Top 10: Carros mais baratos com painel digital

Top 10: Carros mais baratos com painel digital

Tornar um carro mais chamativo não se resume ao visual externo, mas também passa pelo seu interior. E o painel digital tem se tornado um equipamento cada vez mais comum para que as montadoras atinjam esse objetivo.

Mas não pense que esse item é algo tão novo no Brasil. No fim dos anos 80 e começo dos anos 90, a Chevrolet inovou ao apresentar a dupla Kadett e Monza com o painel digital, e esse item se espalhou por modelos importados nos anos 90.

Em 2003, foi a vez da Citroën apresentar o C3 e o C4 com essa modernidade, e ele explodiu em popularidade quando o New Civic e seu visual futurista ganhou as ruas brasileiras em 2006.

Além desses modelos mais equipados, os veículos populares também tiveram a sua vez. A dupla Onix e HB20, que figuram entre os mais vendidos em nosso mercado, já tiveram essa novidade, ainda que não fosse um painel totalmente digital.

Além do visual mais atraente, o quadro de instrumentos digital ajuda na visualização de informações importantes e auxilia até na segurança, pois evita que o motorista tire as mãos dos comandos no volante para ver dados de navegação, música e outros.

Você sabe quais são os carros mais baratos com painel digital no Brasil?

A lista abaixo responde essa pergunta, ela conta com a versão mais em conta de cada modelo e não exibe aqueles que tenham apenas uma tela maior entre os mostradores analógicos.

Confira!

1) Peugeot 208 Griffe 1.6 AT – R$ 92.990

Top 10: Carros mais baratos com painel digital

O modelo mais barato em nosso mercado com o painel digital é o Peugeot 208 Griffe. Essa é a versão mais cara do francês, sendo a única com esse equipamento depois que a opção Allure deixou de oferecê-lo.

Por outro lado, toda a gama do 208 teve seus preços reduzidos, o que deixou a configuração topo de linha bem mais interessante. Em todas elas, porém, o motor é sempre o 1.6 aspirado de 118 cv e 15,5 kgfm de torque, associado ao câmbio automático de 6 marchas na versão Griffe.

O painel digital da Peugeot tem um visor com efeito 3D, graças a uma segunda tela que reflete o painel e passa a impressão de profundidade.

Bem completo, o hatch ainda vem com faróis full LED, rodas diamantadas de 16 polegadas, seis airbags, alerta de colisão, auxílio de farol alto, reconhecimento de placas, detector de fadiga, alerta e correção de permanência em faixa, sensor crepuscular, sensor de chuva, Visiopark 180º, ar-condicionado automático digital, teto solar panorâmico, entre outros itens.

2) Volkswagen Polo Highline 200 TSI – R$ 100.990

Top 10: Carros mais baratos com painel digital

A Volkswagen é a marca que mais aposta no painel digital, que ela chama de Active Info Display. Não é à toa que metade dos modelos dessa lista é da marca alemã.

O mais barato deles é o Polo, que oferece esse equipamento a partir da versão Polo Highline. Bem completo, o painel de instrumentos 100% digital tem 10,25 polegadas e permite visualizar as informações do computador de bordo, navegação, infotainment, dados do veículo ou telefone.

O Polo Highline ainda vem com quatro airbags, ar-condicionado digital, câmera de ré, detector de fadiga, multimídia VW Play, sensor de chuva e crepuscular, volante multifuncional e rodas de liga leve de 17 polegadas.

O motor é o conhecido 1.0 TSI, que entrega 128 cv e 20,4 kgfm de torque, ligado ao câmbio automático de 6 marchas.

3) Chery Tiggo 3X Pro 1.0 Turbo – R$ 101.990

Top 10: Carros mais baratos com painel digital

Uma das últimas novidades no mercado brasileiro, e com preço bem próximo ao segundo colocado, o Chery Tiggo 3X é outro que também oferece um painel de instrumentos totalmente digital.

Como você notou, esse é o primeiro SUV em nossa lista, sendo o mais barato desse segmento com tal equipamento. Além da boa atualização visual em relação ao antecessor Tiggo 2, o utilitário também caprichou na lista de equipamentos.

