Top 10: SUV compacto com câmbio manual

Top 10: SUV compacto com câmbio manual

O SUV é um produto que está ganhando cada vez mais força no Brasil. No segmento de compactos, existem diversas opções disponíveis no mercado nacional, fora os crossovers derivados de hatches, como Tiggo 2 e T40, por exemplo. Nesse grupo nem colocamos o Kwid, que a Renault tenta convencer que é um SUV, mas na verdade é um hatch.


Enfim, desse grupo, pelo menos 9 possuem transmissão manual. Há alguns anos atrás, essa opção de câmbio era bem aceita nos poucos utilitários esportivos oferecidos no Brasil, sendo que as opções automáticas geralmente eram as mais caras e pouco vendidas. Com o passar do tempo e o aumento da oferta desse tipo de produto no Brasil, os consumidores começaram a olhar com outros olhos as opções manuais.

O aumento do preço dos SUVs começaram a ser incompatíveis com o câmbio manual e muita gente passou a considerar pagar um pouco mais pelo automático. Com isso, rapidamente este último ficou em evidência no mix de vendas e as marcas imediatamente passaram a trabalhar com isso, limitando muito essa opção ao pacote de acesso.

Mas não parou por aí, pois alguns modelos já surgiram no mercado sem a opção manual, como é o caso do Honda WR-V, que dispensou esse câmbio que, por sinal, também deixou de oferecido no irmão maior, o HR-V.

Abaixo listamos os 9 SUV compactos manuais mais baratos, excluindo naturalmente os crossovers derivados de hatches. Infelizmente as opções diminuíram a tal ponto que não é possível nem mesmo completar uma lista de 10 modelos com essa transmissão.

Então, confira os 9 SUVs compactos com câmbio manual:

1) Lifan X60 – R$ 69.990

Top 10: SUV compacto com câmbio manual

O SUV compacto chinês é o mais barato com câmbio manual de cinco marchas, beneficiado pela manutenção de seu valor diante do aumento de seus concorrentes. O modelo é vendido na versão Talent com essa opção, pois a VIP com câmbio CVT não aparece mais no site da marca.

Confira as mais de 150 listas Top 10 que temos no nosso site!

O preço ainda é competitivo e o modelo oferece de série ar-condicionado, direção assistida, trio elétrico, alarme, sistema de áudio com Bluetooth e USB, rodas de liga leve aro 16 polegadas, suspensão traseira multilink, freios a disco nas quatro rodas, entre outros. O modelo tem motor 1.8 com 128 cv a 6.000 rpm e 16,8 kgfm a 4.200 rpm.

2) Chery Tiggo 2 – R$ 79.590

Top 10: SUV compacto com câmbio manual

O segundo modelo mais barato nessa lista é o Chery Tiggo 2, que custa a partir de R$ 79.590. Esse é o preço da versão de entrada Look, que tem motor 1.5 de 115 cv e 14,9 kgfm de torque, com câmbio manual de 5 marchas.

Mesmo na versão mais barata, o Tiggo 2 é bem equipado. Ele vem com DRL e lanternas em LED, rodas de 16 polegadas, freios ABS com EBD, sistema de monitoramento de pressão dos pneus, central multimídia com tela de 8 polegadas, entre outros.

3) JAC T40 – R$ 87.490

Top 10: SUV compacto com câmbio manual

Com preço bem acima de seus conterrâneos, o JAC T40 tem a sua versão mais barata vendida por R$ 87.490, com motor 1.5 16V de 127 cv e 15,7 kgfm de torque. O câmbio é manual de 5 marchas, e a lista de equipamentos é interessante, como todo carro chinês costuma ter.

Ela inclui rodas de 16 polegadas, freios ABS com EBD, controles de estabilidade e tração, assistente de frenagem (veja aqui Top 10 carros com assistente de frenagem), monitoramento da pressão dos pneus, faróis com regulagem de altura, sensor crepuscular, entre outros.

4) Renault Duster – R$ 90.490

Top 10: SUV compacto com câmbio manual

O motor 1.6 SCe trouxe mais vida ao apagado Duster, que já foi a estrela da Renault e hoje divide o palco com o Captur. Agora renovado, o modelo promete recuperar um pouco do terreno perdido, tendo o câmbio manual apenas na versão de entrada Zen, que entrega até 120 cavalos.

5) Nissan Kicks – R$ 96.040

Top 10: SUV compacto com câmbio manual

O Nissan Kicks tem cinco marchas e vem numa configuração de acesso bem simples em comparação com as demais opções. Ele existe mais para quem realmente não deseja o CVT Xtronic, que é muito bom, por sinal.

Junto com ele vem o motor 1.6 16V Flex com 114 cavalos e 15,5 kgfm. Bom de dirigir, tem espaço e porta-malas de sobra. O Kicks tem direção elétrica, ar condicionado, trio elétrico, computador de bordo, entre outros.

6) Chevrolet Tracker – R$ 96.190

Top 10: SUV compacto com câmbio manual

O Chevrolet Tracker é outro modelo desse segmento que continua apostando em pelo menos uma versão com câmbio manual, que nesse caso tem seis marchas e está ligada ao motor 1.0 turbo de 116 cv e 16,8 kgfm.

Mesmo sendo uma opção de acesso, o Tracker de entrada vem equipado com seis airbags, central multimídia MyLink com tela de 8 polegadas, conexão com Android Auto e Apple Carplay, entre outros.

7) Volkswagen T-Cross – R$ 105.690

Top 10: SUV compacto com câmbio manual

Na última posição de nossa lista temos o Volkswagen T-Cross, que em sua versão mais barata já se aproxima dos R$ 106 mil. Assim como o concorrente da Chevrolet, ele é equipado com um motor 1.0 turbo, mas que entrega 128 cv e 20,4 kgfm. O câmbio manual também é de seis marchas.

Ele vem igualmente bem equipado, com seis airbags, assistente de partida em rampa, controle de estabilidade e tração, lanternas em LED, central VW Play de 10,1 polegadas, entre outros.

8) Suzuki Jimny – R$ 109.990

Top 10: SUV compacto com câmbio manual

Em vista das poucas opções de modelos com câmbio manual entre os SUVs, decidimos colocar o Suzuki Jimny em nossa lista. Com apelo totalmente off-road, o modelo tem preços a partir de R$ 109.990 na versão 4Work, que vem com motor 1.3 de 85 cv e 11,2 kgfm de torque.

O motor parece fraco frente aos outros modelos dessa lista, mas é o suficiente para as estradas de terra, mesmo aquelas em condições terríveis.

9) Suzuki Jimny Sierra – R$ 144.990

Top 10: SUV compacto com câmbio manual

Outro modelo que também entra em nossa lista pela falta de SUVs urbanos é o Suzuki Jimny Sierra, a versão atualizada do pequeno Jimny citado acima.

Com visual bem mais moderno e motor 1.5 de 108 cv e 14,1 kgfm de torque, ele oferece a opção de câmbio manual com 5 marchas apenas em sua versão de entrada, sendo que as outras já aparecem com a transmissão automática de apenas 4 velocidades.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.