Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Chevrolet Cobalt 1.8 LT 2013

Carro da semana, opinião de dono: Chevrolet Cobalt 1.8 LT 2013

Olá meu nome é Glauber, tenho um Chevrolet Cobalt LT 1.8 Cinza Rusk adquirido em março de 2013 e estou muito feliz com o carro. Estou completando 10.000 km e tenho alguns prós e contras a relatar.
Rodei 10.000 km em um ano que estou com ele, peguei muita estrada, sempre ruins e passando com ele em buracos e não tem nenhum problema na lata, aliás está impecável, dá pra ver que o carro é bem robusto.


O meu veículo é do modelo 1.8 LT, custou na época R$ 47.000,00, acho um ótimo custo x beneficio, o carro tem 4,48 m de comprimento, o mesmo do Focus Sedan e 4 cm a menos que o Civic. Seu entre eixos é de 2,62 m que é maior que o do Corolla que é 2,60 m. Seu porte é de Astra Sedan, de VW Bora, e por dentro ele é mais espaçoso que o Chevrolet Cruze.

Carro da semana, opinião de dono: Chevrolet Cobalt 1.8 LT 2013

O acabamento não é ruim, com certeza não é o de um Hyundai Elantra, mas por exemplo tem um design e os materiais são de melhor qualidade que o do Vectra, que saiu de linha há poucos anos. Claro que a indústria automotiva evoluiu muito nos últimos anos permitindo montar carros mais bem acabados.


Meu modelo tem ar condicionado manual, direção hidráulica, vidros elétricos frontais, trava, elétrica, chave canivete com comandos de abertura e fechamento das portas e porta malas, painel com velocímetro digital, tipo do Civic, freios ABS, airbags frontais, luz de leitura no teto na frente e atrás, iluminação do porta luvas, bancos traseiros bipartidos; preparação para som; detalhes internos prateados; alarme sonoro de faróis ligados e chave esquecida na ignição, portas, porta malas e capô abertos, etc.

Carro da semana, opinião de dono: Chevrolet Cobalt 1.8 LT 2013

Meu Cobalt LT 1.8 também tem computador de bordo. O LTZ tem a mais o sistema multimídia My Link, retrovisores elétricos, farol de neblina (que instalei por fora por R$ 380,00), rodas de liga leve aro 15 (que eu já tinha e coloquei no meu), e vidro traseiro elétrico, cobrando por isso R$ 52.000. Acredito que o 1.8 LT tem o melhor custo x benefício entre os sedans compactos.

O consumo na gasolina está me surpreendendo positivamente, eu tenho o pé pesado, mas já consegui fazer até 13 km/l na estrada, na cidade em torno de 8 km/l na gasolina. No álcool 5,5 km/l na cidade e cerca de 8 km/l na estrada. Não está muito atrás de outros sedans não.

Carro da semana, opinião de dono: Chevrolet Cobalt 1.8 LT 2013

O motor 1.8 é o dos finados GM Corsa e do Fiat Stilo, ou seja, é um motor muito antigo, tem só 110 cv mas tem um torque de quase 18 kgfm, ou seja, ele arranca na frente de um Kia Cerato devido ao torque ser maior, mas termina a corrida junto ou atrás, devido a menor potência, por exemplo o Cerato é 1.6 de 128 cv. Quanto ao acabamento, já apareceram alguns grilos, que apareceram em todos os outros carros que já tive, mas dá pra ver que é um carro com uma boa qualidade de montagem. Por dentro você pensa até que está dentro de um carro médio, sendo que o Cobalt é um carro compacto.

Outro defeito é o banco que tem regulagem de altura e distância, mas, mesmo assim, deixa a posição de dirigir um pouco elevada. O volante também tem regulagem de altura, faltou a de distância. Outro defeito, a chave canivete abre o porta malas, mas por dentro não há botão nem alavanca de abertura dele, então pra abrir o porta malas o carro tem que está desligado, e o motorista abrir pelo controle da chave ou inserir a chave na fechadura da tampa do porta malas, o que é incompatível com sua qualidade e categoria.

Carro da semana, opinião de dono: Chevrolet Cobalt 1.8 LT 2013

O visual externo causa muita polêmica, por exemplo eu acho o meu bonito, gosto muito dele, há quem o ache feio e há quem o adore, tudo é questão de gosto. É como uma mulher (ou para as mulheres, um homem): tem umas que são lindas por fora, e não tem conteúdo, são somente uma casca… o Cobalt não é uma dessas, ele não tem a mesma “beleza” que certas “mulheres” mas você vai conhecendo suas qualidades com o tempo.

Eu estudei muito antes de comprá-lo e não me arrependo de ter “casado” com ele. Analisei os principais concorrentes disponíveis no mercado (Nissan Versa 1.6, Fiat Linea, Honda City), e ao meu ver o Cobalt é no mesmo nível destes e com um custo x benefício muito melhor.

Carro da semana, opinião de dono: Chevrolet Cobalt 1.8 LT 2013

Segue um resumo de minha avaliação:

PRÓS

– Espaço interno, com ótimo entre-eixos de 2,62m.
– Porta malas excelente, de 563l.
– Luz de salão no teto na frente e atrás.
– Chave canivete com abertura e fechamento das portas e do porta malas.
– Carro confortável de suspensão macia, com direção leve e segura.
– Painel moderno com velocímetro digital.

CONTRAS

– Não há botão de abertura do porta malas dentro do carro, apenas pela chave e na tampa do porta malas.
– Motor com pouca potência, apenas 108 cv na gasolina e 110 cv no álcool;
– Não há cinto de três pontos nem encosto de cabeça para o 5º passageiro;
– Poderia ter ajuste de profundidade do volante. Ajuste de altura do volante e do banco poderia ter curso maior;
– Braços das dobradiças do porta malas podem amassar a bagagem, poderia ter pistões como o do Ford Fiesta Sedan Rocan e do Vectra;
– Não há marcador de temperatura do motor no painel;

Agradecimentos ao Glauber pelo relato.

Carro da semana, opinião de dono: Chevrolet Cobalt 1.8 LT 2013
Nota média 4 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email