Manutenção Matérias NA Pickups Renault

Renault Oroch – defeitos e problemas

Renault Oroch - defeitos e problemas

A Renault Oroch é uma picape leve derivada do utilitário esportivo Duster.


Trata-se de um projeto brasileiro, visto que a romena Dacia só havia desenvolvido uma picape de trabalho do Logan e conversões de duas gerações do referido SUV em parceria com a fabricante de ônibus Romturingia. Mas, será que este veículo tem muitos defeitos e problemas?

A Renault Oroch surgiu da necessidade da marca francesa de ter uma picape leve. Anteriormente, a empresa desistiu de trazer ao mercado a Logan Pickup da Dacia, alegando que faltava apelo esportivo ao produto. Com cabine dupla, ela tem 4,700 m de comprimento, 1,822 m de largura, 1,694 m de altura e 2,829 m de entre eixos.

Compartilhando com o Duster sua mecânica, a Renault Oroch vem com motores 1.6 SCe com 118 cavalos na gasolina e 120 cavalos no etanol, assim como o vetusto F4R 2.0 Flex com 143 cavalos na gasolina e 148 cavalos no etanol.


Este motor da Renault Oroch tem opção de câmbio automático de quatro marchas, além do manual de seis marchas. No 1.6, apenas manual com cinco velocidades.

A tração é somente dianteira, embora uma versão 4×4 seja vendida nos países vizinhos onde, aliás, é fabricada também na Colômbia, além do Brasil. Mas, o que os clientes andam reclamando?

Entre defeitos e problemas da Renault Oroch, os proprietários mais reclamam de entrada de água na capota, marcação irregular de combustível e nível de óleo do motor muito baixo.

Renault Oroch – defeitos e problemas

Renault Oroch - defeitos e problemas

Os proprietários da Renault Oroch reclamam bastante da capota marítima oferecida pela marca francesa.

A picape leve de cabine dupla oferece o acessório em algumas versões e este é um item muito apreciado por donos de picapes, já que tem a missão de impedir o ingresso de água dentro do compartimento da caçamba.

Vários relatos dão conta de que, mesmo com a capota marítima devidamente fechada e travada, há entrada de água no compartimento, comprometendo o transporte de cargas sensíveis ou bagagens pessoais. Alguns reclamam que para viajar, o acessório da Renault Oroch não ajuda a evitar que os itens levados acabem molhando.

O problema apontado na Oroch não é exclusivo dela. Praticamente todas as picapes, em especial as médias, que trazem de fábrica a capota marítima, permitem a entrada de água na caçamba de carga, sem esta revestida ou não.

Modelos como a Fiat Toro, por exemplo, possuem até drenos para que a água passe pelo compartimento e seja lançada sob o veículo, mas não adianta. A caçamba de carga é outra fonte de entrada de água.

Medindo errado

Renault Oroch - defeitos e problemas

O marcador de combustível da Renault Oroch está entre os defeitos e problemas mais comuns no modelo. As reclamações são variadas e quase sempre resolvido no revendedor. Alguns apontam o erro na medição ao fato da chave estar no contado da ignição na hora do abastecimento.

Nesse caso, mesmo com o carro desligado, o medidor apontaria erro na leitura. Um proprietário disse ainda que, mesmo após o reset do sistema, o problema continuou. Nenhuma solução definitiva foi apontada pelos donos. Então, na hora de abastecer, é bom fazer a média de consumo para evitar ficar na rua com pane seca.

O óleo sumiu

Renault Oroch - defeitos e problemas

Este problema é bem conhecido em alguns modelos e marcas no Brasil, o nível de óleo abaixo do mínimo entre as revisões. O defeito é um dos mais graves e que preocupa enormemente os proprietários da Renault Oroch que relatam o ocorrido, lembrando que não existe um recall para este e outros casos do tipo.

A variação de quilometragem e nível é bem grande, podendo o nível estar abaixo do normal desde 2.500 km até quilometragem bem mais alta. Alguns dos donos de Renault Oroch dizem que as reclamações na internet são grandes.

