Matérias NA Segurança Trânsito

Luz de posição: o que é, como usar?

Luz de posição: o que é, como usar?

Todos os carros, mesmo aqueles mais antigos, portam em seu conjunto ótico um dispositivo de baixa luminosidade, conhecido como luz de posição. Trata-se de um auxílio para indicação da presença do automóvel e não deve ser utilizado de forma ampla, já que o veículo dispõe de farol de facho baixo e farol alto.


Além disso, também não serve como indicador de direção e muito menos como luz de ré. Mas, o que é e como se utiliza a luz de posição? É isso que veremos neste artigo, que trata dessa importante parte da iluminação de um automóvel e que muita gente não sabe para que serve e muito menos como usar.

Luz de posição: o que é, como usar?

Luz de posição: o que é, como usar?


Também conhecida como lanterna ou mesmo farolete, a luz de posição é um dispositivo de baixa iluminação que está presente em todos os carros. Sua função é tornar o carro visível para outros motoristas e também para pedestres, especialmente durante manobras ou estacionamento. Utiliza-se geralmente lâmpadas comuns de baixa potência.

A luz de posição é um indicador da presença do veículo e está posicionado na frente do veículo, seja dentro do corpo dos faróis ou em lentes separadas, que assim deve ser sinalizado com o carro parado momentaneamente à noite com motor ligado para embarque ou desembarque de passageiros, bem como para carga ou descarga de mercadorias.

Em espaços reduzidos, como estacionamentos, por exemplo, o motorista deve ligar as luzes de posição para efetuar a movimentação do veículo, especialmente se o local não tiver iluminação, mas mesmo com esta, a luz de posição ajudará ao pedestre ou terceiro ao volante, visualizar que o veículo está manobrando.

Outro uso para a luz de posição é o fator climático, podendo ser usado sob chuva e também com neblina, auxiliando na visualização do carro por parte de outros condutores. Deve-se lembrar que o uso do farol baixo nessas condições é recomendado. Entretanto, a luz de posição fica acesa em alguns carros, mesmo com este facho mais forte acionado, como é o caso do Honda Fit antigo, por exemplo.

Além da presença, a luz de posição indica a largura do veículo na via. Durante o dia, na cidade, recomenda-se seu uso, especialmente em dias de clima ruim. Deve-se, no entanto, mudar para farol baixo em túneis e durante a noite, assim como seu uso obrigatório na estrada, conforme lei federal determina.

Luz de posição: ajuda também dentro do carro

Luz de posição: o que é, como usar?

Em alguns carros, o uso da luz de posição permite que o veículo tenha o painel iluminado, assim como outros itens. Se este for geralmente difícil de enxergar, especialmente sob luz forte, o acionamento dessa lanterna permite que a instrumentação fique mais visível com sua iluminação igualmente ativada.

Não se deve, no entanto, usar a luz de posição como lanterna de neblina, sendo que está tem sua própria função em alguns carros que a dispõe. Caso não tenha, não há como usar essa luz auxiliar nessa condição. Também ela não substitui um DRL ou luz de circulação diurna, tão famoso ultimamente. Este pode ser de LED ou lâmpada e pode ser usado na estrada no lugar do farol baixo.

A luz de posição, reforçando, não pode ser usada como farol baixo e nem para cumprir as funções do restante do conjunto ótico. O motivo é que a lâmpada da lanterna dianteira, digamos assim, é muito fraca, tendo apenas 5 watts. Com apenas isso, ela permite ser visualizada há somente alguns poucos metros do carro e nada mais.

A assinatura visual em LED é outro recurso que não deve ser utilizado no lugar da luz de posição em sua função ou vice-versa. Esta é meramente estética e não cumpre a função de visualização do veículo.

Luz de posição: preste atenção em seu uso correto

Luz de posição: o que é, como usar?

Para quem esteja pensando em ampliar a potência da luz de posição, o Artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro, proíbe qualquer alteração na iluminação original do veículo, o que gera multa de R$ 195,23 e cinco pontos na CNH, fora a retenção do carro para correção das alterações.

Além disso, o uso incorreto da lanterna, como na estrada ou em túneis, por exemplo, acarreta em multa de R$ 130,16 e mais quatro pontos na CNH. Ou seja, utilize a luz de posição somente no que sua função assim o determina, deixando assim o veículo visível durante o dia na cidade e em locais restritos, bem como parado em vagas na via.

Luz de posição: o que é, como usar?
Nota média 4.2 de 5 votos

  • Louis

    “a luz de posição fica acesa em alguns carros, mesmo com este facho mais forte acionado, como é o caso do Honda Fit antigo” Acho que em todos os carros, quando se acende os faróis baixos, a luz de posição fica acesa junto…
    Uma coisa que eu vejo muito é dono de carro com luz de posição em Led achando que é DRL…(ex.Argo, Onix, algumas Toro, Corolla GLi)

    • MKB

      Se não me engano o led da Toro é sim considerado DRL. Os demais estão corretos. são apenas luz de posição em led.

      • Mayck Colares

        A toro realmente depende da versão. Tem versões q ela já ascende ao ligar o carro de forma intensa como drl e nas versões básicas ascende só por comando e só como luz de posição como explicado no texto

      • Louis

        Só da Toro topo de linha que é DRL. Das demais, é só um Led fraquinho.

    • Leonardo C.

      208 também viu, depois da cagada que a Peugeot fez em tirar o DRL e manter uma assinatura em LED apenas. Meu C3 tem DRL e é ótimo.

