Home Etc Os americanos e seus carros

carros americanos 1 Os americanos e seus carros




Conhecido pelo padrão de vida elevado, o povo americano nunca esteve preocupado com desperdício. A despreocupação se refletia nos automóveis, que não economizavam em metal e em polegadas cúbicas no motor. Porém, depois da primeira crise do petróleo eles se tornaram mais eficientes, a ponto de consumirem combustível tanto quanto – ou menos que – europeus e asiáticos.

Tomando como base os dados da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (padrão deste artigo), verifica-se que os “carros da casa” sempre tiveram consumo contido. Há vinte anos atrás, Ford Taurus e Chevrolet Corsica, ambos com motorização de três litros, seis cilindros e câmbio automático (de três marchas no GM), eram tão econômicos quanto o elogiado Toyota Camry e bem mais que o Hyundai Sonata. E com potência e torque maiores, Chevrolet Lumina 3.1 V6 e Taurus 3.8 V6 bebiam tanto quanto o Honda Accord de quatro cilindros.

Em 2010, na categoria dos sedãs pequenos com motores de dois litros, quatro cilindros e câmbio automático, os americanos mostram valores próximos aos dos rivais estrangeiros. O Ford Focus 2.0 tem um consumo combinado (cidade/estrada) de 11,9 km/L, enquanto Chevrolet Cobalt 2.2 faz 11,5. Toyota Corolla 1.8 e Kia Cerato 2.0 conseguem 12,5 km/L. Apesar da despresível derrota, entre os esportivos populares o Cobalt SS de 260 cavalos dá o troco e é mais econômico que Civic Si, Golf GTi e Hyundai Genesis Coupe 2.0, mesmo com 50 cavalos a mais.

O segmento dos médios (que são grandes para o Brasil) é o mais popular naquele país. Para ele, motores potentes e econômicos são desenvolvidos, já que a guerra pelo consumidor é acirrada e o assunto do momento é ecologia. Entre as versões com seis cilindros, sempre com transmissão automática, Malibu e Fusion bebem tanto quanto Toyota Camry, Nissan Altima, Honda Accord, Kia Optima e Hyundai Sonata. Entre as versões híbridas, o Fusion supera todos, sendo 15% mais econômico que Camry e Altima equivalentes.

carros americanos 2 Os americanos e seus carros

Um dos carros mais desejados do país é o mais econômico da classe

No segmento dos utilitários grandes e luxuosos, o Escalade AWD com um V8 de 6,2 litros e 403 hp é mais econômico que Audi Q7 4.2 FSI (350 hp), Lexus LX570 (383), Mercedes GL550 (382) e Infiniti QX56 (315). Em emissão de CO² o Cadillac empata com Q7 e desbanca o restante. Já a Chevrolet Avalanche 5.3 V8 (320) tem consumo rodoviário menor que a Honda Ridgeline 3.5 V6 (250). E para provar que V8 americano é eficiente, tem-se outro exemplo: Corvette.

carros americanos 3 Os americanos e seus carros

O Corvette com 505 hp bebe como um sedã V6 de luxo

Com o LS7 de 505 hp ele faz 10,2 km/L na estrada, número melhor que os de Nissan GT-R (485), Ferrari California (450) e Lamborguini Gallardo (560). Na estrada, até o Viper com um V10 de 8,4 litros (600) é mais econômico que o aclamado GT-R. E pasmem: os dois motores americanos possuem baixa potência específica, aspiração natural e COMANDO NO BLOCO!

carros americanos 4 Os americanos e seus carros

O motor de 556 hp do CTS-V

E para completar a prova de economia: CTS-V (556) empata com E63 (517) e supera M5 (500); Camaro V6 (304) supera Genesis Coupe (306) e Nissan 370Z (332); Lincoln MKX (265) perde por 0,42 km para o RX350 (275) e desbanca GLK350 (268), Q5 3.2 (270), Infiniti FX35 (303); CTS 3.6 (304) fica à frente de BMW 535i (306), Mercedes E350 (268), Acura TL 3.5 (280) e Infiniti M35 (303); e por fim, Pontiac Solstice GXP (260) supera Mazda Miata (170).

carros americanos 5 Os americanos e seus carros

Lincoln MKX e Cadillac SRX só perdem por 0,42 km/L para o Lexus RX350

Como se vê, o problema dos carros americanos não é eficiência, pois são moderados na hora de beber. Há vinte anos Ford e Chevrolet já ofereciam carros econômicos. No entanto, os consumidores sempre preferiram utilitários grandalhões; e esse é o problema.

Diego de Sousa


  • Klaus Nickel

    o problema é psicológico mesmo

    • washington

      kkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Boa!!!:p

      • Christiano

        Tem um carinha aí… Chamado Paulo Freire… Acho que não irá dormir mais depois desta…

        hehehe !

    • Cristiano Flyhigh

      Klaus,

      Você disse tudo. A inveja dos socialistas do mundo em tacarem pedras nas Genis americanas para protegerem as Natashas russas (Lada e Volga), fez sucesso porque a fofoca, a intriga, se espalham antes com barulho (vozes e outros sons) enquanto o mérito chega na frente, mas só quem quer enxergar que enxerga, porque pode passar um 747 na frente de um invejoso que ele dirá que viu apenas uma pipa.

