Você pode comprar um carro esportivo com 30.000 reais! (30 opções)

Você pode comprar um carro esportivo com 30.000 reais! (30 opções)

Ter um carro esportivo estacionado na garagem é o sonho de muitos entusiastas. Porém, na maioria das vezes esse sonho custa caro e acaba se tornando inviável. Por outro lado, há uma série de modelos esportivos usados à venda no mercado com preços de até R$ 30 mil!


Dá para comprar um carro esportivo com 30.000 reais?

Sim, com certeza! Dá para comprar um carro esportivo sem ser rico. Sabendo escolher bem, existem carros esportivos que já desvalorizaram o bastante para serem comprados com um investimento não tão alto assim. Sabemos que especialmente no Brasil, comprar carro zero quilômetro não é exatamente o melhor negócio a se fazer. O carro desvaloriza muito e também tem IPVA e seguro muito caros, por isso um esportivo com alguns anos de uso pode ser interessante.

No mercado existem vários carros esportivos mais baratos que os modelos novos. Usados, sim, mas tão bons quanto alguns novos, tudo depende do estado de conservação do carro. Fizemos esta pesquisa em 2018 e conseguimos encontrar vários carros esportivos que foram fabricados entre os anos 1995 e 2006, com preços sempre no máximo de 30.000 reais, valor que é um orçamento que muitos conseguem alcançar.

Com menos de 30.000 reais, você pode comprar por exemplo um Volkswagen Gol GTI 2.0 16V 1996, um carro com bom desempenho até hoje. Ele tem 140 cavalos, e acelera de 0 a 100 km/h em apenas 8,8 segudos, alcançando 206 km/h de velocidade máxima!

Há também outros modelos tradicionais, como o Volkswagen Golf e o Fiat Stilo em suas versões esportivas.

É claro que alguns carros esportivos da lista não são esportivos de verdade, tem apenas uma aparência mais esportiva, mas eles estão aí por serem “chamados” de esportivos. Cabe a você analisar a lista e escolher aquele que lhe agrada mais, seja aquele que é verdadeiramente esportivo ou aquele que tem apenas uma aparência diferenciada. Apenas lembre-se de escolher um carro em ótimo estado para não ter dores de cabeça lá na frente.

Você pode comprar um carro esportivo com 30.000 reais! (30 opções)

Lista de carros esportivos até 30.000 reais

  1. Toyota Supra 3.0 biturbo 1993 (0 a 100 km/h em 4,6 s) – R$ 21.550
  2. Audi S6 Plus 4.2 V8 Quattro 1997 (0 a 100 km/h em 5,6 s) – R$ 24.200
  3. Mitsubishi Lancer Evolution IV 2.0 Turbo 2001 (0 a 100 km/h em 5,6 s) – R$ 24.200
  4. Audi S4 Coupé 2.2 1994 (0 a 100 km/h em 5,9 s) – R$ 15.500
  5. Subaru Impreza GT 2.0 Turbo 1999 (0 a 100 km/h em 6,3 s) – R$ 27.900
  6. Honda Civic Hatch VTi 1.6 1994 (0 a 100 km/h em 7,3 s) – R$ 17.350
  7. Honda Prelude Si 2.3 1994 (0 a 100 km/h em 7,7 s) – R$ 17.200
  8. Volkswagen Golf GTi 1.8 Turbo 2005 (0 a 100 km/h em 7,8 s) – R$ 26.900
  9. Fiat Marea Turbo 2.0 20V 2007 (0 a 100 km/h em 7,9 s) – R$ 26.870
  10. Fiat Tempra Turbo 2.0 i.e. 1995 (0 a 100 km/h em 8,2 s) – R$ 6.500
  11. Fiat Stilo Abarth 2.4 20V 2003 (0 a 100 km/h em 8,4 s) – R$ 16.200
  12. Fiat Linea T-Jet 1.4 Turbo 2009 (0 a 100 km/h em 8,5 s) – R$ 26.800
  13. Volkswagen Parati GTi 2.0 16V 1999 (0 a 100 km/h em 8,7 s) – R$ 21.000
  14. Volkswagen Gol GTi 2.0 16V 1996 (0 a 100 km/h em 8,8 s) – R$ 13.900
  15. Fiat Uno Turbo 1.4 1996 (0 a 100 km/h em 9,2 s) – R$ 13.200

Além dos modelos esportivos acima, que realmente tem motorização especial, suspensão mais firme, ou sistema de freios mais poderoso, listamos também aqui abaixo alguns carros até 30.000 reais (veja também: Carros completos 2020 até 40.000 reais) que não são esportivos, mas que tem um ótimo desempenho.