    • Luis Burro

      Vdd,pq sempre percebo um facho de luz ñ muito volumoso vindo de outra parte do farol q ñ do faixo baixo ou alto,até queria saber o q era e até q enfim pude responder esta questão!

    • heliofig

      Fica aceso em todos os carros, exceto nos antigos (do tipo Rural Willys)

    • Cássio

      Rapaz, quando eu achava que tava entendendo, percebo que não manjo nada mesmo. DRL em LED não é luz de posição?

      • Louis

        Luz de posição são chamados os “faroletes”, “lanterna”, aquele fraquinho que desde os carros antigos já tinham.

        • Cássio

          Mas eu achava que o DRL era um substituto às lanternas.

          • Louis

            DRL é aquela luz forte, para ser usada de dia, que substitui o farol baixo na obrigatoriedade das estradas. Acende automaticamente ao andar com o carro.

            • Cássio

              Mas então, se o DRL já tem uma certa luminosidade e fica ligado direto, para que serve então a lanterna de posição nos carros novos?
              Por exemplo, o Fit tem a DRL que acende ao ligar o carro. Quando se acende os faróis, a DRL se apaga e acende as lanternas de posição. Por isso que eu achava que a DRL veio para substituir a lanterna de posição, além de cumprir a obrigatoriedade do farol baixo nas estradas durante o dia.

              • Louis

                Eu também quase não vejo utilidade na luz de posição hoje em dia.
                Meu carro por exemplo, veio com luz de posição em Led (que é mais caro), e acho que só serve como “enfeite”, pois de dia o DRL está aceso, e de noite o farol acende, tudo automaticamente.

  • Daniel Kamimura

    O do New Fiesta Sedan é Âmbar, e já tive diversos problemas com Policiais de Trânsito aqui em São Paulo… Um me acusou de ter feito uma gambiarra para ficar assim… Sorte que o outro policial mais informado falou para o que me acusava de que era original… Pois se não eu teria de resolver o problema no patio… O do Fusion, Sentra, Captiva são assim…

    • Antonio Sergio

      É verdade. Geralmente isso acontece com carros de origem americana. Os carros americanos ainda utilizam lanternas de posição dianteiras âmbar da mesma forma que ainda utilizam luzes de indicadoras de direção (piscas) na cor vermelha na traseira. Acho que só os americanos ainda utilizam esse esquema.

    • Bruno Alves

      Que por sinal eu acho lindas, dão um charme a mais no carro esse padrão americano.

      • Daniel Kamimura

        Eu também acho! Os piscas traseiros em vermelho na minha opinião também dão um charme… Mas o que tem de motorista que não entende… Diversas vezes vou entrar em algum lugar, o cara tá colado xinga, ou pergunta se não tem seta… KKKKKKKK

        • MaurícioVSP

          O pior é que estes carros americanos (pelo menos o Fusion é assim) têm a lanterna toda como seta ou luz de freio, ao acionar a seta para a direita, por exemplo e o freio, a direita pisca e a esquerda fica acesa. Tivemos um carro assim, mas era um Corcel 1975… acho que já tá mais do que na hora de atualizarem isso, né? Mas existem outras bizarrices, Alguns carros da Mitsubishi e o Suzuki Jimny, apesar de terem lanternas grandes, acendem o freio no para choque, deveriam ser luzes de neblina e não luzes de freio. Ah! Alerta aos motoristas, luz de neblina é para usar em NEBLINA, quando deixam acesas as traseiras acabam cegando quem está atrás, são tão ou mais fortes que a luz de freio! E as dianteiras também, somente com neblina! Apesar de estarem embaixo, também causam um certo ofuscamento.

          • Antonio Sergio

            Deveriam avisar também aos proprietários de carros com DRL não é farol, por mais brilhantes que sejam Durante a noite é para serem usados os faróis principais, até porque, se não forem ligados, as lanternas traseiras ficam apagadas.

      • Cássio

        Acho lindas as lanternas âmbar que ficam acesas no para-lamas do Civic. Bem ao estilo americano.

  • heliofig

    A luz de posição não deve ser usada sob chuva ou neblina. O correto é o farol baixo.
    Pelo CTB, o farol baixo é de uso obrigatório em condições de baixa luminosidade (noite, neblina, chuva, fumaça…)
    Na prática, uma luzinha de meia-luz sob chuva e nada são a mesma coisa!

    • leomix leo

      Exatamente, fica até sem nexo o cara debaixo de uma chuva torrencial andar com o farolete aceso. Ninguém verá o veículo e ficará passivo de se envolver em acidente.

  • Navaman

    Serve, sobretudo, para indicar a presença do carro quando estacionado, em locais de baixa luminosidade. O baixo consumo poupa a bateria.
    Já tive alguns carros que, com o carro desligado, ao se acionar a seta ligam-se as luzes de posição do respectivo lado. Lembro do Polo e do Golf. Parece que em alguns países se deve acendê-la em algumas situações, quando estacionado, pelo lado do tráfego.

  • Heleno

    Sem problemas com a luz de posição, oque me causa muita raiva é o uso indevido da lanterna traseira de neblina. Alguns carros, tenho a impressão que essa lanterna é mais forte que a luz de freio.

    • Cássio

      Mas que mania do brasileiro de acender a luz de neblina.
      Até no meu carro eu simplesmente não ligo o farol de neblina à noite, deixando apenas o farol baixo, para não ficar gastando o farol à toa.

  • Lukoh

    Tem motorista que nao acende mais sequer a luz de posição, pq o painel de led fica aceso direto e quando escurece ele nao percebe que está rodando com o farol apagado.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email