      Parabenizo ao Éber por escrever essa matéria que após mais de 20 anos desbanca a mentira dos anti-americanos que carro americano não presta. Exemplo atual é o S400 Hybrid. O carro precisa de um auxílio para fazer 11 Km/l, enquanto carros grandes dos EUA fazem isso sem precisar de ajuda de sistema híbrido. Fantástico.

      Essa matéria eu estou guardando nos meus favoritos, porque ela é digna.

      Também percebi que os SUVs europeus são bem beberrões mesmo tendo fantásticas caixas de câmbio, mas os americanos estão sendo simplistas e usando a lógica da mecânica muito mais do que os alemães cujos eram tidos como mestres nisso.

      Parabéns, mais uma vez. Agora podemos ver fatos que desbancam as mentiras. Comparei um carro americano sim.

      Abraços!

      • remember remember

        O que o povo diz é sempre acaba tomando proporções maiores.
        morei nos EUA, e tive oportunidade de dirigir um Mustang( Convertible), uma experiencia e tanto pra quem é apaixonado por carro,

        enfim, não estou criticando os carros Americanos, são escolas diferentes afinal,
        mas o que eu ouvia de alguns americanos:
        "Japanese cars are more reliable" numa tradução direta: Os carros japoneses são mais confiáveis.

        independente de ser verdade ou não, essa fama pegou,
        e depois que pega, dificil tirar.

        Mas nao precisamos ir longe, no Brasil agente encontra algumas famas dificeis de tirar também

        ps: gosto dos carros Japoneses também

        • http://intensedebate.com/people/Paulo_Ricardo Paulo_Ricardo

          gol é mais confiável dos carros.

    • Pinheiro

      O mundo inveja os americanos, razão dos ataques a grande águia.

      • Christiano

        Pura verdade… Qquer um gostaria de ter o padrão de vida deles… A não ser que se goste de viver em FAVELA ao invés de MANSÃO…

        Agora dizer que os europeus estão acima… Já é demais !!!

        As montadoras americanas…Nem esquentam a cabeça com os europeus… E podem por BMW, MB, Audi (Os Europeus que o americano respeita) na conta… Pepino para os americanos… Estão sendo os ASIÁTICOS !!!

        Meu sonho está lá na foto… Cadillac Escalade !!

        O tal ECOTEC 2.0 TURBO de 260 cavalos… Deixou reporteres da 4Rodas de BOCA ABERTA e OLHOS ARREGALADOS… De… Como um motor tão potente poderia ser tão economico !!!

        • http://intensedebate.com/profiles/fla3d Fla3D

          Faltou só dizer que o Ecotec é um motor europeu, desenvolvido pela opel… :p

  • Daniel

    Eu sempre gostei de carro Americano, meu sonho de consumo é aquela Cadillac CTS e o Escalade e um Corvette. Já morei lá por 10 anos, eu tinha um Chevrolet Corsica, o que foi falado no texto.

    • Fernando

      Cara o que tu veio fazer aqui??? Eu no teu ligar estaria la ainda. Tens planos de voltar pra lá?? Vlw.

  • Gustavo BH

    Carro americano não chega ao nivel da Europa, mais são carros muito confortaveis e interessantes.

    • joão simonetti

      hahahahaha

      Amigão, não fala besteira!

      Brasileiro gosta de carros europeus pois eles sempre foram os mais adequados pelas semelhanças geográficas dos polos econômicos deste país (Sul e Sudeste) com o relevo e geografia de grande parte da europa (muita montanha, estradas antigas e estreitas, proximidade desses polos econômicos e baixo custo).

      Os EUA se desenvolveram muito durante e após as duas grandes guerras. Enquanto isto, o Brasil estava estático – era economicamente mais favorável a construção de carros europeus por aqui, pelo baixo custo e pelos supracitados fatores geográficos.

      No dia em que o senhor viajar em uma SUV americana, nunca mais pensará em Vera Cruz, Tucson, X5, Q7…

      Se os carros europeus de médio para grande foram TODOS desenvolvidos para o mercado americano, porque ainda assim os americanos preferem picapes enormes com motorzões V8? Para o senhor que não sabe, todo o atual "know how" europeu da construção de carro foi desenvolvido no pós-(segunda)guerra, quando, por exemplo, as montadoras alemãs foram assumidas pelos EUA.

      De anos para cá, os carros se tornaram descartáveis – apenas os brasileiros não os vêem como bens de consumo. Pra tanto, usam-se pouco aço, muito material reciclável e muita eletrônica. Na época na qual os carros eram feitos para durarem (um Belair 1955 era feito para que as classes "C" o comprassem cinco anos depois, durando uns quinze anos – isto não ocorre mais hoje em dia), nunca um europeu superou um americano – até mesmo as Mercedes-Benz das séries "K" da década de 30 conseguiam superar os Duesenbergs, Packards, Cadillacs e Auburns/Cords estadunidenses.

      Tampouco, os carros de classe média européia (a citar alguns ingleses como exemplo: Hillman, Vauxhall, Standard Vanguard, Morris, Austin…) nunca foram superiores aos estadunidenses (Chevrolets, Plymouths, Fords, Nash's, Studebakers, Dodges, Pontiacs, Hudsons…).