Vários procuraram a rede Renault e as soluções são diversas, indo desde a troca da vareta (por uma maior), substituição da tampa de válvulas e sua junta, assim como até a troca completa do propulsor, relatado por alguns.

Acontece que as revisões ocorrem a cada 10.000 km e antes mesmo de 5.000 km, em geral, o nível já está no mínimo ou abaixo disso, o que deixa os clientes perturbados, já que o temor de um travamento é alto.

Os relatos falam que as oficinais autorizadas efetuam um complemento no nível de óleo. Fala-se que o consumo médio é de 800 ml a cada 1.000 km. O caso do baixo nível de lubrificante no motor da Renault, inclusive no 1.0 SCe, já vcirou matéria até em revistas especializadas do setor automotivo.

Os depoimentos falam que não há queima de óleo, nem mesmo existe vazamento. Entretanto, o lubrificante simplesmente vai sumindo conforme a quilometragem vai subindo.

Na rede Renault, a média é de um litro para cada 3.000 km, segundo relatos, o que significa que em 10.000 km, mais de três litros terão sido consumidos.

Também se comenta que a vareta de fábrica era menor que a apropriada para o motor. Alguns relatam falta da peça na rede.

Nos casos de troca do motor, outro problema surge, a documentação. Como o número de chassi do veículo vai impresso no bloco do propulsor também, o CRLV precisa ser alterado para constar a mudança de motor com a numeração do novo.

A conta tem de ser custeada pela Renault ou concessionário, mas o processo burocrático e por outros motivos, demora demais. Por isso, a recomendação é sempre estar atento ao nível do óleo lubrificante e completa-lo.

Por ora, muitos ainda se questionam como pode o lubrificante do motor “desaparecer” durante o funcionamento, em especial das unidades mais novas, com pouca quilometragem. A Renault oficialmente não fez um recall sobre o assunto e as soluções encontradas pelas oficinas seguem ordens de serviço emitidas pelo fabricante.

Outros defeitos e problemas

Renault Oroch - defeitos e problemas

A Renault Oroch também tem algumas reclamações relativas ao ar-condicionado. Entre os defeitos e problemas da picape cabine dupla, o sistema de climatização é fonte de queixa por falhas no funcionamento. Em determinadas situações, segundo relatos, o dispositivo simplesmente desliga.

Alguns dizem que em subidas ele para de gelar ou no trânsito pesado. No modo Eco, ele fica ligando e desligando, embora alguns digam que até fora dessa opção ele parece fraco. Uns casos foram resolvidos na concessionária e outros simplesmente voltaram a funcionar normalmente.

Fora o ar-condicionado, também existem reclamações quanto à entrada de poeira no habitáculo. Alguns donos de Renault Oroch dizem que a sujeira se acumula nas portas depois de uma viagem por estradas de terra.

Outros falam que o retrovisores dá acesso ao ambiente, enquanto noutros, a poeira entra por uma abertura atrás do banco traseiro. Alguns donos também reclamam do ruído do suporte do cinto de segurança.

Mas, há quem reclame também de barulhos na suspensão dianteira.

Nesse caso, uma observação importante é que a Renault emitiu um recall da Oroch para substituição dos parafusos da suspensão e do suporte do motor.

Esse recall contempla unidades da Renault Oroch feitos entre 3 de agosto de 2016 e 29 de novembro de 2016, tendo sido iniciado em fevereiro de 2017.

Apesar da chamada para substituição da mangueira de baixa pressão da direção hidráulica para veículos feitos entre 29 de julho e 24 de agosto de 2016, iniciado em novembro de 2017, não encontramos relatos de problemas ou defeitos com este sistema.

Reclamações

Fora os defeitos e problemas relatados, a Renault Oroch acumula muitas reclamações em relação ao acabamento interno, considerado simples demais para um carro de mais de R$ 80.000.  O isolamento acústico também é criticado, assim como a alavanca de câmbio, cujo trabulador é descrito como de difícil engate e impreciso.

