*Destaque Governamental/Legal Matérias NA Segurança

Engate para carros é permitido?

Engate para carros é permitido?

Não é difícil circular pelas ruas e se deparar com uma quantidade considerável de automóveis equipados com engate de reboque traseiro (também conhecido como rabicho). Trata-se de um componente que não costuma equipar os carros de fábrica e que, na verdade, são instalados como acessório após a compra por boa parte dos proprietários. Muitos deles instalam o engate de reboque justamente para rebocar uma carretinha ou trailer, por exemplo, enquanto outros acabam tendo como ideia de que o engate é uma espécie de proteção para a traseira do carro.


Porém, você sabe qual a real função do engate de reboque, o que a lei diz sobre ele, os modelos disponíveis e também se tal equipamento realmente consegue proteger a traseira de um veículo contra impactos? Respondemos estas dúvidas logo abaixo. Confira:

O que é engate de reboque?

Antes de tudo, vamos dar uma breve explicação a respeito do engate de reboque. Trata-se de um equipamento instalado na parte inferior traseira do veículo que tem como principal função puxar carretinhas, reboques, trailer, entre outros. Com ele, o condutor consegue explorar a capacidade de carga do seu veículo para transportar motos, barcos e jet-skis, por exemplo, se tornando um equipamento bastante útil sobretudo em períodos de férias. Vai fazer aquela viagem ao redor do País ou do mundo? O engate também acaba sendo essencial para que você possa acoplar um trailer, conforme citado anteriormente.

No entanto, vale lembrar que você deve ficar sempre atento à capacidade de carga do seu carro. Afinal, nada adianta você ter em mente carregar um trailer enorme que pesa algumas toneladas em um carro com motorização inadequada e sem força o suficiente para estas condições. Você provavelmente terá dores de cabeça ao forçar o conjunto do veículo – pode ser até que ele nem saia do lugar.


Afinal, engate de reboque é permitido?

Sim, o engate de reboque é permitido por lei. Porém, como em quaisquer outros itens regulamentados, o engate de reboque tem suas limitações que devem ser cumpridas para não infringir a lei ou até mesmo “estragar” o seu carro.

Conforme a Resolução 197, de 25 de julho de 2006 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), os dispositivos de acoplamento mecânico para reboque (ou engate) deve ser utilizado somente em veículos com peso total bruto (PTB) de até 3.500 kg conduzidos, obviamente, por motoristas habilitados na categoria B, o que inclui os carros de passeio tradicionais e também picapes como Chevrolet S10 e Toyota Hilux. Já em carros com PTB de até 6.000 kg, é necessário que o motorista possua habilitação na categoria C, o que permite conduzir veículos como a picape RAM 2500.

O veículo deve possuir a capacidade de tracionar reboques declarada pelo fabricante ou importador – tal informação pode ser checada no manual do proprietário do automóvel. Fora isso, antes de adquirir um engate de reboque, você precisa verificar se o equipamento deve ser fabricado por uma empresa homologada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

O engate de reboque deve possuir instalação adequada para um determinado tipo de carro. Ou seja, você deve buscar por um modelo desenvolvido para o modelo do seu automóvel. Além disso, ele deve contar com esfera maciça para o engate (ou seja, nada de peças com formato diferentes, como um cavalo ou peça de xadrez), tomada elétrica, iluminação, área para fixação de corrente de segurança e plaqueta inviolável com o nome da fabricante, CNPJ, identificação do registro do Inmetro, referência à Resolução 197 do Contran, modelo do veículo ao qual se destina e capacidade máxima de tração.

É preciso também que o engate não possua qualquer superfície cortante ou cantos vivos na haste de fixação da esfera.

Engate para carros é permitido?

Quais os engates de reboque disponíveis?

Há uma série de modelos de engates de reboque à disposição dos consumidores no mercado brasileiro. O modelo mais simples, que dispõe somente dos recursos obrigatórios e de esfera em formato de bola com acabamento cromado, está disponível para praticamente todos os veículos que foram ou ainda são vendidos por aqui. Em lojas de peças e acessórios, tal recurso pode ser encontrado normalmente com preços entre R$ 250 e R$ 350 no caso de modelos para carros populares.