      Aconteceu que, a maioria das indústrias européias, tiveram controle americano após a guerra (VW, Mercedes, BMW, etc…).

      Com isto, agregando os fatores históricos-culturais do crescimento pós guerra, a indústria européia desenvolvera carros para
      competição com aqueles estadunidenses. Foi o auge das Mercedes-Benz série "S" (1971-1978), dos esportivos e dos Volvos no mercado americano.

      Geograficamente, os carros europeus se adaptam melhor às estradas brasileiras, quê são menores e com maiores relevos (serras, curvas, etc…). Porém, quem já conhece os carros de LUXO EUROPEUS, sabe quê eles são 100% feitos para o padrão estadunidense de qualidade.

      O resumo da opera é o seguinte: Os carros de luxo europeus tentam ser tão bons quanto os grandes americanos são. Os japoneses, na mesma mão, sempre têm carros APENAS no mercado estadunidense que não são fabricados e, tampouco, vendidos no Japão!

      • Christiano

        Perfeito amigo !

        O brasileiro… Com suas heranças européias… Na verdade, mal sabe de como é o mercado americano, pois dificimente voltam os olhos pra lá !

        Ao menos no setor de automóveis… Tem um carrinho aí (Para os americanos) chamado FUSION… Que deixou os brasileiros de boca aberta e vende muito bem !!!

        Sinal de mudanças !!! A GMB mesmo… Está se tornando CHEVROLET e não mais OPEL no Brasil !!!! Até agora com sucesso !

        • Fla3D

          Um carrinho fabricado nos EUA, mas criado por japoneses (mazda 6) e motor europeu (duratec) derivado de um japones (Mazda novamente). E viva a globalização! :D

      • Crow_09

        Nossa quais as fontes dessas suas informações?

        Chevrolet superior a Vauxhall? Até o Monza e Kadett já foram vendidos nos EUA com outros nomes porque a Chevrolet não tinha nenhum carro descente pra competir com os asiáticos.

        Engraçado que Mercedes é símbolo de status nos EUA mas NUNCA vi um europeu andar de Cadillac.

        Procure no youtube um test-crash de uma picape americana e de um SUV Europeu.

        esse seu texto não merecia nem comentário

        • Renan

          Chevrolet superior a Vauxhall? desde q eu me lembre sempre foi. Até o Monza e Kadett já foram vendidos nos EUA com outros nomes porque a Chevrolet não tinha nenhum carro descente pra competir com os asiáticos. unicamente pq eles ñ tinham outro carro nessa faixa d preço, só depois q veio Lumina e Cavalier (Cobalt agora)

          ngraçado que Mercedes é símbolo de status nos EUA mas NUNCA vi um europeu andar de Cadillac. Já vi uma porrada d europeu andar d cadillac, mais ñ é preferencia, pq eles prezam mais seus proprios carros nacionais e tambem pelo q foi dito acima, diferenças geograficas.

          desse ultimo ñ sei, pq ñ acompanho crash test

      • Aceto

        joão simonetti,

        Parabéns pelo seu post, que tem muitos pontos de contato com minha tese de pós-graduação sobre a evolução da indústria automotiva mundial desde o pós-guerra e de suas perspectivas em um contexto atual, globalizado.

        Apenas não emito juízo de valor sobre qual é a melhor escola, visto que as mesmas tem apresentado histórico digno da darwiniana "Evolução das Espécies", i.e., adaptaram-se às condições geográficas, topográficas e, claro, mercadológicas de seus respectivos ambientes.

  • http://intensedebate.com/people/Diguinh0 Diguinh0

    Muito bom texto!! Quem diria corvette mais ecomico q o nissan GTR!

    • Renan

      quem diria o VIPER mais economico q gt-r

  • Pedro

    Eu sempre gostei de carros americanos. Em materia de engenharia, só acho que eles perdem para alguns europeus (alemães notadamente, italianos em design principalmente e ingleses na questão de ergonomia e luxo), mas acho o padrão dos carros americanos na questão mecanica e engenharia bem acima dos orientais e franceses.

    O artigo acima é consumo. Muitos vão dizer que essas marcas são de consumo ótimo. Sim é verdade, mas as reais sempre são proporcionais a esse valor. O problema é que os carros americanos sempre tiveram um alto torque. Se o condutor do carro souber usar isso, ele consegue um alto aproveitamento de combustivel, MAS o consumidor comum, sabe bolufas de carro e não sabe aproveitar o torque, assim sendo utilizando alta rotação para uma marcha baixa, gerando no carro de maior torque, um consumo excessivo. Daí vem a questão de o “carro americano é beberrão”, devido ao mau uso.

    Agora o problema das três grandes é o fato de não saberem vender seus carros! Os orientais dão um banho no mkt, assim como os europeus, pois as empresas americanas (notadamente a GM) não tem um foco e um tratamento adequado a seus clientes. Somente hj vemos a Cadillac, Lincoln e Crhysler focarem um consumidor top, deixando marcas mais genericas para outros ramos. Isso é o que a Toyota, Honda e Nissan fazem desde 1980!

