Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

O Honda WR-V 2021 se renovou para seguir adiante quando os irmãos Fit e City já mudaram lá fora. Sem pensar no futuro, o crossover compacto traz aquilo que já deveria ter oferecido.

Com as mudanças visuais, o modelo atendeu aos pedidos e adicionou o VSA, que controla tração e estabilidade, além de segurar o carro na rampa.

As alterações trouxeram ainda rodas de liga leve aro 16, conjunto ótico em LED e mudanças no conteúdo, incluindo navegador GPS nativo e multimídia com Android Auto e CarPlay.

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

Na mecânica, o conhecido 1.5 i-VTEC se manteve com até 116 cavalos e o câmbio CVT. O Honda WR-V 2021 foi avaliado na versão topo de linha EXL, mas além da EX, tem agora a LX.

Preço? R$ 94.700 na EXL, mas a brincadeira começa em R$ 83.400 na novidade, a LX. Com o HR-V subindo de patamar – e ainda mais na próxima geração – o WR-V é a bola da vez.

Por fora…

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

Embora baseado inteiramente no Fit, fato que deve acabar em seu sucessor, o Honda WR-V 2021 já tinha uma cara simpática e agora ficou melhor com os faróis de LED.

Neles, as luzes diurnas – também em LED – surgem em semicírculo envolvendo piscas e mais LED´s, enquanto o projeto único apresenta frisos no acabamento, dando uma boa impressão.

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

A grade alta tenta passar uma imponência no crossover altinho, que ainda agrega proteções em cinza, envolvendo a carroceria e os faróis de neblina.

As saias de roda e as lanternas traseiras com LEDs reforçam a mudança, assim como as belas rodas aro 16. Com boa área envidraçada, o WRV-2021 tem ainda barras no teto.

Por dentro…

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

No interior, o ambiente continuou com a cara do Fit e como tal, o espaço interno é um de seus maiores atributos. Como a estrutura é de uma minivan, o WR-V saiu ganhando com isso.

Com habitáculo bem amplo, traz o mesmo painel do Fit, tendo cluster analógico com iluminação azul, cujo computador de bordo é acessado até hoje pela haste no conjunto.

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

De boa empunhadura, o volante em couro da EXL é multifuncional e tem paddle shifts, outra novidade. Na multimídia, GPS integrado ajuda bastante quando a conexão de 4G cai.

Ele tem Android Auto e CarPlay também, bem como câmera de ré com três visualizações. Se a vaga for apertada, há sensor de estacionamento na frente.

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

Com boa ergonomia, acomoda bem em seus bancos revestidos em couro, o qual também se encontra nas portas. Tendo ar condicionado automático, ele esfria bem rápido e agrada nisso.

Para enriquecer essa versão, o WR-V EXL traz ainda prático rebatimento elétrico dos retrovisores e tem retrovisor interno eletrocrômico.

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

O sistema de som com 4 alto-falantes e 2 tweeters é bom e adequado à proposta.  Para quem vai atrás, as pernas ficam sobrando, enquanto pode-se levar objetos altos ou longos.

Isso se dá com o sistema Ultra Seat, que rebate assento para cima e o encosto para baixo, facilitando o transporte de objetos longos, como pranchas ou bicicletas, mas até frigobar vai.

Já o porta-malas é suficiente para sua missão, tendo 383 litros e totalmente ampliável com o rebatimento do banco traseiro. Falando nisso, os dianteiros podem deitar, convertendo-se em camas.

Por ruas e estradas…

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

O Honda WR-V 2021 é um crossover de desempenho mediano. Em realidade, embora o motor não seja exatamente fraco, a transmissão é que poda boa parte de seu ânimo.

Esse é o L15A 1.5 i-VTEC de mais de 10 anos de estrada no Brasil, com um pouco mais de torque, é claro. São 15,2 kgfm na gasolina e 15,3 kgfm no etanol, que chegam aos 4.800 rpm.

Fica na média do mercado, assim como seus 115 cavalos na gasolina e 116 cavalos no álcool, que ocorrem a 6.000 rpm.

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

Contudo, o propulsor, de aspiração natural e injeção multiponto flex, se ressente da presença do câmbio CVT, que tem modo Sport e paddle shifts.

Nas saídas, ele é até esperto, como os mais recentes membros da família Fit, porém, a progressão é demasiada lenta e o giro sobe mais que o desempenho do carro.

