Tecnologia

Diferenças entre tração integral e 4×4

Qual é a diferença entre 4×4 e tração integral?

Algumas pessoas questionam a diferença entre tração integral e 4×4. Em alguns modelos, existem designações da própria marca para cada sistema, enquanto outras simplesmente batizam ambos com o mesmo nome, confundindo ainda mais quem quer saber como funciona a tração nas quatro rodas.


Basicamente, a tração integral é a permanente, onde as rodas possuem tração o tempo todo, enquanto o 4×4 é apenas temporário. Neste último caso, geralmente a tração é traseira e o eixo dianteiro pode ser acionado para transpor terrenos difíceis, o que também pode incluir uma redução. Uma Chevrolet Trailblazer, por exemplo, é assim.

Diferentes tipos de 4×4

O 4×4 pode ser acionado pelo motorista ou ainda pode ser do tipo sob demanda, quando a força pode ser distribuída de forma eletrônica entre os eixos, por meio de acoplamento viscoso, variando assim a tração sem interferência do motorista, que em alguns casos pode ser tração 100% frontal ou até mesmo tração 100% traseira.

Apesar de o projeto ser de tração dianteira, o Suzuki S-Cross realiza a operação descrita acima, por exemplo, embora possa manter também um modo 4×2.


Diferenças entre tração integral e 4x4

Já no caso da tração integral, os eixos recebem força o tempo todo, variando a distribuição de torque de acordo com as características do piso, através de um diferencial central com embreagem de torque, que também compensa as rotações diferentes entre os eixos. O Ford Edge, por exemplo, usa esse sistema, que é batizado de AWD na marca americana.

Ford Edge AWD – ficha técnica

Mecânica
Motorização 3.5
Combustível Gasolina N/D
Potência (cv) 284 N/D
Torque (kgf.m) 34,6 N/D
Velocidade Máxima (km/h) 180 N/D
Tempo 0-100 (s) 9,5 N/D

Consumo cidade (km/l) 6,7 N/D
Consumo estrada (km/l) 9,5 N/D
Câmbio automática com modo manual de 6 marchas
Tração 4×4

Direção elétrica
Suspensão dianteira Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.
Suspensão traseira Suspensão tipo multibraço e traseira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.
Freios Quatro freios à disco com quatro discos ventilados.

Dimensões
Altura (mm) 1.744
Largura (mm) 1.934
Comprimento (mm) 4.782
Peso (Kg) 2.040
Tanque (L) 70
Entre-eixos (mm) 2.850
Porta-Malas (L) 912
Ocupantes 5

 

[Fonte: Revista Quatro Rodas]

Diferenças entre tração integral e 4×4
Nota média 4 de 1 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Luis LC

    Que explicação sem sentido. A rigor Tração Integral e 4X4 são a mesma coisa, ou seja a viatura tem habilidade em tracionar as 4 rodas ao mesmo tempo. O que muda são os sistemas de tracionamento que podem ser:
    1) Permanente (Full time)
    2) Sob demanda (On demand)
    3) Por seleção (Part time)
    Normalmente os offroads utilizam permanente ou part time enquanto sob demanda é mais utilizado em crossovers e carros de passeio, são sistemas mais leves e que permitem que a escolha de tração seja feita pelo próprio veiculo, economizam combustível e pneus. A tração permanente exige um diferencial tipo torsen que permite o 4×4 andar em pisos de grande aderência, tipo asfalto o tempo todo, o que torna o carro mais pesado.
    As montadoras usam a denominação que querem, simples assim, por exemplo a Honda chama o CRV (On demand) de 4WD e a Suzuki também chama o Grand Vitara (Full time) de 4WD, o Fusion (On demand) da Ford usa a nomenclatura AWD e os Subarus (Full time) também.
    Em tempo, tenho um S-cross e nas versões 4×4 (Allgrip) não existe a opção de condução em modo 4X2, a não ser que o carro queira, é um on demand associado ao controle de estabilidade que permite muitas combinações de trações (a exemplo do Renegade) mas sempre no 4×4, 4×2 só no asfalto, e na reta, a mercê do carro

    • Ainnem Agon

      Então, pra resumir, temos:
      – 4×4 ou Permanente de fábrica
      – 4×2 que vira 4×4 automaticamente, quando o carro precisa
      – 4×2 que vira 4×4 manualmente, quando o motorista seleciona

      • GPE

        Isso

      • Edson Fernandes

        E ainda o 4×4 com bloqueio de diferencial que tal recurso é usado para enfrentar situações pesadas de uso. Exemplo de carro: TR4.

