Fiat História Pickups

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta ‘aventureira’ da Fiat

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat
Strada Adventure

A Fiat Strada é, atualmente, o utilitário que registra o maior volume de vendas todos os meses no mercado brasileiro. A picape de porte compacta chega a vender o dobro em relação à sua concorrente, a Volkswagen Saveiro. E boa parte das vendas se deve a Fiat Strada Adventure.

O modelo Adventure, como o próprio nome indica, se posiciona como uma opção mais “aventureira” da linha.


Ele se diferencia por uma série de adereços visuais exclusivos, além de decoração diferenciada no interior, suspensão elevada, rodas de liga-leve calçadas com pneus de uso misto e até um sistema de bloqueio eletrônico do diferencial para ajudar a picape a enfrentar trechos mais acidentados.

E apesar de muitos achar exagerado, o visual mais robusto da Fiat Strada Adventure agradou boa parte dos consumidores da picapinha. Não é muito difícil sair nas ruas e se deparar com um exemplar do utilitário com plástico preto por todos os lados.

A primeira Fiat Strada Adventure chegou ao mercado em 2001, como parte da primeira reestilização da picape – aplicada também nos demais modelos da família Palio.


O novo visual foi assinado por Giorgetto Giugiaro e caiu muito bem ao utilitário compacto da empresa.

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat
Fiat Strada 2002 – primeira versão do modelo

E o modelo se mantém em linha até hoje. Durante esses longos 17 anos, a versão Adventure da Fiat Strada já passou por nada mais, nada menos que quatro reestilizações e foi ofertada com três motorizações 1.6 ou 1.8 litro, três opções de carroceria, duas opções de transmissão, entre outros.

A Strada Adventure faz tanto sucesso e é tão “mimada” pela Fiat que é inclusive a primeira versão da gama da picape a receber as novidades na maioria das vezes.

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat

No ano de 2009, por exemplo, a Fiat Strada Adventure foi a primeira picape de porte compacto a dispor de opção da cabine dupla com capacidade para acomodar até quatro pessoas em seu habitáculo.

Logo em seguida a Fiat Strada Cabine Dupla teve sua gama ampliada com outras versões de acabamento e motorizações. Em outubro de 2013, o modelo recebeu uma terceira porta, também inédita na categoria.

Já em 2011, o modelo se posicionou como o único da linha do utilitário a contar com a opção de transmissão automatizada Dualogic. Com isso, a Fiat passou a atender aquele público que costuma utilizar a Strada como carro de passeio e buscava por um câmbio que aliviasse o pé esquerdo.

A concorrência também oferece versões aventureiras de suas picapes. A Saveiro Cross é um bom exemplo disso.

O modelo da Volkswagen chegou ao mercado bem depois da Strada, somente em 2010, e oferece um visual mais bem equilibrado que o da rival. Além disso, ela é mais equipada e oferece recursos mais modernos (inclusive o motor).

Mas isso é assunto para outra matéria.

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat

Leia também sobre a perua Palio Adventure.

Strada Adventure – detalhes

Podemos concordar que o visual da Fiat Strada Adventure não é um dos mais harmônicos do mercado, em especial pelas diversas “cirurgias plásticas” aplicadas pela fabricante italiana. As laterais são praticamente o único ponto inalterado em uma reestilização, e é justamente lá que a gente consegue reparar as duas décadas de projeto da picapinha.

As janelas laterais, por exemplo, não acompanham o desenho da caçamba, que é bem mais elevada e teve sua altura reajustada em 8 centímetros na última reestilização. Apesar disso, a Strada Adventure oferece soluções interessantes.

Na dianteira, o visual do modelo da Fiat é marcado pelos faróis angulosos de duas parábolas e com máscara negra, formando conjunto com o para-choque robusto amplamente decorado com apliques em plástico preto e imitando alumínio.

Há ainda uma tomada de ar central que abriga o suporte de placa, um friso cromado superior com seis detalhes vazados e o logotipo da marca em destaque no centro e os interessantes faróis de longo alcance.

Já as laterais são marcadas pelas caixas de roda quadradas com parafusos aparentes (com a intenção de dar uma aparência mais “rústica” à picapinha italiana), maçanetas sem pintura, estribos laterais para acesso à caçamba, retrovisores em posição mais elevada e com repetidores de seta, aplique plástico inferior com o nome da versão e rodas de liga-leve de 16 polegadas.

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat

Há também rack de teto que se conecta com uma espécie de santo Antônio na caçamba. A traseira, por sua vez, conta com lanternas horizontais invadindo as laterais, tampa da caçamba com parte central mais pronunciada e para-choque totalmente em plástico preto, com estribos e a inscrição “Adventure” na porção central.