No entanto, algumas fabricantes vão além e oferecem versões mais “sofisticadas” do engate de reboque. A BMW, por exemplo, anunciou em janeiro deste ano um engate elétrico para os modelos da linha X5 e X6. Ele custa nada mais, nada menos que R$ 5 mil e é elétrico, podendo ser acionado ou recolhido ao toque de um botão, o que, segundo a marca, “assegura que ele permaneça recolhido evitando exposição e riscos de avarias, por exemplo”.

Engate protege o para-choque traseiro?

Você já deve ter presenciado uma conversa em que um caboclo diz ter instalado o engate de reboque simplesmente para proteger o para-choque traseiro contra impactos. É fato que, embora ele não tenha sido projetado para esta finalidade, o equipamento consegue sim proteger o para-choque do seu carro contra pequenas colisões, o que inclui leves batidas em manobras de estacionamento, por exemplo.

No entanto, ao mesmo tempo que ajuda, o engate de reboque pode ser um grande vilão. Por ser fixado diretamente no chassi do seu carro, ele pode contribuir para problemas ainda maiores em situações de colisão traseira. Neste caso, a força do impacto seria absorvida pelo para-choque e transferida diretamente para o engate, podendo causar danos graves, como trincas e torção do monobloco.

Engate para carros é permitido?

Engate mal instalado pode provocar multas?

Sim! Caso você esteja circulando com um veículo equipado com engate de reboque sem homologação do Inmetro e instalado de forma incorreta a ponto de comprometer a visibilidade da placa ou das lanternas do carro, poderá ser multado por um agente de trânsito, com infração de natureza grave, multa de R$ 195,23, cinco pontos na CNH e retenção do veículo para regularização.

Quanto à carretinha ou trailer, ele deve possuir placa e documento de licenciamento, além de para-choque traseiro, protetores das rodas traseiras, lanternas de posição traseiras na cor vermelha, lanternas de freio vermelhas, iluminação da placa traseira, indicadoras de direção traseiras na cor âmbar ou vermelha, pneus, lanternas delimitadoras, lanternas laterais e freios de estacionamento e de serviço com comandos independentes.

Posso utilizar engate de reboque em motos?

Saiba que as motocicletas também podem ser equipadas com engate de reboque traseiro. Para isso, ela deve ter motorização de pelos menos 120 cilindradas e com medidas de 2,15 metros de comprimento, 1,15 m de largura e 90 cm de altura. Além disso, o proprietário deve considerar a capacidade máxima de tração indicada pelo fabricante e contido no documento de licenciamento (CRLV). As carretinhas também devem ter documentação, placa, luz de freio e de direção, pneus, freio de estacionamento e sinais reflexivos na traseira e nas laterais.

Engate para carros é permitido?
Este texto lhe foi útil??

  • Fanjos

    Odeio engates, ficam tão elegantes quanto uma “bela” calha de chuva.

    • Jurandir Filho

      Coisa de peão, senão for pra usar, pra que instalar???

      • Rafaelprado

        Tinha no meu carro, usava para suporte de bicicletas…

        • Ricardo Santos

          Uso para o mesmo fim!

      • Schack Bauer

        Pra ferrar o carro dos outros. Coisa de “redneck” brasileiro mesmo.

    • ObservadorCWB

      Quando comprar seu Jet-ski, quadriciclo, lancha, hoverCraft, planador, trailer, vai mudar de ideia….kkkkkk A verdade é: instale se for usar, caso contrário, só prejuízo, inclusive estético.

      • Fanjos

        Nada contra quem usa para transporte, mas vc vê aqueles Uninhos capengas com motor Fiasa 1.0 com engate que vc sabe que aquilo não reboca nem um triciclo de plastico.

        • Leonardo Balieiro

          Rapaz… é esses aí que rebocam mesmo. Já vi uno 97 com carretinha de 3m cheia ferragem, acho que o cara trabalhava com reciclagem.

          • Fanjos

            Mas acho que nessa altura do campeonato o cara não esta mais se importando com a integridade do carro, se desmotar ele compra outro por milzinho sem documento kkkkkkk

            • Luis Burro

              É, troca por gaiola ou tv de tubo ainda…kkkkk..decada de 90 e suas pérolas.

          • Luis Burro

            Falar de carro velho é querer queimar a língua!
            Enqnto eu vejo carro novo e até 10 anos com no máximo 2 dentro,os de 30 e 20 anos atrás tão sempre cheios com o eixo traseiro no talo.

        • Yamaha Mt-09

          Se tiver com escada em cima ele reboca até foguete para a NASA.
          Reza a lenda que usaram um Uno Branco com escada e adesivo de firma para manobrar o Antonov quando veio no Brasil a ultima vez agora.

