, mas conta com valores de revisão bem acima do praticado no mercado.

No site institucional, que reúne automóveis, motos e produtos de força, a Honda destaca seu pós-venda, onde é possível obter manuais dos modelos atuais e antigos, tais como os modelos Prelude e Legend, por exemplo. A marca também enfatiza sua garantia de 3 anos sem limite de quilometragem, assim como o Express Service. Nesse caso, com exceção de revisões de 40.000 ou 80.000 km, onde demandam mais tempo, as demais podem ser feitas em até 60 minutos após a verificação gratuita de 27 itens.


Todos os serviços básicos de revisão são executáveis nesse período de tempo, incluindo troca de óleo e filtro, troca de filtro de ar e ar-condicionado, substituição de escapamento, alinhamento e balanceamento, troca de lâmpadas e palhetas dos limpadores, substituição das pastilhas e retífica dos discos de freio, além de troca do extintor de incêndio. Há também um tópico com recomendações diversas de como manter o carro da Honda, incluindo retoques de pintura, polimento e lavagem.

A Honda também tem assistência 24 horas por dois anos com cobertura no Brasil, Argentina, Uruguai ou Paraguai. Esta inclui carro para retorno ao domicílio, guarda ou depósito do veículo, socorro e reboque, além de hospedagem para até cinco pessoas, partida na bateria, perda ou roubo de chaves e pane seca.

As revisões são feitas a cada 10.000 km e as duas primeiras possuem mão de obra gratuita, mas no que diz respeito aos valores, a marca cobra mais alto e diferencia motores e transmissões. Interessante é que a Honda indica no tópico de Peças Genuínas, marca e medidas dos pneus de cada modelo novo ou antigo.

O serviço de Oxi-Sanitização do ar-condicionado também é feita nas revendas para limpeza geral do sistema de climatização. A parte de recall é bem destacada no site da marca, tanto para carros quanto para motos.

Enquanto durar o período da pandemia do coronavírus, a marca japonesa anunciou que as revisões terão sua tolerância aumentada de 1 mil para 3 mil km nas duas primeiras revisões ou de 3 meses, para quem realiza as paradas por tempo. Em relação à garantia, não foram anunciadas quaisquer mudanças.

E então, quanto custam as revisões dos carros da Honda? Antes de falarmos sobre os valores, é importante destacar que eles mudam dependendo da cidade e estado. A variação não é tçao grande, mas vale a pena consultar o que cada concessionária cobra no site para encontrar o melhor valor.

Confira abaixo os valores e detalhes.

Fit

O Honda Fit tem um custo de revisão mais alto que a média, mas é bom destacar que esse valor caiu nos últimos meses. Sem diferenciação entre manual e CVT, o monovolume nipônico tem custo até 60.000 km de quase R$ 5,6 mil. Na revisão de 40.000 km, o custo é de absurdos R$ 2 mil. A minivan utiliza motor 1.5 i-VTEC FlexOne com 115 cavalos na gasolina e 116 cavalos no etanol.

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços MT ou CVT

10.000 km

R$ 349,43

20.000 km

R$ 524,45

30.000 km

R$ 580,43

40.000 km

R$ 2.008,25

50.000 km

R$ 580,43

60.000 km

R$ 1.555,41

Total

R$ 5.598,40

City

Revisão Honda: preços $$ e detalhes

O sedã compacto da Honda tem um custo com revisões até 60.000 km exatamente igual ao do Fit, também sem diferenciação entre as versões com câmbio manual ou CVT. Chama atenção que itens como controles de tração e estabilidade, assim como assistente de partida em rampa, ausentes do modelo, não interferem no valor das revisões. Ou seja, tecnologias que não acrescentam custo no pós-venda, mas que garantem mais segurança. O modelo utiliza o mesmo motor 1.5 i-VTEC, que entrega 15,2 kgfm na gasolina e 15,3 kgfm no etanol.