A tela digital em seu painel tem 7 polegadas apenas na versão mais cara Pro, enquanto a Plus oferece os dois mostradores analógicos e uma pequena tela de 3,5 polegadas ao centro. Vale ressaltar, porém, que as informações de temperatura do motor e nível de combustível continuam fora desse painel, em dois pequenos mostradores nas laterais.

Além disso, o Tiggo 3X Pro ainda oferece comando de climatização à distância, botão de partida, multimídia de 9 polegadas, piloto automático, câmera de ré e rodas de 16 polegadas. O motor 1.0 turbo entrega 102 cv e 17,1 kgfm, com câmbio CVT de 9 marchas simuladas.

4) Citroën C4 Cactus Live 1.6 AT – R$ 103.590

Top 10: Carros mais baratos com painel digital

Único carro vendido pela Citroën no Brasil (além de sua linha comercial), o C4 Cactus oferece o painel digital em todas as suas versões, que tem preços entre R$ 103.590 e R$ 131.590.

O equipamento oferecido pela marca francesa é mais simples que o da VW, por exemplo, mas oferece diversas funções e tem uma ótima visualização, com o velocímetro sempre em destaque.

Mesmo falando de uma versão de entrada, o SUV oferece luzes diurnas e lanternas em LED, multimídia de 7 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré, controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, piloto automático e rodas de 16 polegadas.

Uma grande diferença entre essa versão e a configuração mais cara é o motor. Nesse caso, temos o propulsor 1.6 aspirado de 118 cv e 16,1 kgfm, enquanto a opção topo de linha oferece o 1.6 THP de 173 cv e 24,5 kgfm.

O câmbio é sempre automático de 6 marchas.

5) Volkswagen Virtus Highline 200 TSI – R$ 112.490

Top 10: Carros mais baratos com painel digital

Da quinta posição até o final dessa lista, teremos mais quatro modelos da Volkswagen. O primeiro deles é o Virtus Highline, sedã que fica cada vez mais caro no mercado brasileiro.

Sua configuração é bem parecida com o irmão Polo, oferecendo o Active Info Display nessa configuração e também na esportiva Virtus GTS, que também aparece na gama do hatch.

Além dos equipamentos que já citamos no primeiro modelo da marca em nossa lista, como quatro airbags, multimídia VW Play de 10 polegadas e rodas de 17 polegadas, o Virtus ainda oferece um porta-malas de 521 litros.

Debaixo do capô, ele ainda conta com o mesmo 1.0 TSI de 116/128 cv e 20,4 kgfm, com câmbio automático de 6 marchas.

6) Volkswagen Nivus Highline 200 TSI – R$ 115.790

Top 10: Carros mais baratos com painel digital

Quando lançou o Nivus no mercado brasileiro, a VW seguiu a mesma receita de outros modelos e também colocou o painel de instrumentos 100% digital em sua versão mais cara.

Com isso, o Nivus Highline se tornou uma opção interessante na linha de SUVs da marca, sendo superior ao mais caro T-Cross (de quem vamos falar na oitava posição) em alguns aspectos, principalmente no custo-benefício.

Além desse equipamento, o Nivus topo de linha vem com piloto automático adaptativo com frenagem de emergência e monitoramento frontal, sistema autônomo de frenagem, seis airbags, câmera de ré, conjunto óptico em LED, porta-luvas refrigerado, rodas de 17 polegadas e multimídia VW Play.

Na motorização, nenhuma novidade: motor 1.0 TSI de 128 cv e câmbio automático Tiptronic de 6 marchas.

7) Fiat Toro Endurance 1.8 AT – R$ 120.990

Top 10: Carros mais baratos com painel digital

A Fiat acertou ao incluir o painel digital de 7 polegadas em todas as versões da Toro 2022, inclusive na opção de entrada Endurance. Além disso, a gama inteira mudou levemente seu visual.

Vale destacar que estamos falando de um cluster 100% digital, com as informações de temperatura e nível de combustível em LEDs nas laterais. Se a marca deixasse essa versão mais barata com o painel anterior, talvez ninguém acharia estranho.

Pagando os R$ 120.990, você ainda terá uma picape com seis airbags, multimídia de 7 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay sem fio, direção elétrica, ar-condicionado, controle de tração e estabilidade, lanternas e luzes diurnas em LED, piloto automático e rodas de 16 polegadas.