Pulando para o interior, embora seja um veículo que custa quase R$ 80 mil, a Fiat Strada não dispõe de qualquer refinamento que faça jus ao preço. O painel é praticamente o mesmo da antiga linha Palio e é inclusive usado pela perua Palio Weekend Adventure. Todo o acabamento do painel é em plástico de diversas texturas.

As portas dianteiras do carro contam com boa parte de revestimento em tecido, além de apoios de braço e puxadores em plástico.

Outro ponto que denuncia a idade do projeto da Strada são as saídas de ar em posição baixa demais. Apesar disso, o modelo traz algumas exclusividades, como a bússola e os indicadores de inclinação vertical e lateral no topo do console central.

A versão Adventure é dotada também de painel de instrumentos com grafismo diferenciado, volante com revestimento em couro e comandos do sistema de som, bancos com revestimento exclusivo e o nome da versão estampado nos encostos dianteiros, entre outros.

Outro destaque da linha da Fiat Strada é a carroceria cabine dupla, também disponibilizada pela rival Volkswagen Saveiro, mas neste caso com três portas.

Porém, esta configuração não é de animar os pais de família, visto que se trata apenas de uma solução para acomodar duas crianças ou dois adultos para pequenas viagens. Caso você tenha uma família, é melhor considerar picapes maiores, como a Renault Duster Oroch ou a própria Fiat Toro.

A Strada Adventure oferta ainda a opção do sistema Locker. Ele é ativado por meio de um botão no painel a até 20 km/h e permite que as duas rodas dianteiras recebam a mesma quantidade de torque do motor, permitindo se esquivar de trechos mais complicados.

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat

Strada Adventure – novidades

Linha 2004 com novos visual, equipamentos e motor

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat

A primeira reestilização da Fiat Strada Adventure foi anunciada como novidade para a linha 2004 da picape.

O novo modelo seguiu os mesmos passos do restante da família Palio, com direito a mudanças no desenho dos faróis, grade, para-choques, rodas e lanternas. Além disso, o interior foi “modernizado” e recebeu um painel com formas mais retas.

Na época, a Strada Adventure era ofertada somente com cabine dupla, por R$ 32.980.

Havia itens como vidros e travas elétricas, painel com conta-giros, estribos laterais e traseiro, faróis auxiliares, direção hidráulica, entre outros.

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat

Como opcional, ela oferecia ar-condicionado, airbags frontais, freios ABS, sistema de som com MP3 player e até teto solar.

O motor do modelo era o 1.8 litro flex de quatro cilindros, capaz de desenvolver até 110 cavalos de potência e 18,4 kgfm de torque, combinado a uma transmissão manual de cinco marchas.

Nova reestilização e estreia do sistema Locker em 2008

A cara da atual Strada Adventure teve origem em meados de 2008 – com retoques óbvios durante esta uma década.

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat

O modelo foi anunciado como a segunda reestilização da picape aventureira e trouxe faróis com formas mais retas, para-choques mais imponentes, molduras de caixa de roda quadradas e dezenas e novos pontos com apliques plásticos na carroceria.

O carro recebeu ainda uma nova tampa traseira, agora com chave e com sistema removível, lanternas traseiras invadindo a tampa e o logotipo vermelho da Fiat.

Por dentro, o painel recebeu detalhes em plástico laqueado e instrumentos no topo como bússola e mostradores de inclinação lateral e vertical.

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat

A Fiat Strada Adventure adotou também o sistema de bloqueio de diferencial Locker, herdado do Palio Weekend Adventure. O recurso contribui no desempenho da picape em trechos mais acidentados, especialmente no fora-de-estrada.

O modelo trouxe ainda novos amortecedores Powershock, capazes de diminui o rolamento da carroceria. A Fiat Strada Adventure Locker 2008 foi vendida por a partir de R$ 47.100.

Nova opção de carroceria Cabine Dupla

A tão aclamada Strada Cabine Dupla ganhou as concessionárias no ano de 2009. O modelo foi ofertado inicialmente somente na configuração Adventure com motor 1.8 8V flex.

Na época, o sistema Locker passou a ser ofertado como um opcional. O preço inicial da picape para quatro pessoas era de R$ 46.440.

Para acomodar dois passageiros extra, a Fiat alongou a parte traseira do habitáculo da Strada e implementou alguns recursos extra, como o sistema Easy Entry dos bancos dianteiros (com memória, permitindo que os assentos voltem à posição pré-determinada anteriormente).