    • Tio Sam

      Os problemas das montadoras americanas não estão ligados ao produto, marketing ou tecnologia defasada. O custo elevado de sua mão de obra, devido principalmente ao custo elevado dos beneficios dos operarios, foi o fator principal que ficou evidente na crise em 2009.

      • Christiano

        Outra grande verdade…

        Por isso a GM divulgou tanto que estava "falindo"… Queriam "ativar" a lei de falencias americanas… E se livrar de custos e beneficios dos operários… Qdo conseguiram criar outra empresa (General Motors Company)… Curiosamente, a crise passou !!!!

        Até então… A GM chegava ao cumulo de pagar até 95% do salário de um empregado que fosse despedido, até ele arranjar outro emprego !!! U… au !!!

      • Aceto

        Sem sombra de dúvida!

        Tive a oportunidade de participar de diversos programas de desenvolvimento de montadoras no exterior. Um dos exemplos foi o projeto Ford Amazon (Fiesta e EcoSport), com linha-piloto mundial em Dearborn, Michigan.

        Por imposição sindical do UAW (Union Auto Workers), nenhum montador de linha podia executar atribuições de qualquer outro colega (exemplo: montador de rodas não pode montar bancos). Assim, devido è espera de componentes ou sistemas disponíveis, funcionários passavam horas, dias e semanas sem atividades, fazendo até horas extraordinárias sem agregar valor à cadeia produtiva. Houve exemplos de operadores que totalizaram vencimentos de US$ 100 mil, em quatro meses!

  • http://intensedebate.com/people/_Campus_ _Campus_

    Bacana! Bom pra quebrar alguns paradigmas.

    Mas achei meio tendenciosa algumas partes…

  • http://intensedebate.com/people/jeffersonld jeffersonld

    E a história de downsizing de motores com aplicação de turbo? Estes seriam mais econômicos que os aspirados, não?

    • Christiano

      ùnico problema neste caso… É que os americanos gostam de torque abundante (Faz parte do pacote de conforto que eles adoram)… Ponto fraco dos turbos (Onde a potência extra começa a fazer diferença mesmo só após os 3 mil rpm) !

      Por isso.. O Corvette apelou ao compressor… Ao invés de Turbo (Que poderia deixar o modelo com até 1000 cv, dependendo da pressão) ! O motor ideal… Teria que ter os 2 ! Como aquele VW 1.4 !

  • Diegoo

    ótimo artigo, bastante elucidativo.
    Isso sem falar nas rígidas normas de segurança dos carros deles.
    Corvette é e sempre será um mito mesmo!

  • Dub G

    …e o HUMMER? Nenhum Carro definia melhor o povo Americano que o Hummer H2…

    • gold

      Punto T-Jet e Civic Si com performance semelhante? Ta doido……

      • http://intensedebate.com/people/Thgfelipe Thgfelipe

        ???? não entendi

        • Christiano

          Deixa eu ir almoçar… Comparar Hummer com T-Jet e Si….

          Realmente "tá doido" !!!

    • http://intensedebate.com/profiles/ltp5 Filipe Augustus

      O Hummer H1 define melhor que o H2.
      Aquele grandalhão baseado nas versão de guerra Hunvee.
      com seu 6.5diesel turbo e seu consumo de 2 km com um litro de média.

      • Guilherme

        Motor 6.5 e com 165hp, se não me engano. Eficiência absoluta!!!

        • Renan

          os ultimos h1 tinham mais d 300hp, h2 beira 400hp, h3 se ñ me engano tem 280 ow 270hp, vc deve ta flando dos hummer do começo dos anos 90 e final dos anos 80

  • http://intensedebate.com/profiles/juniormyself juniormyself

    bom o texto…
    hummmmm…. é é, cilindrada e potência não é sinonimo de consumo, verdade, mas e o kgfm? avaliar carros só por potência se tem dados superficiais de sua real performance, depende de muitas coisas, quanto de potência e torque, a quantos giros se alcança o torque e potência máxima…

    Exemplo é punto T-jet e Civic Si, que são carros de conceitos diferentes, mas só para comparar, punto tem motor turbo, e 40hp a menos que o Civic, porém seu torque é 2 kgfm a mais que o civic, e esses números são alcançados a 2500 rpm e o civic Si a 4300, isso faz com que tenham níveis de consumo parecidos, e também performance semelhante… nada a ver um carro com o outro, mas vê-se que potência e CC não quer dizer muitas coisas quanto a real performance e o consumo.

    • gold

      Punto T-Jet e Civic Si com performance semelhante? Ta doido……

    • dibai

      gostei do comparativo. eu não sabia

  • Bruno

    Carro americano é sem comentários, não tem economia de conforto, sofisticação e……motor!!!!!!!!

    NUNCA QUE OS CARROS BRASILEIROS SERÃO IGUAIS OU NO MÍNIMO 1% SEMELHANTES!!!! N-U-N-C-A!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • http://intensedebate.com/people/Thgfelipe Thgfelipe

      esse é tipo de comentário que não agrega em nada

    • http://intensedebate.com/people/pablojuangarcia pablojuangarcia

      Tá. E daí?