O desempenho da versão 1.6 da mesma forma gera queixas, onde alguns donos dizem que a Renault Oroch – mesmo vazia – não consegue subir com desenvoltura planos bem íngremes presentes em muitas cidades, alguns criticam o desempenho com pouca carga na caçamba.

Lançada em 2015, a picape leve Renault Oroch ainda é relativamente nova e a quantidade de relatos na internet dando conta de que o veículo não apresentava defeitos ou problemas é considerável.

Alguns elogiam o consumo da versão 1.6 com gasolina, outros criticam o mesmo com etanol, especial no 2.0.

A robustez mecânica também é apontada como ponto positivo para alguns, assim como espaço interno e também o conjunto de suspensão.

Outros falam mal da multimídia, especialmente do GPS e da falta de Google Android Auto, em especial, devido ao uso deste com Google Maps e Waze.

Existem aqueles que apreciam o visual diferente e descolado da Oroch, algo que a Renault se preocupou em relação à antiga Logan Pickup, que era bem simples e para o trabalho.

O atendimento nas revendas, no entanto, é outra fonte de reclamações dos clientes da picape.

 

Renault Oroch – defeitos e problemas
Nota média 5 de 6 votos

  • Elizangela Oliveira

    O problema do consumo excessivo de óleo não ocorre apenas no 1.6?

    • TchauQueridos

      O 1.0 SCE consome mais óleo do que combustível heheh

    • Nicolas

      Problema é compra um carro tão feio como este.

  • Ricardo

    Poderiam colocar porcentagens de quantos carros apresentaram problemas, para não parecer que todos os carros são umas porcarias, se for levar em consideração essas publicações no NA, não há nenhum carro que preste.

    • Yuri Lima

      Verdade. Quando vc lê uma publicação dessa, chega desanima com o carro em questão.
      E pode ser qualquer veículo.

      • Ricardo

        Com todos em questão! Hehe. Parece que nenhum carro no Brasil presta!

        • Vitor

          Acho que não tá muuuito longe disso não.

          • Ricardo

            Não é para tanto, mas de problemas básicos, como ruídos, quase nenhum carro se escapa!

    • Rodrigo Martins

      Tem razão.
      Temos uma Oroch 2.0 manual aqui. O carro é muito bom. O isolamento acústico é muito melhor do que o outro carro aqui (um Versa), apesar de as longarinas no teto causarem algum barulho ao vento, a certa velocidade. A montagem é bem melhor também (sem qualquer plástico solto, mesmo sendo mais de 1 ano mais velha que o outro carro, que já sofre de barulheira – e olha que nos primeiros 2 anos do carro, foi usado também para trabalho). A suspensão multilink é muito boa também, só elogios.
      O único problema que tivemos foi com a fechadura da caçamba, que cedeu e não trancava mais a porta, logo nos primeiros dias. CSS agiu rapidinho, foi trocada. Depois disso, só as revisões periódicas, que sempre ocorrem como esperado, nos preços divulgados e sem empurroterapia.
      Apesar da simplicidade, acho um carro bem honesto.

  • Domenico Monteleone

    Um grande defeito desse carro para mim é o visual…e o câmbio at de 4 marchas…

    • Felipe Rocha de Assis

      E a interna? Não dá..

      • Caulazaro

        Interior de toda a família… Sandero, Logan, Duster e Oroch, não dá.

  • CanalhaRS

    Para quem gosta de se incomodar, baita compra…

  • Yuri Lima

    A reclamação da entrada de água na caçamba é comum a TODAS as picapes.
    Na verdade, é um veículo de carga que o consumidor (em grande parte) converteu em uso como se fosse um sedan.

  • FearWRX

    visual descolado kk carro feio da disgrama

  • Piston head

    O console central parece o porteiro do castelo Ra Tim Bum.