    • Victor Hugo

      E seria interessante a matéria falar sobre o bloqueio de diferencial. Por que não é por que você tem um carro AWD, que ele será bom para a terra. Como no caso de um atolamento, se não existir o bloqueio do diferencial, você vai estar prejudicado do mesmo jeito. Recurso este, disponível para os 4×4 voltados ao Off Road.

      • Luis LC

        Sim, a tração será jogada pra frente e pra trás o tempo todo, se não bloquear e dividir a tração entre os eixos dificilmente sairá de situações simples de baixa aderância

      • Efulefante

        Só para acrescentar, existem outros recursos para simular um bloqueio de diferencial. O Toro, por exemplo, ao invés de bloquear o diferencial, simplesmente freia a roda que gira em falso e transfere o torque para a outra.

      • Daniel Bezerra

        Para atoleiros, um simples diferencial de escorregamento limitado ou um controle de tração resolvem na maioria dos casos. Bloqueio é mais para erosão. Situações onde pelo menos uma roda sai do chão, ou pior ainda, quando duas rodas perdem a tração e a grande maioria dos controles de tração não conseguem contornar.

      • Retrato do Papai

        verdade, tenho um carro 4×4 sem bloqueio de diferencial que atola fácil fácil, em certas situações uma roda de cada eixo gira livremente sem contato com o piso e as outras ficam estacionadas em contato com o piso…

        o carro em questão é este: https://i.ytimg.com/vi/dSE4v1GxPFA/maxresdefault.jpg

    • Alvaro Augusto Rocha

      Gostaria de saber como é o sistema 4wd do EcoSport, pois diz que ele fica tracionado todo o tempo, mas há um botão no painel que “liga” a tração quando o terreno é ruim mesmo.

      • Luis LC

        O Ecosport não sei ao certo mas provavelmente deve ser sob demanda e esse botão deve ser o lock que bloqueia o deslizamento multiviscoso entre os eixos dianteiro e traseiro quando se entra na terra, os crossovers sob demanda possuem esse controle senão quando entra na terra fica pior que um 4×2, rs

  • Franco da Silva

    Lembrei de um amigo que comprou uma Toyota com tração integral e depois não encontrou onde “desligar” a tração. Voltou no vendedor e descobriu que não havia essa opção. Em 6 meses, vendeu o negócio.

    • Luis LC

      Fala pra ele comprar a nova SW4,rs. Tiraram o diferencial torsen, agora a nova SW4 não roda mais em 4×4 no asfalto, tem que acionar quando entra na terra.

      • Darwin Luis Hardt

        pergunta: o carro com traçao integral vai automaticamente sempre beber mais do que se fosse 4×2 quando EU quisesse que fosse?

        • Luis LC

          Vai, o gasto de energia é maior pra tracionar as quatro rodas ao mesmo tempo, sem contar o aumento de atrito entre peças que distribuem essa tração entre as 4 rodas, mas o aumento não é nada assustador, acho que
          os ganhos em segurança podem compensar.

          • Darwin Luis Hardt

            dentre os SUVs de ano 2010 por aí eu sei que o CR-V, RAV4 e Subaru Forester são de tração integral. Saberia me dizer algum que pode ser ativado manualmente? Talvez o Grand Vitara?

            • Luis LC

              TR4, Pajero em geral, com exceção de Outlander e ASX. O Grand Vitara é permanente, anda sempre em 4X4, o que dá pra fazer é bloquear o diferencial e acionar a caixa reduzida. Mas esses que vc falou quando não for necessário eles andarão em 4×2 e sempre que o carro precisar aciona o 4×4 rapidamente.

              • Darwin Luis Hardt

                entendi, muito obrigado!

  • afonso200

    a CR-V 2011/11 4WD é o que o tempo todo usa o 4WD, ou só quando ele sente que esta sem aderencia.

  • Marcelo Ceno Dutra

    A pajero Full 2008 pra frente correto ?

  • Thiago Garcia de Lima

    Pra mim todo 4×4 deveria ser full time. Quem compra um Suv de +100.000 temer´s e se preocupa com consumo de pneus e 10%+de combustivel merece andar de 4×2.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email