    • http://intensedebate.com/people/Paulo_Freire Paulo_Freire

      Esse é o tipo de comentário que ñ vale nada, entra em um Mercedes e depois entra em um GM ou Ford. Tem nem comparação.

      • Lorenzo

        E esse é o tipo do comentário de quem só entra em Mercedes quando vai ao Salão do Automóvel. Mesmo assim, aqueles mais mixurucas que não ficam trancados.
        “There is no replacement for displacement” (Carrol Shelby)

        • Christiano

          Paulo Freire.. Sabe tudo… Agora que viu que não pode mais reclamar da tecnologia, poluição e consumo dos americanos…

          Resolveu pegar no pé de conforto e luxo… Mas aí… É exatamente onde os carros americanos são os "top" do mundo todo !!!

          hahaha !

  • http://intensedebate.com/people/NANNDO_SP NANNDO_SP

    Quem dirigiu carro americano 6 ou 8 cilindros dos anos 90 pra ca, sabe que o carro é bem economico. Tive uma Explorer 6 cilindros 97 e era muito economica , na estrada então a economia era igual a um carro 1.8/2.0 agora que me surpreendeu mesmo foi o Mustang, meu irmão tem um GT (8 cilindros) 1995, mesmo tendo só 210hp o torque é impressionante pois voce sobe uma serra por exemplo em quarta marcha com o giro muito baixo, parece um caminhão e o ponteiro da gasolina nem mexe, agora passando de 120 km/h o ponteiro da gasolina começa a baixar e bem rápido, na cidade ele faz a média de 7/8km/l pois voce praticamente não pisa no acelerador, nada mau para um V8 fabricado 15 anos atrás.

    • http://intensedebate.com/profiles/ltp5 Filipe Augustus

      Minha amiga tem um Mustang V6 automático 1995, eu pensei que o carro era lento, mais quando vc pisa no acelerador ele responde com força tbm, chega sair até de traseira as vezes.
      Muito bonito o carro dela, vermelho todo original, não é nenhuma Ferrari em desempenho, mais cumpre o seu papel por ser um carro relativamente antigo já, quanto ao consumo faz uns 5.5 na cidade e talvez beba mais que o V8 como o amigo disse aí até por ser V6 e automático.
      Tirando a suspensão muito mole, é um carrão.

      • http://intensedebate.com/people/NANNDO_SP NANNDO_SP

        é verdade automático bebe mais, esse que eu falei esta com a gente já faz uns 8 anos e é cambio manual, certa vez um amigo nosso levou o carro para um evento do outro lado da cidade de São Paulo de madrugada, o carro estava na reserva e chegou de boa (40km) , ele não acreditava rsrsrsrs foi muito engraçado!! Mas no transito muito pesado faz 5 pra menos

  • Gordo

    Ótimo texto! Nunca tive conhecimento sobre isso! Sempre pensei que os europeus que dominavam no quesito economia! Isso só mostra o quanto os americanos são fodas, projetam carros robustos, porém econômicos se comparados aos europeus. Valeu NA!

  • http://intensedebate.com/people/AJPINHEIRO AJPINHEIRO

    números são números!!!
    o cara colocou o consumo de uns e de outros modelos e disse o que é fato!!!
    texto ótimo pra revelar um lado que muita gente não conhece dos carros americanos.
    até pq o "american way of life" não quer dizer "se limitar ao desperdício", mas sim optar por ele mesmo tendo opções mais racionais.

  • http://intensedebate.com/profiles/tonyknopfler Antonio De Julio

    Parabéns, Eber! Adoro essas matérias "didáticas"

    Quando eu falo que sou muito mais os esportivos americanos que os europeus, o pessoal quer me crucificar. Além do preço, temos agora a prova do consumo!

    Mustang>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> resto dos esportivos mundiais

    Sobre a preferência do americano "foda-se o mundo", é só aumentar os impostos na gasolina que a preferência deles muda rapidinho. Podem ser o que forem, mas quando a água bate na bun… mudam de gosto sem pensar 2x.

    • http://intensedebate.com/people/Paulo_Freire Paulo_Freire

      Esqueceu de uma coisa: n tem nenhum Porsche no meio dessa comparação. Ou seja, ou eles humilham muito em consumo [tb, pq em TODO o resto essas carroças norte-americanas são piores] ou o kra tava com medo de retaliação, eu aposto na 1ª opção.

      • Christiano

        Hoje o cotovelo do Paulo Freire está ardendo….

    • http://intensedebate.com/profiles/ltp5 Filipe Augustus

      Eu gosto muito do Mustang, mais ainda olho com melhores olhos uma M3 ,por exemplo.
      Não estou falando que não gosto do Mustang, se tivesse condições teria os dois, um Mustang e uma BMW M3, mais tbm sou suspeito pra falar pois sempre curti uma BMW desde criança.

  • Luis

    Uau quem diria q as marcas tão economicas e ecologicamente corretas da europa levassem um banho desse das irmãs americanas…
    I LOVE CADILLAC!

  • nando

    GM <3

    • Guilherme

      Se gosta tanto de GM, compra um Classic Frankenstein ou um FrAgile hehehe

      • T 3.0 V6

        I LOVE GM, no Brasil não é essas coisas, mais nos EUA a linha é perfeita, para mim!!