    • Unknown

      Kkkkkkk. Verdade!

    • Vitor

      Nunca li um comentário tão verdadeiro huehuehuehuehuehuehuehuehuehe

    • CanalhaRS

      Hahahaha….

    • El Gato!

      Tive que dar um Google para procurar o tal porteiro…
      Valeu a pena.
      Hahahaha!

    • Rogério R P Jessy

      kkkkkkk pode crê

    • klaus

      mitou!

    • el punidor

      Seu comentário é melhor que essa porcaria de reportagem inteira, que não tem profundidade nenhuma!!

    • Mr. Pennybags

      kkkkkk nostalgia brabaaaaa!

  • Gabriel

    Fora o ultra moderno cambio AT4 e uns 9mil defeitos é uma boa pickup, podem confiar…

  • Junoba

    Um parente meu comprou trocou um Fluence pela Oroch 2.0 Aut ( 0km ), não gostou do carro, ficou apenas 2 dias, devolveu pra CSS, acabou levando outro Fluence pra casa.

    • Diego G. de Lima

      Nem sabia que tinha essa possibilidade de arrependimento.

      • victorhugopc

        vantagens de comprar à prestação… vc tá devendo e não vai pagar…
        escolhe outro carro mais caro e vai pagar… os vendedores dão um jeitinho… kkk

      • Junoba

        Mas ele não teve´´possibilidade de arrependimento´´. Ele acabou revendendo o carro pra CSS, teve 15k de prejuízo, fiquei com pena dele… Mas o cara tem grana, só que eu no lugar delenão faria isso…

  • Joãozinho

    Tô à procura de uma 2.0 AT-4 usada pra ir pro sítio.
    É baratinha de pegar usada, desvaloriza pacas.

  • Carlos Sá

    “não consegue subir com desenvoltura planos bem íngremes”.
    Como assim? É por que não tem ondulações?
    Ou é um plano, ou é um aclive?

  • Alvarenga

    Capota maritima nunca foi solução para bagagem em pickup, alem do ruido quando ela flexiona com o vento. Tem que por uma daquelas horriveis tampas de fibra com fechadura.

  • Diego G. de Lima

    Viajei pra Fortaleza e aluguei um Gol, não tinha, e eles me deram um Oroch na faixa. O carro tava com 3000km, cheiro de novo, e fiquei positivamente impressionado. Mas é apertado, e bebe gasolina que Deus me defenda, 8km na rodovia. Não achei o acabamento interno ruim não e com o ar no 3 ficava sussa, não sentia calor.
    Compraria? Não!
    Bebe demais.

    • Carro novo bebe demais. E de locadora, certeza que era etanol.

  • Deivid

    Esse carro é o sovietismo em um automóvel. Parece que foi diagramado à facão na URSS.

    • Jr

      Tem gene da Dacia romena, acho que isso diz tudo

  • rgrigio

    Vou compartilhar minha experiência pois tenho uma a um ano e já usei para basicamente tudo.
    Estou com uma 18/18 (comprada em março) 1.6 SCE Express (versão p/ produtor rural). Por sorte até agora não fui premiado com nenhum dos problemas relatados.

    A reclamação do óleo é somente na 1.6SCE. A 1.6 antiga e a 2.0 não estão envolvidas… Realmente não há um consenso sobre o que gera a baixa do óleo… Eu mesmo fiquei MUITO preocupado, mas a minha está com 12.000km e chegou aos 10.000 sem precisar completar nada de óleo, assim como qualquer carro deve ser.

    O pessoal nos grupos realmente descem a lenha no marcador de combustível… Ainda não percebi nada de errado… Somente que ele indica a reserva quando ainda há 10L de combustível no tanque, o que pelo consumo (6-9km/L no E100) é apropriado.

    A minha não entra nada de pó (ao contrário do meu Voyage “G6”) e o motor se comporta como se espera de um 1,6L de 120cv/16kgfm em um carro de quase 1.300kg. É só saber usar o câmbio (que é relativamente longo) e lembrar que, embora tenha variador no comando de admissão, é um motor pequeno 16v, pede giros mais altos.