Mesmo recorrendo ao modo Sport, o ruído apenas sobe enquanto o ponteiro se esforça para alcançar giros cada vez mais elevados até se estabilizar com o alívio do pé.

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

Usar os paddle shifts é interessante, mas não vai mudar a realidade do Honda WR-V 2021, pois ele continuará com um resultado aquém do desejável.

Pode-se mover o ponteiro até os 6.000 rpm, mas não se vai muito além. Falta mesmo um motor turbinado, que daria um bom gás nas retomadas e ultrapassagens.

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

De todo modo ele não te abandona, desde que se respeite sua proposta. Se de um lado ele não corresponde, do outro ele atende muito bem.

Na economia, o WR-V 2021 é uma boa para um aspirado, fazendo fácil 11,3 km/l na cidade e 15,6 km/l na estrada, com gasolina, é claro. Não andamos com álcool, não é tão frugal assim.

Rodando a 110 km/h, a seleção virtual de sete marchas joga o giro para baixo, caindo a 2.000 rpm, garantindo conforto e a economia mencionada.

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

Entretanto, isso é no plano, pois, um aclive leve é suficiente para tira-lo da zona de conforto e meter o ponteiro em 3.000 rpm ou além.

Com posição de dirigir alta e boa área envidraçada, o Honda WR-V agrada ao volante, cuja direção elétrica é bem ajustada e leve. Mesmo sendo alto, inclina pouco nas curvas.

As rodas aro 16 polegadas ajudam, e em um caso mais extremo, o VSA auxilia a manter o carrinho na mão, algo que não acontecia no anterior.

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

Não é tão fácil chegar lá, mas basta uma chuva forte e uma estrada sinuosa para ver até onde vai a toca do coelho. A suspensão é bem calibrada e reforçada para suportar nossa buraqueira.

Como característica principal, assim como no Fit, não é macia e os pneus 195/60 R16 não ajudam a filtrar parte disso, chegando mesmo a ressonar no habitáculo em pisos ruins…

Os freios atendem igualmente bem. Na média, o Honda WR-V 2021 (veja aqui WR-V – defeitos e problemas) é um carro com boa dirigibilidade e economia, nada além disso.

Por você…

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

Se você precisa de espaço ou gosta de um ambiente amplo, o monovolume convertido em crossover lhe cai muito bem. Quanto a isso, não há rivais para o WR-V 2021, nem o T-Cross.

Tendo uma carroceria alta, ele agrada por ser pequeno, cabendo na maioria das vagas e ainda assim oferecendo um habitáculo de invejar SUV grande.

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

Assim como o Fit, ele aproveita muito bem o espaço e a versatilidade lhe é peculiar. Com seis airbags e o VSA, agora o “SUVinho” da Honda está em dia com as prestações de segurança.

Pelo nível de conteúdo apresentado, ele também não está ruim, pena que a motorização mais fraca que a de players como T-Cross e Tracker o deixem num patamar abaixo.

Mas é aquilo, há quem goste da moderação, assim como do desempenho. Se este último for seu caso, então o WR-V não vai lhe agradar.

Avaliação: Honda WR-V EXL 2021 atende somente pelo espaço e economia

O preço da EXL é alto, mas os citados passam longe disso. Quanto aos demais, pecam em espaço, mas principalmente, em preço.

Com a elevação dos preços, o WR-V teve de descer um degrau para também não ficar em desvantagem. Tendo boas vantagens e algumas decepções, esse Honda é apenas suficiente.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Honda WR-V EXL 1.5 AT 2021

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 4 em linha, flex

Cilindrada – 1496 cm³

Potência – 115/116 cv a 6.000 rpm (gasolina/etanol)

Torque – 15,2/15,3 kgfm a 4.800 rpm (gasolina/etanol)

Transmissão – CVT com simulação de 7 marchas com trocas manuais no volante

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – 12,3 segundos

Velocidade máxima – 168 km/h

Rotação a 110 km/h – 2.000 rpm

Consumo urbano – 11,3 km/litro (gasolina)

Consumo rodoviário – 15,6 km/litro (gasolina)

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Eixo de torção

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e tambores traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 16 com pneus 195/60 R16

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.068 mm

Largura – 1.734 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.599 mm

Entre eixos – 2.555 mm

Peso em ordem de marcha – 1.130 kg

Tanque – 45 litros

Porta-malas – 383 litros

Preço: R$ 94.700 (versão avaliada)

Honda WR-V 2021 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.