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços MT ou CVT

10.000 km

R$ 349,43

20.000 km

R$ 524,45

30.000 km

R$ 580,43

40.000 km

R$ 2.008,25

50.000 km

R$ 580,43

60.000 km

R$ 1.555,41

Total

R$ 5.598,40

WR-V

O Honda WR-V, uma minivan convertida em crossover, apresenta um custo com revisões até 60.000 km abaixo de Fit e City, totalizando R$ 5,1 mil. Apesar de vir apenas com transmissão CVT, que garante conforto e economia, o modelo assusta ao cobrar exorbitantes R$ 2,2 mil pela quarta revisão!

Nas demais, o valor mais alto fica pouco abaixo dos R$ 1 mil, cobrando bem alto pelo período completo. Essencialmente um Fit com reforços estruturais e de suspensão, bem como alteração estética, o WR-V quase que obriga sua revenda antes dos 40.000 km devido ao alto valor cobrado. O motor é o mesmo da dupla do qual deriva.

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços CVT

10.000 km

R$ 349,43

20.000 km

R$ 524,45

30.000 km

R$ 580,43

40.000 km

R$ 2.243,53

50.000 km

R$ 580,43

60.000 km

R$ 953,45

Total

R$ 5.231,72

HR-V

Revisão Honda: preços $$ e detalhes

Maior, mais confortável e dotado de bagageiro superior, fora a performance ampliada com o motor 1.8 i-VTEC FlexOne, o Honda HR-V em comparação com o WR-V tem um custo de revisão até 60.000 km um pouco maior. Os valores são parecidos com os de outros compactos da Honda, mas a de 60.000 km é  a revisão mais cara. O modelo tem motor 1.8 i-VTEC FlexOne com 139 cavalos no etanol e 140 cavalos na gasolina, bem como 17,5 e 17,7 kgfm, respectivamente. Note que a ênfase é no consumo com o derivado de petróleo.

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços CVT

10.000 km

R$ 355,80

20.000 km

R$ 585,39

30.000 km

R$ 586,80

40.000 km

R$ 1.706,64

50.000 km

R$ 586,80

60.000 km

R$ 1.728,67

Total

R$ 5.550,10

Civic

Revisão Honda: preços $$ e detalhes

O Civic tem custo de revisão até 60.000 km na média dos modelos compactos da Honda, o que significa que o valor é alto quando comparado a outros concorrentes. No 2.0, que tem câmbio manual ou CVT, o sedã entrega 150/155 cavalos com 19,3/19,5 kgfm, respectivamente com gasolina e etanol. No Touring, o motor é o 1.5 VTC Turbo de 174 cavalos e 22,4 kgfm.

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços

10.000 km

R$ 355,80

20.000 km

R$ 546,24

30.000 km

R$ 586,80

40.000 km

R$ 1.667,49

50.000 km

R$ 586,80

60.000 km

R$ 1.689,52

Total

R$ 5.432,65

CR-V

No recém-lançado SUV, a Honda cobra menos que os compactos da marca, tendo um custo com revisões bem abaixo do Civic. As revisões de 40.000 km e 60.000 km são as mais caras, apesar de que a primeira custa quase a metade no cupê esportivo, que basicamente usa o mesmo motor do CR-V. Este, por sinal, entrega 190 cavalos e 24,5 kgfm. Também tem CVT e vem com tração AWD.

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços 1.5 Turbo CVT

10.000 km

R$ 232,77

20.000 km

R$ 368,28

30.000 km

R$ 692,08

40.000 km

R$ 1.016,57

50.000 km

R$ 397,77

60.000 km

R$ 926,59

Total

R$ 3.634,06

Accord

Revisão Honda: preços $$ e detalhes

Por fim, temos o sedã de luxo Accord, que tem preços bem razoáveis em suas paradas na concessionária. Os valores variam entre R$ 315,62 e R$ 1.402,64, totalizando R$ 4,7 mil e ficando abaixo de vários outros modelos, como Civic e Fit. O Accord é vendido em versão única e tem motor 2.0 turbo de 256 cv e câmbio automático de 10 velocidades.

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços CVT

10.000 km

R$ 315,62

20.000 km

R$ 643,61

30.000 km

R$ 909,63

40.000 km

R$ 940,61

50.000 km

R$ 513,62

60.000 km

R$ 1.402,64

Total

R$ 4.725,73

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.