        E Classic ou Agile, nas suas gamas de mercado, q são as populares, tem algo melhor, o referencial em design Logan (lada)?? Da mesma empresa vem o Mito CORVETTE e o CAMARO, antigo Impala e milhares de carros, GM RULLES!! Pena q no Brasil a linha esteja extremamente defasada, exceto claro Captiva, Malibu e o quase finado Omega! Mas lembrem-se q qndo a linha Chevrolet era Opel, ela era a 3 no mercado e com essa linha é a 3 tbm, então…

        So para frizar, carro 0km no Brasil é praticamente a mesma coisa: Caro e Pelado! Isso valido para os básicos e premiuns da vida e sedãs medios!

        Agora referente a matéria, carros americanos são os melhores ao lado dos alemães… GM, Ford, Chrysler (UMA PENA AGORA AO COMANDO FIAT), Cadillac, Buick junto com BMW, Mercedes, Opel e enfim, são os melhores…

        Mas em SUV nao tem pra nguem, AMERICAN RULLES!!

        OBS: Galera do NA, gostaria de um comparativo como matéria com preços de carros: Eua x Brasil. Estava vndo na net e mto carro como Legacy, V40, Grand Cherokee a preços bem baixos lá. Fica a sugestão!

        • Aceto

          T 3.0 V6,

          Além disso, a evolução das tecnologias de produto tem sido tão veloz e dramática a ponto de suas novas gerações equivalerem e mesmo superarem os até então considerados paradigmas dos concorrentes japoneses.

          Merecem especial destaque: Chevrolet Equinox/GMC Terrain (a GM não está conseguindo produzir quantidadades suficientes para atender a demanda de mercado), Chevrolet Camaro (sucesso absoluto), Buick LaCrosse e Buick Regal (este, versão Buick do Opel Insignia). Assim, é muito grande a expectativa para as novas gerações de Malibu e Impala, que deverão seguir pelo mesmo caminho, e contribuir para consolidar a tendência de recuperação de participação de mercado sobre os japoneses.

  • Luis

    Virei fã do Diego agora…
    Parabéns ao NA por publica uma matéria q posso afirmar com certeza de q não vi nada igual em nenhuma revista especializada do setor!!

  • http://intensedebate.com/people/Diggo Diggo

    Eu sou mais do gosto europeu, principalmente no quesito hatch, que é a grande aposta lá. Todos são muito bonito.

  • roger

    Muito interessante o ponto de vista levantado pela matéria!
    As banheiras, no meu conceito tem explicação pelo biótipo das familias classe média/média que pesam 'cada', por volta de 85 kgs…e com circunferência acima dos 1.20m…
    Ou seja na hora que inventam de entrar quatro em um carro…santo deus!
    (o que aliás é muito difícil, já que são muito independentes e individualistas)
    -Agora que os carros dos EUA evoluiram…sem dúvidas, e muito!
    Compraria só um de lá…. Corvette > branca interior vermelho!!!!

  • Rafthehay

    Em geral eu não curto muito a linha de design dos carros americanos. Claro, fora os Vettes e Vipers, entre outros, curto os sedãs “elegantes” deles, como o Impala. Agora, esses cadillacs atuais, os utilitários, acho todos muito feios. Em geral, curto mais carros europeus mesmo.

    Entretanto, os carros americanos são muito bons em qualidade construtiva, em robustez, solidez. Aquela coisa de que os carros lá duram muitos e muitos anos não é só da cultura do americano de _verdadeiramente_ apaixonado por carro, mas sim que são bons projetos, e o mercado de reposição… nem se fala!

    Muito bom o artigo, me surpreendi com os números de economia deles.

    • Guilherme

      Essa parte da confiabilidade, sei não… os carros americanos são reconhecidos até pelos próprios como tendo qualidade e robustez duvidosa..

  • http://intensedebate.com/people/rodrigolinhares Rodrigo

    Estes tempos estive dando uma olhada no site da chevrolet americana e comecei a ver as especificações dos carros. Comecei a converter o mh/g (milha por galão) e percebi que estão bem mais econômicos que nossos carros nacionais. Alguns modelos citavam algo como 13 Km/l e motores 8 cilindros. Fiquei pensando se este valor era em função de suas auto estradas que mais parecem tapetes ou nossos carros são muito merdas mesmo. Americanos são muito bons em marketing, tem essa também.

  • ismajunior

    Eber, "desprezível" é com Z ;)

    Lamborghini, e não Lamborguini.

    Abração!

  • Aristeu

    Acho que a maioria dos 1.0 Flex 0km vendidos aqui são mais beberrões do que esses carros bem maiores dos Estados Unidos e o povo compra 1.0 achando que vai ser econômico.

    • Anselmo B.

      Ouçam esse rapaz.

      • Christiano

        1.0 realmente economico ? Só temos UNO MILLE e CELTA !

  • http://twitter.com/edsonfern @edsonfern

    eu acho que há um parenteses nessa materia. É lindo ver que carros americanos na "teoria" são economicos. Assim como foi explicado pelo Pedro há mais um item MUITO IMPORTANTE para se ver:
    O requisitos para emitir menos poluentes. Tenho certeza que QUALQUER motor V6 ou V8 que tenha potencias realmenet grandes deve despejar MUITO mais poluentes que um motor 4 cilindros turbinados (downsizing).