A caçamba, porém, teve sua capacidade de carga reduzida para 650 kg, bem como o espaço, que passou para 580 litros.

Linha 2010 com motores E.torQ

Em julho de 2010, os motores 1.6 16V E.torQ e 1.8 16V E.torQ passaram a equipar todos os modelos da família Palio, o que incluiu o Palio hatch, a perua Palio Weekend, o sedã Siena e também a picape Strada.

O modelo Strada Adventure adotou o 1.8 16V E.torQ, que desenvolve até 132 cv e 18,9 kgfm, com câmbio manual de cinco marchas.

Opção de câmbio automatizado Dualogic

Seguindo os carros de passeio da Fiat, a Strada Adventure incorporou a opção de transmissão automatizada Dualogic em 2011. O câmbio robotizado sem o pedal de embreagem foi ofertado somente para a Strada Adventure Cabine Dupla, com preço de R$ 55.350 – contra os R$ 52.980 cobrados pela Strada Adventure CD manual.

O modelo saía de fábrica com itens como faróis de neblina e profundidade, volante ajustável em altura, rodas de liga-leve de 15 polegadas, pneus de uso misto, vidros travas elétricas, direção hidráulica, ar-condicionado, airbags frontais e freios ABS.

Reestilização em 2012

Em 2012, outra reestilização da Fiat Strada Adventure foi anunciada pela fabricante. Aplicada também nas outras versões do utilitário, incluiu novas rodas de liga-leve, para-choques com formato mais limpo, retrovisores mais amplos, entre outros.

Além disso, o interior recebeu um novo volante com revestimento em couro e comandos do sistema de som, novos comandos do ar-condicionado, difusores de ar redesenhados, rádio com nova aparência e uma nova tampa do airbag do passageiro.

Ela partia de R$ 47.490.

Novo visual e cabine dupla com três portas

A atual Strada com carroceria de três portas e visual retocado surgiu em outubro de 2013. Pelo menos até o momento, trata-se da última reestilização da picape, com direito a uma nova caçamba mais alta em 8 cm (aumentando o volume em 100 litros para a Strada CD), nova tampa da caçamba e lanternas traseiras redesenhadas.

A lista incluiu ainda novas molduras no para-lama da Strada Adventure, novas molduras para as caixas de roda, para-choque traseiro redesenhado e painel de instrumentos com novo grafismo.

A Fiat Strada Adventure 2014 foi anunciada com preço inicial de R$ 49.480.

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat

Strada Adventure – versões e equipamentos

Fiat Strada Adventure Cabine Dupla 1.8 16V: única versão da Fiat Strada Adventure disponível atualmente, esta configuração sai de fábrica com airbag duplo, freios ABS com EBD, ar-condicionado, apoio de pé para o motorista, banco do motorista com regulagem de altura, chave canivete com telecomando, capota marítima, sistema multimídia com navegador GPS, DVD player, TV digital e câmera de ré, computador de bordo e direção hidráulica.

Há também faróis biparábola com máscara negra e sistema follow me home, faróis de neblina, ganchos para amarração de carga na caçamba, porta óculos, porta-luvas iluminado, protetor de caçamba, protetor de cárter, retrovisores externos elétricos com luzes indicadoras de direção integradas, suspensão elevada, sensor de estacionamento traseiro, rodas de liga-leve de 16 polegadas, vidros e travas elétricas, volante multifuncional com revestimento em couro e ajuste de altura, entre outros.

Strada Adventure – preços

  • Fiat Strada Adventure CE 1.6 16V: R$ 16.136 (2002)
  • Fiat Strada Adventure CE 1.8 8V ou 16V: de R$ 16.522 (2003) a R$ 62.647 (2018)
  • Fiat Strada Adventure CD 1.8 16V: de R$ 33.576 (2010) a R$ 67.022 (2018)
  • Fiat Strada Adventure CE 1.8 16V Dualogic: de R$ 46.093 (2014) a R$ 50.889 (2016)
  • Fiat Strada Adventure CD 1.8 16V Dualogic: de R$ 37.044 (2012) a R$ 63.868 (2017)
  • Fiat Strada Adventure Mangalarga Marchador CD 1.8 16V: R$ 47.939 (2013)
  • Fiat Strada Adventure Mangalarga Marchador CD 1.8 16V Dualogic: R$ 49.754 (2013)
  • Fiat Strada Adventure Extreme CE 1.8 16V: R$ 52.985 (2016)
  • Fiat Strada Adventure Extreme CD 1.8 16V: de R$ 58.946 (2016) a R$ 62.629 (2017)
  • Fiat Strada Adventure CD 1.8 16V: R$ 79.490 (0 km)

(preços com base na Tabela Fipe em agosto de 2018)

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat

Strada Adventure – motor, câmbio e desempenho

As primeiras unidades da Strada Adventure saíram de fábrica com um motor 1.6 litro 16V de quatro cilindros a gasolina, capaz de entregar potência máxima de 106 cavalos, a 5.500 rpm, e torque máximo de 15,4 kgfm, a 4.500. Ele trabalhava juntamente com uma transmissão manual de cinco velocidades.