    Suspensão realmente é o ponto forte, MUITO confortável com a multilink traseira.

    Trambulador realmente… comparado com os Volkswagen por exemplo, é muito ruinzinho, mas melhor que os FIAT.

    Isolamento acústico é bom em relação ao motor/câmbio/suspensão/carga. Mas há barulho de vento em altas velocidades, melhor investir em bom sistema de som.

    Acabamento é de Sandeiro mesmo, não tem como defender (ainda mais na express).

    Visual é subjetivo… Eu mesmo acho a traseira feia, mas quando fui comprar as opções que cabiam no meu orçamento era Oroch Express ou Saveiro CD ou Strada CD. Embora as pequenas viessem com uns mimos (rádio integrado e CB), preferi pegar a pick-up maior, até por já ter experiência com as menores. Agora já coloquei CMM + CRé junto com um som interno de qualidade (tudo no ML e por uma pechincha).
    Tentei a sorte… vamos ver o que vai acontecer…

    Ah, e as 2.0 AUT desvalorizam horrores, boa compra de “semi novo”.

  • Marcus Vinicius

    Vamos ver se a futura versão diesel da oroch com tração 4×4 que deve estar disponível na argentina e na colômbia , terá ou têm consumo excessivo de óleo

  • Lucas

    Caramba, o cara escreveu com os pés o texto. Nenhum dado, infinitas incertezas (alguns sim, alguns não, apresenta esse problema mas todas as outras também apresentam, dizem que não funciona mas daí volta a funcionar sozinho, etc)…
    Amadorismo total na redação do texto, independente dos defeitos.

  • Lucas

    Caramba, o cara escreveu com os pés o texto. Nenhum dado, infinitas incertezas (alguns sim, alguns não, apresenta esse problema mas todas as outras também apresentam, dizem que não funciona mas daí volta a funcionar sozinho, alguns alguns alguns, etc)…
    Amadorismo total na redação do texto, independente dos defeitos.
    NA, precisam filtrar melhor esse tipo de coisa, vocês têm muita responsabilidade, influenciam o comportamento das pessoas!

    • el punidor

      O NA tem sim, desde sempre, entre os sites mais visitados, o pior nível de escrita incluindo frases incompletas, erros de digitação , enorme quantidade de erros técnicos, além de matérias sem profundidade nenhuma, como esta. Querem escrever matérias demais sem condição para isso. Prefiro mais qualidade e profundidade , com diminuição na quantidade se preciso. Sempre aviso sobre erros mas não dão bola. Outro dia disseram que o filtro DPF, que filtra particulados resultantes da queima do combustível nos veículos diesel, entope ao rodar em estradas empoeiradas (!!!), fiquei abismado….ou que a capacidade máxima de tração das picapes médias no Brasil é de 1500 kg (com certeza chutaram isso baseados na capacidade da maioria dos engates de baixa qualidade a venda, quase sempre até 1500 kg ) sendo q a de uma nova sS10 diesel é de 4800 kg, é de assustar a incompetência e desconhecimento dos “redatores”!!

  • afonso200

    e qual é o dono que nao sabe olhar o nivel de oleo, todo dia eu olho dos meu s carros aqui

    • el punidor

      Incontáveis Afonso, incontáveis!!

    • invalid_pilot

      Diria que a maioria

    • leomix leo

      90% não olha, pode ter certeza, água e óleo são essenciais para a vida do motor a combustão(arrefecido a líquido é claro)

  • el punidor

    Ser a Picape que a família Adams escolheria (pela feiúra) agora é ter visual descolado, NA? É a picape mais feia a venda, pau a pau com a nova L200!! Uma Strada é até agradável perto disso!!

  • leomix leo

    Se até a venerada Hilux entra poeira e molha a carga pq ela não?!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email