        • vicegag

          Nos Uninhos1.0 não é para rebocar, é para ser rebocado.
          Acho pura sacanagem estes reboques, já dei caneladas nesta desgraça, fora que é o símbolo do egoísmo brasileiro, pois muitos colocam para não baterem nele, mas já vi mais de uma vez pessoas dando ré e lascando o carro detrás, o meu mesmo teve a placa e grade entortadas.

        • Renato Duarte

          mas uninho faz milagres com um engate viu. Não sei o que a Fiat fez no projeto do uno mas tem como carregar muita coisa numa carretinha engatada num uno,,, pelo menos já vi demais aqui na minha cidade

        • Rafael

          Muitos usam para por o suporte de transportar bike

    • Luciano RC

      Eu tenho em todos os carros aqui… mas uso. As vezes reboco algumas coisas aqui… então preciso dele.

      • Fanjos

        Se reboca ok, é útil, é como borrachão de lateral de carro, não é bonito, mas quem mora em prédio como eu, ou coloca ou vai ficar com a porta cheia de amassados sem dó.

        • Luciano RC

          Exatamente… tem coisas que é necessário em algum momento. Por ex, eu preciso de câmera de ré… então todos os carros aqui de casa tem. Os que não vem de fábrica, preciso colocar. Hoje a HR-V e o Tracker tem, mas os carros da empresa tem tudo colocado depois com a tela no retrovisor.

        • Retrato do Papai

          meu carro atual veio com esse borrachão, mas nos para-choques dianteiro e traseiro, pensei em tirar mas fiquei com medo de ficar com marca de cola ou dar diferença na tonalidade da tinta… até que um belo dia parado no semáforo, em uma via levemente inclinada, um energúmeno em uma lata velha caindo aos pedaços deixou o carro descer e encostou no meu para-choque, ainda bem que o borrachão estava lá e evitou uns bons arranhões…

    • Cássio

      Eu tenho pois eu uso. Já me disseram que é fácil ver quem usa para engate e quem usa para enfeite: o engate que é usado está todo cheio de marcas, que provavelmente nem saem, fica feio (o meu está assim). Já os de enfeite estão sempre brilhando como um espelho.

    • Sidney Rufino

      Realmente. Muito cafona. A calha de chuva então…

    • zekinha71

      Tem uns fulanos aqui na firma que quando compram carro a primeira coisa que fazem é meter um engate e calha, um dia tirei um sarro e perguntei se vinha junto as franjinhas na parte de cima do para-brisa, a bola da haste de câmbio com o siri dentro, e a chupeta pendurada no espelho retrovisor.

    • Rafael Santos

      a calha de chuva serve para completar aqueles carros “completos – menos ar”

  • tech76

    É importante mencionar também que segundo o IIHS, dos EUA, o engate traseiro aumenta as chances de lesão no pescoço em colisões traseiras, por não deformar como deveria. Por isso o tipo recomendado é o removível, que só deve ser utilizado quando realmente for rebocar algo.

    • cepereira2006

      Importante esta informação. Deveria ser melhor divulgada.

    • Alexandre Antônio Scopel

      Não sabia que tinha removíveis

  • Antonio_Brust

    Na Europa o modelo de engate é muito interessante, ele possui um formato semelhante a uma vírgula. Era curioso ver um Audi rs4 com esse acessório.

  • leandro

    Moto com engate deveria ser proibido.

    • leomix leo

      Presenciei uma soltando o reboque, cheio de botijão de gás, foi do meu lado, tomei um susto e dei sorte que não veio para meu lado, bateu no canteiro central.

  • Leandro

    Acho maior furada instalar isso. Só conheço quem instalou para não arranhar o para choques, não para rebocar algo. Mal sabem eles que uma batida simples pode ferrar com o chassi do carro, por ter esse trambolho fixado nele.

    • Schack Bauer

      Maior furada mesmo, no nosso parachoque dianteiro…

  • A maioria usa engate para “se proteger” dos outros carros. E geralmente são exatamente esses motoristas que causam danos em outros carros.

    • Marcelo Alves

      A minha placa dianteira tem uns 3 amassados em formato redondo, é esse povo com engate que dá ré até encostar no carro dos outros quando estão estacionando.