Surpreendentemente temos modelos mais novos na lista, alguns até mesmo ano 2009, como é o caso do Fiat Linea em sua versão topo de linha T-Jet com motor 1.4 turbo. Há ainda carros projetados para o mercado brasileiro, o que inclui os saudosos Fiat Uno Turbo e Volkswagen Gol GTI.

Você pode comprar um carro esportivo com 30.000 reais! (30 opções)

Lista de carros (não esportivos) com bom desempenho até 30.000

  1. BMW 540i 4.0 V8 1993 (0 a 100 km/h em 6,8 s) – R$ 20.600
  2. Audi A6 4.2 V8 Quattro 2001 (0 a 100 km/h em 6,9 s) – R$ 26.500
  3. Volvo S60 T5 2.3 2001 (0 a 100 km/h em 7,1 s) – R$ 18.200
  4. Chevrolet Omega CD 3.6 V6 2005 (0 a 100 km/h em 7,5 s) – R$ 26.300
  5. Audi A3 1.8 Turbo 2002 (0 a 100 km/h em 7,5 s) – R$ 19.300
  6. Hyundai Sonata GLS 3.3 V6 2006 (0 a 100 km/h em 7,7 s) – R$ 27.000
  7. Honda Accord EX 3.0 V6 2004 (0 a 100 km/h em 8 s) – R$ 22.900
  8. Ford Mondeo Ghia 2.5 V6 1999 (0 a 100 km/h em 8,3 s) – R$ 12.700
  9. Peugeot 407 SW 3.0 V6 2006 (0 a 100 km/h em 8,7 s) – R$ 27.500
  10. Ford Taurus LX 3.0 V6 1998 (0 a 100 km/h em 8,8 s) – R$ 14.000
  11. Fiat Tempra Stile 2.0 i.e. Turbo 1995 (0 a 100 km/h em 9 s) – R$ 7.300
  12. Chevrolet Astra GSi 2.0 16V 2004 (0 a 100 km/h em 9,1 s) – R$ 19.000
  13. Jeep Grand Cherokee Limited 4.7 V8 2000 (0 a 100 km/h em 9,1 s) – R$ 24.800
  14. Citroën C4 VTR 2.0 2007 (0 a 100 km/h em 9,2 s) – R$ 20.400
  15. Fiat Palio 1.8 R 2008 (0 a 100 km/h em 9,2 s) – R$ 21.100

Como você viu acima, para quem quer gastar até 30.000 reais, temos vários opções com bom desempenho no mercado, quer sejam esportivos quer não. Na lista de modelos que não são esportivos, temos carros que entregam um ótimo conforto e também espaço para toda a família, como o Chevrolet Omega, Audi A6, Volvo S60, Hyundai Sonata, Ford Mondeo, entre outros. Há até SUVs, como é o caso do Jeep Grand Cherokee.

Ao comprar algum desses carros lembre-se apenas de que como eles são carros especiais, muitas vezes modelos que eram caríssimos quando novos, a manutenção continua sendo bem cara.

Por que a manutenção deles é cara? Simples, pois o preço das suas peças não desvaloriza junto com o preço do carro. Existem certos problemas que podem consumir mais de 15.000 reais para serem consertados.

Por isso, se você quiser um bom desempenho sem gastar muito com manutenção, procure versões topo de linha de carros mais comuns, muitas vezes com motor 2.0, por exemplo. O desempenho vai ser interessante e quando você for para a oficina o susto não será tão grande.

Eber do Carmo

Formado em marketing, tem mais de 15 anos de experiência escrevendo sobre o mercado automotivo no Notícias Automotivas, desde que fundou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio. Também teve por três anos uma empresa de criação de sites e catálogos eletrônicos.