    Mas como se fala de consumo, vou me abster a esse foco. Ainda falando de consumo, duvido mesmo que um carro que tenha uma preparaçao turbinada consiga evitar o consumo para o usuario comum. isso porque evitaria terque pressionar tanto o acelerador pelo torque gerado. Ta certo que o torque gerado por motores grandes é bom também, mas duvido que alguem nos EUA sabe utilizar a ponto de economizar.

    • khiel

      Isso é verdade. Mas segunda a epa (utilizada no texto), o cobalt ss de 260 cv polui quase o mesmo que o v6 do lacrosse

  • http://twitter.com/edsonfern @edsonfern

    Agora sim ainda sobre o assunto e muito importante é a regulagem desse motor. Eu duvido que um motor grande desses desregulados iria consumir menos que um motor menor desregulado. Porque isso não é só um problema de outros paises. Alias, os americanos são tão desleixados como muito brasileiros. Portanto isso tbm deveria ser importante quando se trata de consumo.

    Abraços
    Edson

  • Helmuth

    carros 1.0 produzidos aqui nao fazem mais que 11km/l, se fizerem isso. Pelo menos a maioria. E ano adianta dizer que uno é econimico pois tbm pesa menos qeu os outros, demandando menos força para deslocar! Fiesta de um amigo faz no MAAAAAAAximo 10 e ele é bem econimico dirigindo. Classic da minha namorada faz 9,5 a 10. Sao exemplos ridiculos que nos temos aqui.

    Ridiculo isso, ainda mais se compararmos com esses americanos, europeus (alguns), japoneses e sul coreanos. Nos temos grande engenheros, pq tu aqui e assim!!! Desculpem mas e revoltante

  • http://intensedebate.com/people/pablojuangarcia pablojuangarcia

    Ou seja, nossos carros 1.0 são muito gastões e poluentes. Ainda mais com a tecnologia "ecológicamente correta" (leia-se: Flex).

    • http://intensedebate.com/people/Alesr50 Alesr50

      Só os 1.0 ?? Até os 2.0 daqui são assim….é complicado viu

      • Christiano

        Cara…

        Já sabemos que o grandíssimo pecado do FOCUS… É o consumo !!!

        E o tal novo 2.0 da Toyota… Bebe… Bebe pra xuxu tbém !!! Simplesmente… Não compensa !!!

  • Hofmann

    gostei do texto, passei a olhar os carros americanos com outros olhos, mas em design prefiro infinitamente os europeus. uma coisa eu reparei: um v8 americano consome o mesmo que muitos 1.0 nacionais por aí…

    esse texto só provou uma coisa: o Brasil tem os mais caros e piores carros do mundo!!! um golf 2.0 consome mais que um corvette de 500cv na estrada, isso é um absurdo!!! o que essas montadoras malditas fazem nesse país é uma vergonha.

    • Cristiano Flyhigh

      Comentário aprovado… embora o desenho e o preço do Corvette são bem atrativos, não são?

    • Bruno Schaefer

      nao eh so reclamar..tem q parar de comprar. so assim elas vao se tocar e mudar a postura erronia que levam. Poxa, todos aqui reclama, mas qntos aqui nao estao de carro zero na garagem ? qntos aqui nao 'fertilizaram', 'apoiaram', 'deram mais força' às montadoras filhas dumas Pu..!!? ..O Pessoal reclama, reclama, reclama, mas na hora do vamo ve chega la e compra o Celtinha Life 2P Basico Sofrido, Sofrido !! e aidna chega feliz em casa, pq ganhei tanque cheio e licenciamento. –' Pra esses, que compram celta e afinidades, a matéria deixou bem claro que com o msm preço vc pega um carro infinitamente melhor. Seja economia, motor, acabamento, espaço [...]

  • http://intensedebate.com/people/Paulo_Freire Paulo_Freire

    Interessante, eu ñ vi nenhum Porsche n meio dessas comparações. Ñ duvido nada que eles sejam mais econômicos que os americanos e os outros da categoria. Porsche é fods!

  • http://intensedebate.com/people/Paulo_Freire Paulo_Freire

    Opa opa opa, essas médias são tiradas por quem?

    • Christiano

      O cotovelo dele já está pegando fogo agora…. hahaha !

  • Paulo

    Já tive corsa, Palio, Gol, 1.6 e 1.0, e todos tinham consumos razoáveis, ainda mais quando são flex. Agora possuo um Megane 2009 automático, e pasmem! Faz 12/13 km na estrada com duas pessoas, carregado não faz menos de 10km/l, enquanto na cidade gira em torno de 8 a 9 km/l! Fora o conforto, o porte, o espaço, e a potência do 2.0 16v. 138cv. É bem melhor que o Corolla do meu pai (XEi 2009)… Tamanho muitas vezes, não quer dizer muita coisa. Afinal, é bem mais viável um 2.0 girando manso do que um 1.4 no berro…

    • Bruno Schaefer

      falou tudo !! s2

  • Cristiano Flyhigh

    **correção: quis dizer "comprarei".

  • http://intensedebate.com/people/Nando_LP560 Nando_LP560

    Carro americano é unico, não da pra compara-los com nenhum do mundo, mesmo que o carro seja o mesmo, indo pros EUA, ele se transforma !