A versão Endurance é a única que manteve o motor 1.8 flex de 139 cv e 19,3 kgfm, com câmbio automático de 6 marchas. As outras configurações oferecem o novo 1.3 turbo de 185 cv e 27,5 kgfm ou o conhecido 2.0 turbodiesel de 170 cv e 35,7 kgfm, este último com transmissão automática de 9 marchas.

8) Volkswagen T-Cross Comfortline 200 TSI – R$ 127.390

Top 10: Carros mais baratos com painel digital

Cada vez mais caro, o T-Cross continua oferecendo o Active Info Display. Diferente dos outros modelos da marca, porém, ele faz isso a partir da versão intermediária Comfortline, que custa R$ 127.390.

Essa opção ainda vem com ar-condicionado digital, câmera de ré, central multimídia VW Play de 10,1 polegadas, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, seis airbags, lanternas em LED, rodas de liga leve de 17 polegadas, entre outros itens.

Com tudo isso, essa é a configuração mais cara com o motor 1.0 TSI de 128 cv e 20,4 kgfm, pois a topo de linha Highline muda para o 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm.

Em todos os casos, o câmbio automático tem 6 marchas.

9) JAC T60 Plus 1.5 Turbo – R$ 133.490

Top 10: Carros mais baratos com painel digital

A penúltima posição em nossa lista é da chinesa JAC Motors, que oferece o renovado T60 Plus com o painel digital. Esse item aparece apenas na versão mais cara (Pack 3), enquanto a mais barata (Pack 2, de R$ 129.490) tem um quadro de instrumentos convencional.

Além desse item, o T60 Plus mais completo oferece teto solar elétrico, bancos em couro, ar-condicionado automático digital com saída para o banco traseiro, multimídia de 10,25 polegadas, airbags laterais e de cortina, luzes diurnas em LED, freio de estacionamento elétrico e rodas de liga leve diamantadas de 17 polegadas.

Outro ponto positivo é o motor 1.5 turbo, que entrega 168 cv e 21,4 kgfm de torque, sendo movido apenas a gasolina e com câmbio automático CVT de 6 marchas.

10) Volkswagen Jetta Comfortline 250 TSI – R$ 137.720

Top 10: Carros mais baratos com painel digital

Com uma linha bem mais enxuta em relação ao passado, o Jetta é outro modelo da Volkswagen que oferece o painel digital, nesse caso desde sua versão mais barata Comfortline.

O sedã tem seis airbags, ar-condicionado dual zone, assistente de partida em rampas, piloto automático, controle de estabilidade e tração, câmera de ré, faróis e lanternas em LED, freio de estacionamento eletrônico, start/stop e rodas de 17 polegadas.

Nessa opção, o motor é o 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm de torque, com câmbio automático Tiptronic de 6 marchas.

Já a versão esportiva GLI custa R$ 191.390 e também vem com painel digital, nela o propulsor 2.0 turbo entrega 230 cv.

Carros mais baratos com painel digital

  1. Peugeot 208 Griffe 1.6 AT – R$ 92.990
  2. Volkswagen Polo Highline 200 TSI – R$ 100.990
  3. Chery Tiggo 3X Pro 1.0 Turbo – R$ 101.990
  4. Citroën C4 Cactus Live 1.6 AT – R$ 103.590
  5. Volkswagen Virtus Highline 200 TSI – R$ 112.490
  6. Volkswagen Nivus Highline 200 TSI – R$ 115.790
  7. Fiat Toro Endurance 1.8 AT – R$ 120.990
  8. Volkswagen T-Cross Comfortline 200 TSI – R$ 127.390
  9. JAC T60 Plus 1.5 Turbo – R$ 133.490
  10. Volkswagen Jetta Comfortline 250 TSI – R$ 137.720

Viny Furlani

Formado em Gestão de Negócios, trabalha no segmento automotivo há mais de 17 anos. Em 2009, passou a escrever avaliações e notícias sobre carros, totalizando mais de 2.000 artigos, em vários sites. Além das matérias escritas para o NA, também cuida das mídias sociais do site.