Manutenção Matérias NA Peugeot Pickups

Peugeot Hoggar – defeitos e problemas

Peugeot Hoggar - defeitos e problemas

A Peugeot Hoggar foi uma picape leve lançada pela marca francesa em 2009 e que seguiu no mercado nacional até 2014, durando assim apenas cinco anos. Foi uma tentativa fracassada de se estabelecer nesse segmento.


Com boa capacidade de carga (660 kg), a Hoggar tinha uma caçamba bem larga e volumosa, tendo ainda como característica uma frente baixa e larga, oriunda do projeto do Peugeot 206, que havia recebido um facelift para 207.

Incluindo uma versão esportiva Escapade, a Hoggar foi vendida com motores 1.4 8V de 82 cavalos e 1.6 16V de até 113 cavalos, além de transmissão manual de cinco marchas.

Medindo 4,526 m de comprimento, 1,668 m de largura, 1,524 m de altura e 2,745 m de entre eixos, a Peugeot Hoggar pesava até 1.256 kg. O modelo concorreu com VW Saveiro, Fiat Strada, Chevrolet Montana e Ford Courier.

Apreciada por sua boa capacidade de carga e caçamba volumosa, a Hoggar também é citada pela pouca manutenção apresentada, segundo muitos relatos na internet.

Diferentemente de outros modelos da marca francesa, a picape leve apresenta um histórico bom para os proprietários.

Ainda assim, existem alguns defeitos e problemas relatados, poucos, mas estão presentes. Entre eles, podemos citar casos relativos à suspensão, vazamentos de fluidos, tampa da caçamba e também ao acabamento interno.

Peugeot Hoggar – defeitos e problemas

Peugeot Hoggar - defeitos e problemas

A Peugeot Hoggar tem alguns relatos sobre defeitos e problemas. Alguns são relacionados com os componentes da suspensão.

Os depoimentos falam de barulhos e baixa resistência de componentes do conjunto dianteiro, que é considerada por alguns como “frágil”.

Buchas, pivôs e batentes com desgaste prematuro, alguns ainda nas primeiras revisões e com baixa quilometragem atrabuída.

Também falam de coxins do motor com defeito, sendo que um proprietário fala até em 7 km após a saída da revenda, fazendo o motor vibrar demais.

Outros relatos falam de vibração excessiva, também com relação aos coxins quebrados.

Relatam ainda que o conjunto tem um custo de reparação muito caro, o que certamente estimula a aquisição de peças paralelas mais baratas e de qualidade duvidosa.

Lubrificante

Peugeot Hoggar - defeitos e problemas

Diferentemente de alguns carros da marca, a Peugeot Hoggar não tem relatos encontrados de alto consumo de óleo lubrificante, mesmo essa usando os mesmos motores dos demais modelos do fabricante francês.

O problema já é conhecido entre os carros da marca, com nível reduzindo rapidamente entre as revisões, assustando muitos donos que esperam o intervalo para fazer a troca. Na Hoggar, porém, não existem informações sobre isso.

Contudo, existem vazamentos de óleo lubrificante atribuídos à picape, sendo que um proprietário indicou que o mesmo ocorrera a partir do sensor de temperatura do óleo.

Além disso, a caixa de câmbio manual também não está imune ao vazamento, com alguns relatos dizendo que o mesmo aconteceu ainda em baixa quilometragem.

Um proprietário de Hoggar indicou esse problema antes de 32.000 km, enquanto outro apontou que o defeito estaria no retentor da caixa de transmissão manual.

Direção

Peugeot Hoggar - defeitos e problemas

Existem relatos falando ainda da direção hidráulica com vazamento e defeito no compressor do fluído da Peugeot Hoggar.

Um dono disse que o tubo do sistema chegou a furar. Outro mencionou que bastou pegar uma estrada com barro e o sistema hidráulico quebrou sem motivo aparente.

A Peugeot chegou a fazer duas chamadas de recall para a direção hidráulica da Hoggar. O primeiro foi feito em 1 de janeiro de 2010, envolvendo ainda o modelo 207.

Tratava-se da bomba da direção hidráulica, que ao longo do tempo, poderia apresentar endurecimento do volante e possível (em casos raros, segundo a marca) vazamento de fluido.

Na mesma ocasião, outro problema relativo à direção hidráulica gerou um segundo recall. Nesse caso, teria sido detectada “má aplicação do torque de fixação dos parafusos do suporte do alternador na bomba”.

Ao longo do tempo, o defeito poderia gerar até o rompimento do suporte e do sistema, chegando mesmo à perda de assistência hidráulica na direção.

O problema ainda afetaria o alternador, cujo suporte fica na bomba, sendo que a solução foi a substituição do suporte para os dois acessórios presos ao motor e realinhamento das polias e correias, resolvendo assim a questão.

Além de vazamentos do sistema hidráulico, alguns proprietários da Hoggar falam de desgaste excessivo e prematuro da bucha das buchas da direção.

Nos relatos, um proprietário chegou a resolver o problema com borracha de trator. Outros também apontaram esse defeito no sistema de direção da picape leve da Peugeot.

Além do conjunto de direção, falam ainda de desgaste excessivo de pneus, mais especialmente no eixo traseiro. Um dono de Hoggar chegou a mencionar que lhe fora recomendado pela marca mudar o perfil do pneu para resolver o problema.

Tampa da caçamba

Peugeot Hoggar - defeitos e problemas

Um item elogiado por alguns, devido a praticidade em ser retirada quando necessário (inclusive cabendo atrás dos bancos), a tampa da caçamba da Peugeot Hoggar é tida como tendo um grave defeito na visão de muitos donos.

O problema da tampa traseira estaria relacionado com o sistema de travamento da mesma. Segundo alguns donos, a peça simplesmente pode ficar travada, impedindo sua abertura de forma normal.

Mesmo com algum esforço e tentativa caseira, a mesma só pode ser reaberta novamente na concessionária ou oficina especializada, dando assim enorme dor de cabeça.

Um proprietário de Hoggar disse que se ela ficar desregulada, pode abrir sozinha durante a condução e não tem molas de amortecimento.

Ele relata que o efeito sonoro é como de uma batida na traseira, devido ao deslocamento da mesma, que é considerada pesada, além de problemática na visão de outro dono de Hoggar.

Nunca houve um recall relacionado com a fechadura da tampa da caçamba da Peugeot Hoggar.

Barulhos internos

Peugeot Hoggar - defeitos e problemas

Alguns donos da picape Peugeot Hoggar relatam barulhos excessivos no interior da picape. Falam que o acabamento possui peças plásticas que se soltam com facilidade, gerando ruídos.

Um proprietário disse que em pisos irregulares, o nível de ruído gerado por peças soltas ou mal fixadas é enorme, provocando enorme desconforto. Outro chegou a dizer que até superam o som do motor.

Recall

Tirando as duas chamadas relacionadas com a direção hidráulica, a Peugeot Hoggar não teve outro recall oficializado pela marca francesa, o que não impede de ter tido ordens de serviço específicas para a rede de concessionárias.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

          Quem somos

          O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

          Notícias por email