      • Eu sempre evito de estacionar atrás de algum carro parado com engate. Logicamente não estou imune de sofrer com isso, já que o carro da frente pode mudar a qualquer momento enquanto eu estiver fora, mas evito ao máximo porque é isso mesmo que acontece.

  • Fafner

    Parabéns pela matéria, bem completa, elucidativa, didática.
    Sempre achei que a maioria dos engates que se vê por aí, não só eram inestéticos e “maldosos”, mas que também estavam fora da lei. Agora tenho a certeza.
    Se fosse apenas uma questão de gosto, bom ou mau, eu nem opinaria. Espero que esse modismo entre em vias de extinção, ficando apenas os engates destinados ao trabalho e dentro das normas vigentes.

  • Christian Balzano

    Eu uso com o suporte da THULE pra carregar bikes. Foi a melhor forma que encontrei. As barras no teto + bike deixa o carro com 3m de altura, se esquecer de tirar a bike pra entrar na garagem, ferrou.

    • Rafael

      Eu também instalei para essa finalidade. Quando eu não tinha, transportava dentro do carro com os bancos abaixados, mas depois de uma trilha e a bike cheia de terra e barro é de doer ocoração

      • Christian Balzano

        Exato, esse suporte é muito bom. Não compromete o porta-malas, consigo viajar com a família inteira e com as bikes juntas.

        Elas balançam um pouco, fiquei com medo no começo de despencar na estrada. Mas é normal e sempre deu certo.

        • Alexandre Maciel

          De fato o único “defeito” do suporte da Thule é o preço. Mas, honestamente, é de fato o suporte ideal, com lugar para placa, sinalização, tudo conforme a legislação. Parabéns pela excelente escolha.

    • Cássio

      Eu tenho o mesmo kit que o seu. O seu engate fica todo riscado, feio e sem brilho?

      • Christian Balzano

        Tem alguns riscados sim, mas tudo bem.

    • leomix leo

      Se for uma 29er é pior ainda, sem falar na hora de colocar e tirar a bike do teto, é um transtorno.

      • Christian Balzano

        Exato, a minha é 29.

        • leomix leo

          Aqui na Bahia, 25 anos atrás, eu e um amigo, gosto muito dele, começamos esse movimento MTB, tive um amigo do Rio Janeiro quem trouxe essa onda (esporte) é a galera viciou, eu sempre tive MTB, todas Trek e Specialized que vc imaginar 26er, aí veio essa onda de 29er, atualmente não posso gastar muito com bike, mais sempre procurando colocar peças tops, so meu quadro que é meia boca TSW AWE, mais uso relação GX Eagle, canote Coblat 11, mesa e guidão tsw de carbono, pé de vela Race face, rodas Mavick Crossride, com pneus Continental entubados. Tá pensando 8.710kg, pq tb tá de garfo Rigido, tirei a suapesusp Reba para fazer manutenção em São Paulo, MaxX bike, o cara é muito bom. Aqui na Bahia tem profissionais otimos, mais gosto de cultivar as amizades dos antigos campeonatos e tal. Aqui tem uma onda de varios grupos, mais sempre rodo sozinho, gosto de cair na mata e contemplar mãe natureza(não utilizo erva ou drogas ilícitas). Depois dele o surf é minha outra paixão, uma pena aqui em Ssa o mar está tão sujo, tenho que me deslocar para o litoral norte para poder achar uma praia limpa e sem muvuca.

  • Lucas086

    Sempre usei por ter quadriciclo, mas acho feio, interessante que o Uno sporting 15 não tem engate homologado, deve ser pelo escape no meio, quando comprei rodei tudo, rodei e nada, como em casa tem outros carros, ai de boa, mas é meio interessante isso, pq tive um amigo que teve veloster e o engate ficava por baixo da saida do escape e no Uno não é possível.

  • Luis Burro

    Estes engates tem um sério problema de evitar oscilações laterais durante o rodar.É só dar uma olhada no YouTube e ver qntos casos deste ocorrem,e dificil ver qm consegiu perceber e parar antes de perder o controle do veículo.
    Não tem como projetar algo q ofereça uma superfície maior de ancoragem mas q possibilite articulação?

  • zekinha71

    Engate protege o para-choque?
    Sim, o para-choque fica lá bonitinho, em compensação por baixo do carro fica tudo ferrado, mas o que importa é a pintura do para-choque estar lindinha.

  • Otavio Barros

    uso para transportar bicicletas

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email