  • @renatogca

    O problema é que nós achamos que 10km/l é uma super marca….. enquanto lá fora 20km/l já está virando rotina!

  • Sadala

    Gosto dos modelos americanos tradicionais. São ultra-tradicionais, ultra-duráveis, funcionam a baixa rotação, ronco que nenhum outro fabricante do mundo faz, ultra-robustos e agora, até que são eficientes. É tudo que eu quero em um automóvel!!!!!!!!!

  • Sadala

    E claro, muitíssimo torque!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Snake

    Inveja.

  • http://twitter.com/ganhadourado @ganhadourado

    USA É O PARAISO!!

  • ary

    sem falar na simplicidade de um v8 americano…nada daquele "bando" de valvulas ,comandos que quando ficam velhos o bolso sente

  • Cil

    Os americanos e seus carros…. AÍ QUE ÓDIO!

    Bonzinho é claro… eu disse que estou com ódio?? Eheheheheheh. Não li a matéria toda para não ter raiva. É interessante ver como os mercados americano e europeu, com suas diferenças, são abastecidos com o que há de ótimo. A China me parece qeu vai pelo mesmo… aliás, a indústrai automobílistica chinesa está a anos luz da nossa. Eles, assim como europeus e americanos, já fabricam carros que, se não são um primor de design ou acabamento, tão lotadinhos de afagos ao comprados… enquanto isso, na sala da injustiça, temos carros que não um primor de design ou acabamento… e que ainda vem pelado… e caro.

    E ainda tem que saia falando mal dos chinas. Acho sim que em anos, eles serão a terceira onda asiática.

  • erick

    Mas tem uma coisa né, esses testes provavelmente são feitos em condições ideais. Em condições ideais nosso mille economy consegue 20km/l.

    creio que esses voitões aí num transito pesado ou na barranqueira das ruas ruins e mal projetadas do brasil devam fazer algo em torno de 4km/l na cidade.

  • luiz

    Como fizeram estas medições? Utilizaram dados de fábrica. Muito suspeito. Bem no estilo americano de dizer que é melhor que os outros, mesmo que mentindo. Duvido que o viper, por exemplo, com aquele motor de caminhão seja assim tão eficiente. Assim como antes se media e divulgava somente a potência bruta desses carros que era entre 20 e 30% superior ao que chegava de fato às rodas, desconfio muito desses dados.
    Tudo isso me parece uma grande mentira.

  • SamuraiUTI

    Eu acho que a matéia não cita uma coisa: e o downsizing gerado pelos motores europeus 1.2 a 2.0 Turbo, com injeção direta e diesel?
    O consumo desses motores muitas vezes beiram acima de 20 Km/L.

  • Cristian J G

    Por favor! Muitos estão comparando pilotar como em autódromo com carro mil leve com dirigir suavemente em uma planície num belo dia de sol com carro de alta cilindrada/potência pesado. Cada qual no seu quadrado e utilidade de uso. Eu possuo um fiesta endura 1.3 há mais de seis anos e já fez 17 na estrada e 13 na cidade (dirigindo com extremo cuidado). Hoje com mais de 300 mil km (já troquei os anéis) consigo 14 na estrada e na cidade tranquilamente 11 km/l.
    Estou trocando por um novo uno 1.0 (ar, dir. etc) pagando 34 mil porque estou no Brasil senão com certeza compraria um hatch médio (se fosse esse preço) que fecha com meu gosto e utilidade.
    Infelizmente a gente compra o carro que pode nesse país e sei que com esse preço poderia comprar um usado médio ou até importado mas não poderia mantê-lo (manutenção e em alguns casos o consumo). Uso o carro diariamente (70 a 80 KM/dia) e optei por um carro zero km de reposição mais barata, menos desvalorização e SIM economia de combustível, apesar de ter, nessas condições, que dirigir (e não pilotar) racionalmente, pois o motor fraco irá sofrer se o fizer diferente.
    Carro de 1.0 a 1.6 tem suas vantagens (na nossa realidade = altíssimo preço do combustível e preço de compra altíssimo que eleva aida mais a desvalorização absoluta) , pois polui e até consome menos.
    Isso é uma opinião pessoal dentro do meu entendimento sobre a realidade brasileira atual e em nenhum momento vou criticar negativamente a realidade que eu não vivo. Só descordo daqueles que dizem que carros 1.0 não fazem mais do que 10 a 11 km/l. Meu pai possui um azera e o máximo que consigui foi 11 no piloto aut. no plano, sem vento e a 70 km/h (imaginem o tédio), mas teve um civic 2005 (antigo) 1.7 16v que fiz 13.9 a 110km/h com ar ligado subindo de Porto Alegre p/ Caxias do Sul.

  • Birita

    VALEU PAULO FREIRE
    ve se aprende a calar essa sua boca e parar de falar merda em todos os blogs automotivos

  • http://intensedebate.com/people/Paulo_Ricardo Paulo_Ricardo

    estou realmente surpreso co os núeros de consumo dos americanos…