Segundo dados da Fiat, a Strada Adventure 1.6 16V conseguia acelerar de 0 a 100 km/h em 10,1 segundos e atingir velocidade máxima de 180 km/h.

Logo depois esta unidade foi substituída por um 1.8 8V flex, que entregava até 106 cv com gasolina e 110 cv com etanol, a 5.500 rpm, e 17,5 e 18,4 kgfm, respectivamente, a 3.000 rpm, também com câmbio manual de cinco marchas.

A Strada 1.8 8V era capaz de atingir os 100 km/h em 10,2 segundos e velocidade máxima de 181 km/h.

Este 1.8 8V foi reajustado logo em seguida para entregar 112 cv quando abastecido com gasolina e 114 cv com etanol, a 5.500 rpm, e torque de 17,8 e 18,5 kgfm, respectivamente, a 2.800 rpm.

Porém, no ano de 2010 a Fiat passou a equipar a Strada Adventure com o novo motor 1.8 litro flex de quatro cilindros e 16 válvulas, usado também em outros modelos da gama (incluindo o Idea, Weekend, Siena, Bravo e Linea). Este novo propulsor era mais eficiente, econômico e potente.

Conforme os dados da Fiat, a Strada 1.8 16V tem 130 cavalos de potência com gasolina e 132 cv com etanol, a 5.250 rpm. Já o torque é de 18,4 kgfm com gasolina e 18,9 kgfm com etanol, entregue a 4.500 rpm. Ele pode ser encontrado com câmbio manual de cinco marchas ou automatizado Dualogic também de cinco velocidades – não disponível atualmente.

A marca diz que a picape alcança os 100 quilômetros por hora em 10,3 segundos. Já a velocidade máxima é de 179 km/h.

Strada Adventure – consumo

Fiat Strada Adventure Cabine Estendida 1.8 16V MT

  • Consumo na cidade – 6,7 km/l com álcool e 9,6 km/l com gasolina
  • Consumo estrada – 7,5 km/l com álcool e 11 km/l com gasolina

Fiat Strada Adventure Cabine Dupla 1.8 16V MT

  • Consumo na cidade – 6,7 km/l com álcool e 9,6 km/l com gasolina
  • Consumo estrada – 7,5 km/l com álcool e 11 km/l com gasolina

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta 'aventureira' da Fiat

Strada Adventure – manutenção e revisões

Conforme mostra o site da marca italiana, a Strada em versões Adventure com motor 1.8 16V E.torQ possui revisão de 10 mil km por R$ 332, de 20 mil km por R$ 612, de 30 mil km por R$ 724, de 40 mil km por R$ 756, de 50 mil km por R$ 576 e 60 mil km por R$ 1.016. Essas seis revisões totalizam R$ 4.016.

Strada Adventure – ficha técnica

Motor

1.8 16V (Cabine Dupla)

Tipo

Dianteiro, transversal e flex

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm³

1.747

Válvulas

16

Taxa de compressão

11,2:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Potência Máxima

132 cv a 5.250 rpm

Torque Máximo

18,9 kgfm a 4.500 rpm

Transmissão

Tipo

Manual de cinco marchas ou automatizado Dualogic de cinco velocidades

Tração

Tipo

Dianteira

Freios

Tipo

Disco ventilado (dianteira) e tambor (traseira)

Direção

Tipo

Hidráulica

Suspensão

Dianteira

Independente, McPherson

Traseira

Eixo rígido

Rodas e Pneus

Rodas

Rodas de liga-leve de 15 polegadas

Pneus

205/70 R15

Dimensões

Comprimento total (mm)

4.471

Largura (mm)

1.740

Altura (mm)

1.631

Distância entre os eixos (mm)

2.753

Capacidades

Capacidade de carga (kg)

650

Tanque (litros)

58

Peso vazio em ordem de marcha (kg)

1.203

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

Não divulgado

Strada Adventure – galeria de fotos

Strada Adventure: tudo sobre a picape compacta ‘aventureira’ da Fiat
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email